Bloco de Esquerda quer IVA a 23% nas touradas

O IVA a aplicar nas touradas está a marcar a discussão do Orçamento do Estado para 2019. Enquanto o governo incluiu na proposta de OE2019 a redução da taxa aplicada aos espetáculos culturais para 6%, deixando as touradas com 13%, o Bloco de Esquerda apresenta agora uma proposta em que sobe o IVA dos espetáculos tauromáquicos para a taxa máxima (23%).

“É um desígnio do Estado promover as artes e a cultura e, assim, propomos que o IVA de todos os espetáculos passe para 6%, seja em recintos abertos, seja em recintos fechados, seja espetáculos de cinema. Todo o IVA da cultura passa a 6%”, anunciou Mariana Mortágua em conferência de imprensa em que o partido apresentou algumas das 190 propostas apresentadas.

“Propomos ainda que se aumente o IVA sobre os espetáculos tauromáquicos para 23%. Esta é a posição do Bloco. O Estado não tem que financiar de nenhuma forma, nem que promover de nenhuma forma, estes espetáculos, que eles não são uma forma de cultura ou de artes e que, portanto, o seu IVA deve estar na taxa máxima dos 23%”, acrescentou a deputada bloquista.

Esta proposta junta-se assim à do Grupo Parlamentar do PS que avançou com uma proposta para que as touradas acompanhassem a descida do imposto, o que conta com o apoio do PCP.

A ministra da Cultura já afirmou que o governo vai manter a proposta de reduzir a taxa aplicada à cultura, deixando de fora as touradas. Também António Costa manifestou a mesma opinião, mostrando-se “surpreendido” com a proposta avançada pelo PS.

Fonte: SOL

 

Assessora do Governo chama ‘psicopatas’ a deputados do PS

Grande postura e grande atitude da Débora Rodrigues.

Em boa hora, em 2013, abandonei o Facebook.
Estava farto de gente sem nível, de gente sem um pingo de educação. Estava farto de gente mal educada. Gente que é o reflexo da educação que não têm e não são em casa.
E nos comentários ás palavras verdadeiras da Débora Rodrigues vê-se bem, a natureza psicopata, dos psicopatas tauromáquicos!

Mário Amorim


Débora Rodrigues, militante da JS e adjunta do secretário de Estado do Tesouro, não gostou de ver o PS chumbar o fim das touradas

«Uma vergonha para o país e para o partido os deputados do PS que tomaram a decisão de votar contra ou se abster, ou preocupados com os eleitoralismos regionais ou então aficionados por serem simplesmente retrógrados, masoquistas e psicopatas que gostam de touradas». Débora Rodrigues, 26 anos, representante da JS na Comissão Nacional do PS e adjunta do secretário de Estado do Tesouro, Álvaro Novo – de quem já foi chefe de gabinete em regime de substituição – não gostou de ver o PS a votar contra a abolição das touradas no Parlamento, no passado dia 6 de julho. E decidiu publicar a sua posição no Facebook, na formulação acima reproduzida.

É raro ver um militante da organização juvenil do partido, com funções no Governo, membro da Comissão Nacional do partido chamar, por exemplo, ao presidente do PS, Carlos César, e à secretária-geral adjunta, Ana Catarina Mendes, por exemplo, «retrógadas, masoquistas e psicopatas que gostam de touradas» ou, em alternativa, preocupados com «eleitoralismos regionais». Sendo raro, aconteceu. Chamada à atenção sobre o nível de insultos com que estava a mimosear os seus camaradas, a assessora do Governo foi inflexível na sua posição, sabe o SOL. O texto que escreveu no Facebook é público – qualquer utilizador da rede social pode lê-lo, independentemente de ser ou não ‘amigo’ da jovem socialista.

À lista de ataques aos deputados do seu partido, a jovem adjunta do Governo acrescentou a alegada «falta de inteligência» dos eleitos do PS. Em resposta a um comentário de um interlocutor que afirmava que os deputados socialistas podiam estar genuinamente a defender as touradas, a dirigente da JS escreveu que, a ser assim,  «o nível de inteligência dos deputados eleitos pelo PS é menor» do que ela «pensava».

Na última sexta-feira, o projeto do PAN para a abolição das touradas foi chumbado no Parlamento. Só oito deputados do PS (em 86) votaram a favor da proibição das touradas: Pedro Delgado Alves, Rosa Albernaz, Ana Passos, Luís Graça, Diogo Leão, Hugo Carvalho, Tiago Barbosa Ribeiro e Carla Sousa. Houve 12 deputados socialistas a optar pela abstenção, entre eles o atual líder da JS, Ivan Gonçalves, e o anterior, João Torres.

