EL SECTOR TAURINO EN PORTUGAL NO RECIBIRÁ AYUDAS

El sector taurino en Portugal no recibirá ayudas

El sector taurino de Portugal no recibirá por parte del Gobierno luso ninguna ayuda excepcional para combatir la crisis derivada de la pandemia de coronavirus. El Primer Ministro, Antonio Costa, se desmarcó este miércoles en el Parlamento y afirmó que la tauromaquia “no tendrá apoyo extraordinario”, a diferencia de otras actividades culturales para las cuales sí se han aprobado medidas de apoyo, según informa Aplausos.

El Gobierno de Portugal se suma así a la lista de gobiernos que no ceden ante las exigencias de un sector taurino devastado en todo el mundo.

AnimaNaturalis

@AnimaNaturalis

⭕️El Gobierno deja sin prestaciones por desempleo a los toreros.

La prestación por desempleo destinada a ‘artistas que participen en espectáculos públicos’ no reconoce a los profesionales taurinos.https://www.animanaturalis.org/n/45456/el-gobierno-deja-sin-prestaciones-por-desempleo-a-los-toreros 

Gobierno deja sin prestaciones por desempleo a los toreros

Gobierno deja sin prestaciones por desempleo a los toreros

La prestación por desempleo destinada a ‘artistas que participen en espectáculos públicos’ no reconoce a los profesionales taurinos.

animanaturalis.org

266 personas están hablando de esto

Antonio Costa respondió a una pregunta del diputado de PAN (Personas, Animales, Naturaleza), André Silva, quien criticó el hecho de que el Presidente de la República, Marcelo Rebelo de Sousa, recibiera a representantes de ProToiro y le interpeló instándole a contestar si el Gobierno otorgaría apoyo financiero o fiscal extraordinario para las corridas de toros, que se han detenido por completo.

Cabe recordar que entre las 21 propuestas expuestas por ProToiro estaba la disminución del IVA en espectáculos taurinos, que pasaría del 23 % al 6 %.

Por otro lado, el Gobierno todavía no ha anunciado la reapertura de las plazas de toros en Portugal, prevista para mediados del mes de junio.

El sector taurino se encuentra devastado y no solo en España. ¡Ahora o nunca! AnimaNaturalis, CAS International, ANIMAL, FLAC y No Corrida nos unimos para impedir que no se destine ni un euro del erario público al rescate de la tauromaquia. Pero nos faltas tú. Te necesitamos ahora más que nunca. ¡Firma y difunde! 

RISCO DE EXTINÇÃO Portugal rejeita proposta de protecção ao lobo-ibérico apesar de restarem poucas alcateias no país

Absolutamente VERGONHOSO!
Que

Portugal!

Mas que VERGONHA!

Mário Amorim


Segundo as estimativas mais recentes do Instituto de Conservação da Natureza e Florestas (ICNF), há 75 lobos ibéricos no território português


Lobo-ibérico tem cada vez menos alcateias em Portugal.

 luta pela sobrevivência do lobo-ibérico em Portugal está longe de acabar. O parlamento português rejeitou na última sexta-feira (06/03), uma proposta apresentada pelo PAN (Partidos das Pessoas, Animais e Natureza) que pedia um reforço na proteção do lobo-ibérico – cada vez mais perseguido por agricultores, caçadores e com perda acentuada do habitat natural.

Segundo as estimativas mais recentes do Instituto de Conservação da Natureza e Florestas (ICNF), há 75 lobos ibéricos no território português. A proposta do PAN pretendia que o governo assegurasse “a concretização dos Objectivos operacionais que se encontram definidos no PACLobo (Plano de Acção para a Conservação do Lobo Ibérico em Portugal), que deveriam ter sido apresentados até Novembro de 2019”.

O documento recomendava ainda que fosse concluído, até final de 2020, o “novo censo nacional do lobo”, a proibição da alteração do uso de solos nas “áreas nas quais ocorre actualmente o lobo-ibérico e nas áreas onde ocorreu historicamente” e a implementação de “uma rede de censos populacionais das presas silvestres do lobo-ibérico (corço, veado, javali, cabra-montês)”.

Outras medidas propostas pelo PAN são: um mapa de risco de mortalidade ilegal, manual de a tuação em casos de suspeita de envenenamento, captura e morte ilegal de lobo e um protocolo de recuperação de lobos acidentados com objectivo de sua devolução à natureza. O PAN pretende continuar com um movimento em defesa do lobo-ibérico convencendo outros partidos políticos a abraçarem a causa.

