A IRRESPONSABILIDADE; A MALDADE E A MONSTRUOSIDADE, EM PORTUGAL!

Resultado de imagem para Crianças nas touradas em Portugal

Resultado de imagem para Crianças nas touradas em Portugal

Imagem relacionada

E fora de Portugal:

Resultado de imagem para Crianças nas touradas em Portugal
Esta imagem vale por mil palavras!

Resultado de imagem para Crianças a ver touradas em Portugal

A irresponsabilidade; a maldade; a monstruosidade dos país para com os seus filhos, em Portugal e nos restantes 7 países, é evidente.

Eles não querem saber minimamente, do quão é nefasto para os seus filhos, estarem numa praça de touros, a ver um outro ser senciente a sofrer, a ser selvaticamente atacado, a ser criminosamente brutalizado.
E esta realidade, acontece, com a permissão da protecção das crianças. Ela, com esta atitude, também não quer saber do bem-estar das crianças. Com esta atitude, a protecção das crianças, é conivente com os efeitos terríveis nas crianças que esta realidade tem!

Mário Amorim

Anúncios

A REALIDADE EM PORTUGAL É UMA. E EM ESPANHA, É OUTRA!

Resultado de imagem para Espanha e Portugal

Em Espanha, cada vez mais são os municípios que se declaram anti-tourada. E em Portugal, apenas dois municípios se declararam anti-tourada.
Em Espanha luta-se a sério e cada vez com mais força contra a Tauro-máfia. E isso vê-se no numero de municípios, por toda a Espanha, que deixaram de ser Tauro-mafiosos.
E em Portugal, não. E o facto de apenas dois municípios se terem declarado anti-tourada fala por si.

Em breve, Palma de Maiorca não terá mais tauro-máfia.
E em Portugal, que se deveria conseguir, com luta a sério, como por exemplo acontece em Palma de Maiorca, que Lisboa se declara-se anti-tourada, não. Isso não acontece.
Ou seja; em Espanha, os Tauro-mafiosos cada vez têm menos força, com a acção dos Anti-tourada espanhóis. E cá, como é? – A realidade é bem diferente da realidade espanhola!
Digo há muitos anos e volto a dizer: só há uma forma em Portugal de combater a Tauro-máfia. A luta contra a tauromaquia ser absolutamente conjunta, entre Portugal e Espanha. A luta deveria ser há muitos anos, apenas uma: lutar pela Abolição da Tauromaquia, não em Portugal e não em Espanha, mas na Península Ibérica. De outra forma; não vejo como a tauromaquia pode ser abolida em Portugal, nos próximos anos!

Mário Amorim

 

ESPERO QUE 2018 TRAGA PRAÇAS DE TOUROS VAZIAS, OU COM AINDA MENOS PUBLICO!

Resultado de imagem para Campo Pequeno com pouco publico

Espero que 2018 traga praças de touros vazias, ou com ainda menos publico.

O ano que Domingo termina, foi um ano, em que o numero de assistência nas praças de touros, em Portugal, foi diminuto.

Espero que assim continue, para 2018.

Dizem os Psicopatas da “Prótoiro”, que a tauromaquia, em Portugal, se subsidia a si própria. Como; com publico diminuto?
Mas estes Mafiosos, assassinos, criminosos pensam que as pessoas são parvas ou quê?!
– A verdade é que a tauromaquia, só ainda existe em Portugal, graças aos 16 Milhões de € anuais, de subsídio que recebe. Sem eles, já teria sido abolida.
Espero que em 2018, os subsídios para a tauromaquia, em Portugal, sejam totalmente abolidos!

Mário Amorim

A ANEDOTA DE FIM-DE-ANO – «PORTUGAL E FRANÇA FECHAM ACORDO BILATERAL PELA TAUROMAQUIA»

Quem??????

RIR.png

Estes: «Os representantes da Tauromaquia Portuguesa e Francesa, respectivamente Helder Milheiro da Protoiro e André Viard, do Observatório das Culturas Taurinas, reuniram-se hoje em Portugal, tendo coincidido nos pontos de vista e actuações a realizar na defesa e promoção da tauromaquia europeia».

