GOSTAR DE TAUROMAQUIA, NÃO É UM DIREITO E NEM UMA LIBERDADE!!!

Estou convencido de que aquilo que vou dizer neste curto texto, vai dar que falar.
Por ventura; os Psicopatas tauromáquicos, vão vociferar ainda mais ódio contra mim. Mas não faz mal. Tenho de o escrever!

Bom.
Vamos lá então!

Existe direito de se gostar de tauromaquia? -NÃO. Não há esse direito!
Existe liberdade de ir as touradas? -NÃO. Não há essa liberdade.

A partir do momento que o nosso pretenso direito, a nossa pretensa liberdade, colidem com o bem-estar, a felicidade, e a vida, de outros seres sensíveis, deixamos de ter esse direito, deixamos de ter essa liberdade.

Na tauromaquia, o direito, está inteiramente do lado, do touro e do cavalo, de não serem física e psicologicamente torturados, para que os Psicopatas tauromáquicos se possam divertir!

Na tauromaquia, apenas o touro e o cavalo têm liberdade. A liberdade de nascerem, viverem e morrerem, no campo, na Natureza, em paz e sossego!

POR TANTO. GOSTAR DE TAUROMAQUIA, NÃO É UM DIREITO E NEM UMA LIBERDADE PARA OS PSICOPATAS TAUROMÁQUICOS!!!

Mário Amorim

A TAUROMAQUIA

Recebi uma mensagem, aqui no meu blog. E devido ao seu conteúdo, não a aprovei. Eliminei-a logo.

De qualquer maneira, vou responder um pouco à senhora que enviou a mensagem.

Nós, anti-tourada somos contra a tauromaquia, porque a tauromaquia, é uma prática Selvática. É uma prática abjecta. Todos aqueles que torturam o touro e o cavalo. Que são cruéis, física e psicologicamente para com o touro e para com cavalo, são PSICOPATAS. E isto, não somos nós que o afirmamos. É a ciência. É a ciência forense e a psiquiatria forense que o afirma. E já agora; dou-lhe um conselho. Ouça o Doutor Guido Palomba, nestes vídeos. Um dos principais Psiquiatras Forenses da actualidade.

Para o FBI,  já desde a década da 70 do século passado, e depois confirmado pela Psiquiatria Forese americana, 80% dos sérial killers, começaram por ser cruéis, por matar animais não-humanos.
Quem é cruel para com animais não-humanos, vai se-lo para com outros aniamis humanos!

O lugar do touro e do cavalo, é o campo, a Natureza, livres, em paz e sossego, desde que nascem, até que morram, e não as praças de touros!

E fico-me por aqui!

Mário Amorim

TOUREIROS E FORCADOS

Resultado de imagem para toureiro

Resultado de imagem para toureiro a cavalo

Resultado de imagem para touradas e forcados

Toureiros e forcados, percebam, de uma vez por todas, de que a vossa atitude, para com o touro e para com o cavalo, vos vai ser castigada.
A vossa atitude para com estes dois belos seres sencientes, não vai passar em claro para vocês.
Vocês irão colher o que semeiam, nas arenas das praças de touros.
Vocês escolheram provocar a dor, o sofrimento e a morte, nas praças de touros. E isso, vai-se virar contra vocês. E ainda mais, no momento de uma Maravilhosa mudança de Gaia.
Vocês julgam que a vossa atitude, passará impune. Mas estão redondamente enganados. Não vos vai passar impune!

Mário Amorim

OS BONS SENTIMENTOS

Os bons sentimentos, são quando nos colocamos no lugar do outro.
Se sabemos que o que queremos, vai directamente, ou indirectamente, magoar, ferir, causar dar ao outro, pomo-nos imediatamente no seu lugar e nos perguntamos se gostaríamos que ele nos fizesse o mesmo!
E é este exercício que quem defende a tauromaquia, deveria fazer.
Deveria por momentos, tentar por-se no lugar do touro e se perguntar se gostaria de passar pelo mesmo sofrimento, pela mesma dor que o touro passa numa praça de touros.
Todos nós, seres humanos, temos o direito de não sofrer, de não sentir dor.
E todos os outros seres sencientes, têm o mesmo direito de não sofrer, de não sentir dor que nós, seres humanos.
Como tal, não temos o direito de causar dor, de causar sofrimento a outro ser, humano e não-humano.
Os defensores da tauromaquia, os da arena e os da bancadas, não têm o direito de provocar dor, de provocar sofrimento, directo e indirecto, ao touro e ao cavalo!

BASTA DE TAUROMAQUIA, JÁ!

Mário Amorim

BOM KARMA!

Bom karma é lutar pelo bem-estar do touro e também do cavalo.
Bom karma é ser contra as touradas.
Bom karma, é olhar para os olhos do touro, e perceber que o que ele quer, é ter alegria, é ter felicidade, é ter bem-estar, onde nasceu, até morrer.
Bom Karma, é perceber que o touro, tem o mesmo direito ao seu bem-estar; à sua felicidade do que tu.
É perceberes que o touro, não é inferior a ti. É igual a ti.
É entenderes, de uma vez por todas, que a ABOLIÇÃO das touradas é o único caminho!

Mário Amorim

MAU KARMA!

Quando causamos dor, quando causamos sofrimento a um outro ser sensível, estamos a criar mau karma, a nós próprios. E a não ser que imediatamente procedamos à sua correcção, esse mau karma, vai virar-se contra nós próprios.
E é isto que acontece nas touradas.
Aqueles que causam dor, que causam sofrimento ao touro, criam mau Karma contra eles próprios. E esse mau karma, irá virar-se contra eles, mais tarde ou mais cedo.
Eu não quero que nenhum ser senciente sofra. Seja ele humano, ou não humano. Só estou a dizer algo que quem tortura, quem é cruel para com o touro, não leva a sério.
Mas isto é uma realidade.
É uma realidade, à qual não podemos fugir.
É uma realidade que aqueles que são cruéis para com o touro e para com o cavalo, nas praças de touros, não podem fugir!

Mário Amorim

GOSTARIA QUE OS PSICOPATAS TAUROMÁQUICOS, AMANHÃ, NO PRÓS E CONTRAS, RESPONDESSEM A UMA QUESTÃO MUITO SIMPLES!

Resultado de imagem para palavra liberdade

Enchem a boca para falar de liberdade de ir ás touradas.
Mas deixo uma pergunta muito simples, que gostava que os Psicopatas tauromáquicos amanhã, respondessem, no Prós e contras: e a liberdade do touro e do cavalo, de não serem física e psicologicamente torturados para vosso gáudio. Onde fica?
– Da liberdade do touro e do cavalo, vocês não falam!
Pois é, liberdade, liberdade, liberdade, ás custas do sofrimento do touro e do cavalo, físico e psicológico. A nossa liberdade acaba, quando começa a liberdade dos outros. Ou melhor dizendo: a vossa liberdade termina, quando começa o direito do touro e do cavalo, de não serem violentamente tratados, para vosso gáudio.

Quem é contra as tauromaquia e luta contra ela, é civilizado.
E quem vai assistir a tauromaquia. Quem cria touros, para depois serem vítimas de crueldade.  Quem tortura o touro e o cavalo na arena, física e psicologicamente. Quem recebe por ano 16 Milhões de € de subsídios, para ser cruel para com o touro e para com o cavalo, é incivilizado!

Por tanto; quem fala em liberdade de ir ás touradas, ignorando, por completo o direito do touro e do cavalo, de não serem torturados, física e psicologicamente, para seu deleite, mais não é do que uma pessoa incivilizada!

Mário Amorim