Fonte: ANDA

VISITA DE XI JIPING A PORTUGAL: TAMBÉM OS VI EXACTAMENTE ASSIM…

Uma vergonha. Uma subserviência ao mais alto grau.

É bem certo que temos de ser cordiais, com quem nos visita, mas moderadamente, como convém. Pois para eles, somos apenas o instrumento das suas ambições. Nada mais.

Só faltou arrastar a língua pelo chão, que o futuro dono de Portugal pisou…

Quero ver quando o Celinho das Selfies for à China, se fecham as ruas para ele poder passar…

47686857_2202919430036813_4607547899042070528_n.jp

Fonte: Arco de Almedina

A IRRESPONSABILIDADE; A MALDADE E A MONSTRUOSIDADE, EM PORTUGAL!

Resultado de imagem para Crianças nas touradas em Portugal

Resultado de imagem para Crianças nas touradas em Portugal

Imagem relacionada

E fora de Portugal:

Resultado de imagem para Crianças nas touradas em Portugal
Esta imagem vale por mil palavras!

Resultado de imagem para Crianças a ver touradas em Portugal

A irresponsabilidade; a maldade; a monstruosidade dos país para com os seus filhos, em Portugal e nos restantes 7 países, é evidente.

Eles não querem saber minimamente, do quão é nefasto para os seus filhos, estarem numa praça de touros, a ver um outro ser senciente a sofrer, a ser selvaticamente atacado, a ser criminosamente brutalizado.
E esta realidade, acontece, com a permissão da protecção das crianças. Ela, com esta atitude, também não quer saber do bem-estar das crianças. Com esta atitude, a protecção das crianças, é conivente com os efeitos terríveis nas crianças que esta realidade tem!

Mário Amorim

A REALIDADE EM PORTUGAL É UMA. E EM ESPANHA, É OUTRA!

Resultado de imagem para Espanha e Portugal

Em Espanha, cada vez mais são os municípios que se declaram anti-tourada. E em Portugal, apenas dois municípios se declararam anti-tourada.
Em Espanha luta-se a sério e cada vez com mais força contra a Tauro-máfia. E isso vê-se no numero de municípios, por toda a Espanha, que deixaram de ser Tauro-mafiosos.
E em Portugal, não. E o facto de apenas dois municípios se terem declarado anti-tourada fala por si.

Em breve, Palma de Maiorca não terá mais tauro-máfia.
E em Portugal, que se deveria conseguir, com luta a sério, como por exemplo acontece em Palma de Maiorca, que Lisboa se declara-se anti-tourada, não. Isso não acontece.
Ou seja; em Espanha, os Tauro-mafiosos cada vez têm menos força, com a acção dos Anti-tourada espanhóis. E cá, como é? – A realidade é bem diferente da realidade espanhola!
Digo há muitos anos e volto a dizer: só há uma forma em Portugal de combater a Tauro-máfia. A luta contra a tauromaquia ser absolutamente conjunta, entre Portugal e Espanha. A luta deveria ser há muitos anos, apenas uma: lutar pela Abolição da Tauromaquia, não em Portugal e não em Espanha, mas na Península Ibérica. De outra forma; não vejo como a tauromaquia pode ser abolida em Portugal, nos próximos anos!

Mário Amorim

 

ESPERO QUE 2018 TRAGA PRAÇAS DE TOUROS VAZIAS, OU COM AINDA MENOS PUBLICO!

Resultado de imagem para Campo Pequeno com pouco publico

Espero que 2018 traga praças de touros vazias, ou com ainda menos publico.

O ano que Domingo termina, foi um ano, em que o numero de assistência nas praças de touros, em Portugal, foi diminuto.

Espero que assim continue, para 2018.

Dizem os Psicopatas da “Prótoiro”, que a tauromaquia, em Portugal, se subsidia a si própria. Como; com publico diminuto?
Mas estes Mafiosos, assassinos, criminosos pensam que as pessoas são parvas ou quê?!
– A verdade é que a tauromaquia, só ainda existe em Portugal, graças aos 16 Milhões de € anuais, de subsídio que recebe. Sem eles, já teria sido abolida.
Espero que em 2018, os subsídios para a tauromaquia, em Portugal, sejam totalmente abolidos!

Mário Amorim