Oferta de bilhetes para tourada a menores de 12 anos gera polémica

Bloco de Esquerda já se pronunciou acerca do evento no Campo Pequeno.

O Bloco de Esquerda repudiou esta quinta-feira a oferta de bilhetes a menores de 12 anos para um evento tauromáquico no Campo Pequeno, em Lisboa, enquanto o promotor do espectáculo defende que a iniciativa está dentro da lei.

Em comunicado, o BE refere que as touradas “são um espectáculo violento que não deve ter lugar na cidade de Lisboa”, acrescentando ser tempo de o Campo Pequeno ser “transformado num espaço público multiusos sem sofrimento animal, contribuindo para a diversidade cultural e desportiva da cidade”.

À Lusa, Hélder Milheiro, secretário-geral da Pro Toiro, detentora a marca Touradas (promotora do festival do Dia da Tauromaquia) explicou que a iniciativa se encontra dentro da lei, já que os bilhetes são oferecidos aos menores de 12 anos quando acompanhados de um adulto.

“O Bloco de Esquerda quer limitar e proibir a vida cultural e o acesso das crianças”, bem como condicionar os menores e as famílias na decisão dos “espectáculos que frequentam”, disse Hélder Milheiro, acrescentando que, “por lei, um menor pode ir acompanhado”.

De acordo com Hélder Milheiro, durante o dia do espectáculo vão decorrer várias atividades que celebram a cultura tauromáquica, encerrando o evento com um festival taurino, no qual pode entrar um menor de 12 anos, quando “acompanhado por adulto ou educador responsável como acontece no cinema ou teatro”.

“Um dos espectáculo tauromáquicos, não é corrida de touros formalmente, mas é uma tourada, com bilhete pago, ao qual decidimos, como é um dia de celebração dedicado a todos os aficionados, dar acesso às crianças menores de 12 anos acompanhadas por adultos”, disse.

Em comunicado hoje divulgado, o Bloco questiona ainda que acções serão tomadas pelo presidente da autarquia lisboeta, Fernando Medina (PS), e pela Inspecção-Geral de Actividades Culturais, responsável pela área.

O Comité dos Direitos das Crianças da ONU, autoridade em matérias relativas a menores, recomendou que a idade mínima para assistir a touradas fosse os 18 anos, tendo enviado, inclusivamente, uma recomendação ao estado português demonstrando preocupação com o bem-estar mental e emocional das crianças enquanto esperadores expostos à violência das touradas.

Fonte: SIC Notícias

País Zoomarine, no Algarve, entre 12 zoos denunciados por exploração de animais selvagens

Resultado de imagem para zoomarine

Não visitem o Zoomarine e nem nenhum dos outros locais mencionados.

Nunca fui ao Zoomarine e jamais irei.
E a razão é simples. Não vou ajudar a financiar a crueldade animal. Desde logo, porque o lugar dos golfinhos é no seu habitat natural, o oceano, e não presos num espaço exíguo, a fazer o que não é da sua natureza, e que por isso, vai contra o seu bem-estar, como por exemplo, andar com os tratadores em cima, como se pode ver na imagem a cima.

Por isso; façam como eu. Não visitem o zoomarine.
Não contribuam para o financiamento da crueldade para com outros seres sensíveis!

Mário Amorim


Zoomarine, no Algarve, entre 12 zoos denunciados por exploração de animais selvagens

Relatório da World Animal Protection e da Fundação Change for Animals denuncia abuso de animais para entretenimento em espetáculos em zoos e aquários de todo o mundo.