Fonte: SOL

EUA. Reserva animal abate todos os animais antes de encerrar

Um Santuário de animais norte-americano está a ser criticado por ter morto todos os seus animais antes de fechar portas.

Em causa está a decisão tomada pelo responsável Santuário Lion’s Gate – situado no Colorado – que optou por matar três leões, três tigres e cinco ursos.

O caso está a gerar polémica e até mesmo revolta, uma vez que este tipo de santuários são locais que acolhem animais selvagens que foram maltratados ou que estão em perigo de vida.

A diretoa do Lion´s Gate, Joan Laub, após dez anos a cuidar de animais garantiu que já não tem condições para os acolher, após os estragos causados pelas sucessivas inundações que ocorreram, afirmando ainda que as autoridades locais não autorizaram a mudança das instalações para outro local.

No entanto, a administração local do condado de Elbert achou estranho a decisão final de Joan, alegando que os outros santuários se ofereceram para acolher animais, ofertas essas que foram recusadas.

O diretor de uma outra reserva animal, Pat Craig, afirmou estar surpreendido com o desfecho do Lion’s Gate, uma vez que se voluntariou para receber os animais.

Fonte: SOL

O homem é o pior animal que existe sobre a terra! Homens foram presos por suspeita de cozinhar orangotangos

Espécie encontra-se em vias de extinção

https://cdn1.newsplex.pt/fotos/2017/2/16/569608.jpg?type=Artigo

Foram presos três suspeitos , no distrito de Kapuas Hulu, na Indonésia, e outros sete foram ouvidos como testemunhas, segundo avança a polícia local, de matarem, cortarem, cozinharem e comerem orangotangosm uma espécie que está em vias de extinção.

A investigação foi iniciada, após a publicação de imagens nos meios de comunicação de um animal abatido por ter entrado na plantação de palmeiras, utilizada para fabricar o óleo de palma.

As detenções foram feitas depois de terem sido descobertos ossos de orangotangos e carne seca num armário, nas terras da quinta, avançou o chefe da polícia local à Agência de notícias francesa (AFP).

O Centro para a Proteção dos Orangotangos (COP) condenou o abate do orangotango e chamou a polícia para tomar medidas contra a empresa que gere a plantação.

A criação e desenvolvimento exponencial das plantações de palmeiras em Bornéu, reduziu drasticamente o habitat dos orangotangos. O seu território decresceu para metade nos últimos 20 anos e a sua população caiu para 50% nos últimos 60 anos, segundo avança o Fundo Mundial para a Natureza (WWF).

Fonte: SOL

😢 Cão não abandona o caixão do dono, uma das vítimas do sismo em Itália

A imagem deste cão tornou-se viral

Itália começou a despedir-se das vítimas do sismo que assolou o país – hoje realizaram-se os funerais de 35 das 290 vítimas mortais.

Os caixões das vítimas estiveram no complexo desportivo de Ascoli Piceno, local onde centenas de pessoas estiveram presentes a prestar uma última homenagem aos que morreram.

No meio da multidão, estava um companheiro muito especial: um cocker spaniel encontrava-se, imóvel, junto a um caixão. O do seu dono. Segundo o jornal britânico Telegraph, ninguém sabe o nome do cão. Só se sabe que vivia com o seu dono em Accumoli, uma das regiões mais afetadas pelo sismo.

A imagem deste cão tornou-se viral e está a ser muito partilhada na Internet.

Fonte: SOL

🐂 Anti-Tourada promove manifestação junta à RTP

A organização não governamental Anti-Tourada promove amanhã, quinta-feira, uma manifestação junto à sede da RTP, em Lisboa, em defesa do fim das transmissões de touradas pelo canal público de televisão.

Na opinião dos promotores da iniciativa, não constitui serviço público “a promoção de uma atividade violenta em que a maioria dos cidadãos não se revê”.

A Anti-Tourada espera juntar no protesto cerca de duas centenas de manifestantes.

A organização lembrou que “em 2015, mais de 15.000 queixas foram apresentadas ao provedor do telespetador da RTP, afetas à transmissão de espetáculos tauromáquicos”.

O protesto conta ainda com a participação de outras organizações não governamentais, designadamente Acção Directa, actiVismo, e LX Anti-Tauromaquia. O partido Pessoas-Animais-Natureza (PAN) e o Bloco de Esquerda estão entre os apoiante das iniciativa.