Selvajaria tauromáquica Europeia? Como se a Europa fosse constituída apenas por Portugal, França (e falta aqui a Espanha) países onde uma minoria, muito insignificante, anda a brincar aos broncos.

Uma autêntica anedota. Isto daria para divertir se não estivesse em causa a TORTURA de Touros e Cavalos, para satisfazer o sadismo destas criaturas da pré-Idade da Pedra.

É que nem a insignificante protóiro representa Portugal, nem o zé ninguém francês representa a França.

Os governos de ambos os países deveriam colocar estas criaturas no seu devido lugar, para não andarem por aí a alardear ACORDOS BILATERAIS entre dois países, coitados, que pretendem ser “civilizados” mas apoiam a selvajaria dos broncos, e então estes acham que são alguém.

Pois esta é uma notícia falaciosa para enganar os parvos.

Isto não é para levar a sério, e só diz do DESESPERO deles, para tentar manter em pé a moribunda tauromaquia.

Isabel A. Ferreira

Fonte desta anedota:

http://www.carregarasorte.com/2017/11/portugal-e-franca-fecham-acordo.html

Fonte: Arco de Almedina

SE OS AFICIONADOS DA TORTURA, DA BARBÁRIE…

Se os aficionados da tortura, da barbárie, fossem pessoas com alguma seriedade, já teriam vindo a publico; estão a ver, temos aqui provas científicas, cientificamente provadas, do que dizemos sobre o touro. Mas não. Sempre que têm uma oportunidade para o fazer, os Psicopatas Tauromáquicos, do alto da sua máfia, convidam para mais uma vez, ser fonte de alegações, não provadas cientificamente, o mesmo Psicopata de sempre, que não fala pelo bem-estar do touro, e sim pelo bem-estar da sua conta bancária. E isto acontece, com a conivência da Ordem dos Veterinários, que nada faz para o impedir, pois este Psicopata, é veterinário.

E esta realidade, deixa ficar mal o país, pelos quatro cantos do mundo.
Pois, com esta realidade, Portugal fica visto lá fora, como um país não civilizado.

Que tristeza; em pleno século 21, ainda existir em Portugal, tão vil e hedionda prática.
E que tristeza, a Assembleia da Republica, no PS; PSD; CDS/PP, e PCP, continuar a permitir, que tão abjecta prática, persista em existir, num país que se quer moderno e civilizado.

Da minha parte, o touro, e o cavalo, podem continuar a contar comigo, para os defender intransigentemente.

Tudo o que digo é por eles, pelo bem-estar, pela felicidade deles. E não irei deixar de lutar por isso.

Portugal, não vive em muitos séculos passados.
Portugal vive no século 21. E tem de acompanhar a modernidade, a civilização.

BASTA DE CRUELDADE EM PORTUGAL, JÁ!
ABOLIÇÃO DA TAUROMAQUIA EM PORTUGAL, JÁ!

Mário Amorim

ORÇAMENTO PARTICIPATIVO DE PORTUGAL (OPP) ABANDALHADO PELA CANDIDATURA DA SELVAJARIA TAUROMÁQUICA A PATRIMÓNIO CULTURAL IMATERIAL

Como é que isto foi parar ao OPP?

É surrealista, ridículo, insultuoso, estarmos a lutar contra uma coisa que não deveria sequer ser permitida, pois a tortura de animais, a selvajaria, a crueldade, a violência, a estupidez não faz parte de uma sociedade evoluída e civilizada.

OPP.jpg

Então por quê aplicar dinheiro numa INUTILIDADE como torturar Touros numa arena, para divertir sádicos e psicopatas?

Estar uma barbaridade destas a concorrer entre coisas sérias, é uma afronta, um insulto à inteligência dos Portugueses e uma desonra para a República Portuguesa.

Eu sinto-me lesada na minha condição de cidadã portuguesa, com esta vergonhosa situação.

Não teremos governo à altura da decência cultural e cívica?

O facto deste repugnante projecto constar da lista dos projectos culturais do OPP é altamente desprestigiante para Portugal e lesivo da dignidade portuguesa.

Uma vergonha!

Fonte: Arco de Almedina