Organizações visitaram 12 zoos e aquários em 10 países de 5 continentes e apontaram falhas a todos:

  • Dolphin Island (Resort World Sentosa) – Singapura
  • Zoo D’Amneville – França
  • Jungle Cat World – Canadá
  • African Lion Safari – Canadá
  • Cango Wildlife Ranch – África do Sul
  • Sea World – Austrália
  • SeaWorld – San Antonio, USA
  • Zoo Marine – Portugal
  • Puy du Fou – França
  • Avilon Zoo – Filipinas
  • Mystic Monkeys & Feather Wildlife Park – África do Sul
  • Ichicara Elephant Kingdom – Japão

Orçamento Participativo premeia projeto contra e projeto a favor das touradas

A retórica dos Psicopatas tauromáquicos, como se pode ver nesta reportagem da SIC e SIC NOTÍCIAS, é patética e falsa.
Teimam em chamar a tauromaquia de arte.
Para a tauromaquia ser arte, as guerras também seriam arte. É que violência é sempre violência, seja contra os animais não-humanos, como contra os animais-humanos.
E já agora, pergunto aos psicopatas tauromáquicos: que tal levar a violação, e violência doméstica a património imaterial nacional e as guerras a património imaterial da UNESCO, em???

Mário Amorim


A edição deste ano do Orçamento Participativo, promovido pelo Governo, está a levantar uma forte polémica por causa de duas das três propostas vencedoras. São dois projetos que vão para a frente mas que, na prática, são antagónicos. Um é contra as touradas, o outro é a favor e a própria cerimónia em que os vencedores foram anunciados acabou por ser tumultuosa.

Fonte: SIC NOTÍCIAS

País Protesto silencioso na Ericeira contra os animais no circo

A Associação Animal promoveu uma manifestação silenciosa, na Ericeira, contra Animais em Circos e o PAN apoiou. Cerca de 40 pessoas estiveram com cartazes em frente ao Circo Cardinalli, o único que ainda tem animais a atuar. O circo, por sua vez, mantém os espetáculos e continua em digressão.

Fonte: SIC Notícias

Bebé com leucemia rara precisa de um dador de medula

Não poderia deixar de partilhar esta muito triste notícia, que hoje tocou profundamente no meu coração.

Infelizmente, pela idade, já não posso ajudar a pequena Maria. Se não ajudaria esta linda bebé! 

***

Maria, uma bebé de 14 meses, luta há 2 meses contra uma leucemia rara e necessita de um transplante de medula para sobreviver. Os pais lançaram uma campanha para tentar encontrar um dador compatível.

Pais criaram uma página no Facebook “Salvar a Vida da Maria”.

Fonte(Contém o vídeo da reportagem): SIC Notícias

Homem colhido por touro nas festas de Alcochete ferido com gravidade

***

Um homem ficou gravemente ferido e está em perigo de vida, depois de ter sido colhido por um touro nas Festas do Barrete Verde e das Salinas, em Alcochete.

Em atualização

Segundo fonte dos bombeiros locais, o acidente terá ocorrido por volta das 2h00 da madrugada, no segundo dia de festas.

A vítima de 60 anos foi estabilizada no recinto e depois transportada para o Hospital de Santa Maria, onde ainda se encontra em estado grave.

Na mesma noite, outros três homens sofreram ferimentos ligeiros.

As festas começaram no dia 12 deste mês e terminam no dia 19

Fonte: sic noticias

***

http://www.rtp.pt/noticias/pais/homem-ferido-por-touro-nas-festas-do-barrete-verde_v940635

Tiram o touro do seu habitat natural. Levam-no para um ambiente que o tortura. E depois não querem que ele reaja como reagiu em Alcolhete!?
— O touro tem todo o direito de reagir, à tortura, física e psicológica de que é vítima, na tauromaquia. Não existe é o direito de o torturar. O direito que ele tem é de viver em paz e sossego, desde o seu nascimento à sua morte, no seu habitat natural!

Mário Amorim

Ativistas despem-se contra touradas em Pamplona

***

Cerca de cem ativistas pelos direitos dos animais despiram-se e despejaram sobre eles próprios sangue artificial. Uma forma de protestar contra as touradas, em Pamplona, Espanha.

http://sicnoticias.sapo.pt/mundo/2016-07-05-Ativistas-despem-se-contra-touradas-em-Pamplona