Fonte: SOL

😌 🐶 Cão eleito presidente da câmara honorário

Duke, um cão de montanha dos Pirenéus, já vai no seu terceiro mandato

Uma pequena vila no estado de Minnesota (EUA) elegeu um cão como presidente da câmara honorário.

Duke é um cão de montanha dos Pirenéus e tem nove anos. É o único cão a ser eleito presidente da câmara nos EUA, lê-se no Independent.

“Tudo aconteceu por acidente há três anos. Foi um ‘write in vote’. Paga-se um dólar e pode-se votar”, relembra o dono David Rick, citado pela ABC News.

‘Write in vote’ significa que o candidato pode ser eleito depois de o seu nome ser colocado no boletim de voto pelos eleitores. Em 2014, 12 pessoas em Cormorant colocaram o nome de Duke no boletim e foi o suficiente para o animal ser eleito.

Duke já vai no terceiro mandato consecutivo e parece não ter concorrência. “Não sei quem irá concorrer contra ele porque o Duke já fez tantas coisas boas pela comunidade”, afirmou uma das habitantes da vila.

O cão tornou-se uma celebridade local e até tem a sua própria página de Facebook.

Fonte: SOL

Artigo imperdivel! Touradas na RTP é negligência social.

Touradas na RTP é negligência social.

Alguém me consegue dar um argumento lógico que justifique o facto de a RTP transmitir touradas? Vá, que seja meio argumento! Com meio já me contento, tal é a estupidez do acontecimento.

Já agora, e enquanto não acabam com a única coisa na TV que consegue ser pior que a Casa dos Segredos, há por aí quem me consiga explicar porque é que as touradas não passam com bolinha vermelha?

Primeiro, e corrijam-me se eu estiver enganado, a RTP continua a ser do Estado e, de uma ou outra forma, uma parte dos nossos impostos vão lá parar. Portanto, cada vez que eu choro por descontar 25% ao passar um recibo verde, por exemplo, posso chorar ainda mais por saber que estou a contribuir forçadamente para aquela barbaridade. Adoro saber que contribuo financeiramente para a não evolução do nosso país. Juro, até me sinto um cidadão melhor.

Depois, e desta vez insultem-me se eu não estiver certo, não é suposto a RTP desempenhar um serviço público com o objectivo de desenvolver o país? Claro que não podemos todos gostar de toda a programação, claro que há conteúdos mais bacocos e com pouco sentido. Mas espetar ferros num touro e fazer disso um espectáculo com direito a transmissão no canal público é como fazer com que toda a gente da vila vá para a praça central aplaudir os escravos a ser chicoteados no pelourinho. A única diferença é cerca de 6 séculos. “Ai! Mas não gostas, não vês, mudas de canal!” – o meu argumento preferido de quem é a favor. Claro, quando eu mudo de canal, o dinheiro dos meus impostos já não vai de certeza para a tortura animal. Problema resolvido. Quando há merda no mundo, fecha-se os olhos e espera-se que passe, não é?

Mas já agora, e enquanto não acabam com a única coisa na TV que consegue ser pior que a Casa dos Segredos, há por aí alguém que me consiga explicar porque é que as touradas não passam com bolinha vermelha no canto superior direito? Se calhar sou eu que estou a ser burro, mas como é que um filme com umas cenas de pancada, perseguições e explosões é mais violento que um homem a cavalo à volta de um touro a espetar-lhe ferros e desprezo enquanto aplaudido por tanto energúmeno? Como é que um filme com cenas de sexo e amor (e sabendo que tão poucas vezes é minimamente explícito) é mais ofensivo para a sociedade que um touro a esvair-se em sangue e dignidade? Perdoem-me se sou obtuso, mas não compreendo como é que ver touradas, ao vivo ou na TV, pode ser benéfico para a aprendizagem de uma criança, ao ponto de nem se dignarem a usar a bolinha vermelha.

Não, filho. Não podes ver o Fight Club porque há socos, sangue e problemáticas existenciais que não vais perceber. Sim, filho. Podes ver os Bastinhas e companhia (reparei que isto parece Batatinha e Companhia, o que até faz todo o sentido) porque há supremacia do Homem, sangue animal e vais perceber que o mundo funciona assim porque é tradição.

Uau, tanto sentido que isto faz.

E por tudo isto e mais alguma coisa, e no meio de tanto valor que a RTP tem, a transmissão de barbáries é uma nódoa que caiu no melhor pano mas que é grande demais para se poder ignorar.

Já chega, RTP. Chega desta negligência social.

Fonte: Sol