SOBRE E PARA ADULTOS ÍNDIGO

Eu sou um adulto Índigo.
Fiz essa descoberta em 2015, pois uma amiga viu isso em mim.
Como diz a Lenisa Lucena, que é Índigo já nasceu Índigo. A minha irmã Lenisa tem razão!

Mário Amorim


#20 Adulto Índigo, talvez essa seja a resposta que busca

#150 O seu propósito de vida não está na profissão


Adultos Índigo: saiba tudo sobre suas características e personalidade

Adultos Índigo: saiba tudo sobre suas características e personalidade

Os Adultos Índigo são as crianças índigo que começaram a chegar na Terra por volta da década de 1970 ou 1980 e, portanto, hoje se encontram entre seus 30 e 40 anos mais ou menos.

Essas crianças que hoje são adultos possuem uma série de características psicológicas diferentes. E é isso que iremos abordar agora neste post.

Mas antes, para não ficar nenhuma dúvida, vamos esclarecer rapidamente de onde surgiu o termo “Índigo”:

Esse termo foi cunhado pela parapsicóloga Nancy Ann Tape que enxergava e estudava o comportamento das pessoas de acordo com a cor de suas auras. Sobre o tema, ela lançou a obra “entendendo sua vida através da cor” onde aborda essas observações.

Nos seus estudos sobre as cores da aura, percebeu que as crianças que tinham uma aura azul índigo ou anil tinham uma série de características peculiares.

Dentre essas características, estão uma forte inclinação pela espiritualidade que está directamente relacionada a um maior desenvolvimento do chakra frontal, também conhecido como terceiro olho, que fica na região entre os olhos.

Esse chakra está ligado a habilidades psíquicasintuição e clarividência e também é responsável por facilitar uma visão mais holística e sistêmica do todo.

Devido a essas características peculiares, muitos desses índigos cresceram sofrendo um dilema crucial, uma ansiedade e uma angústia existencial tentando entender por que se sentem tão diferentes, o que vieram fazer aqui e qual o propósito de sua existência.

Além disso, devido a sua grande sensibilidade e modo diferente de ser e de pensar, podem ter sofrido sérias dificuldades de adaptação por se sentirem “desencaixados” da própria família, da escola e sociedade de maneira geral.

Suas vidas podem ser marcadas por um sentimento de não pertencer a este planeta Terra e por um sentimento constante de saudades, um desejo de voltar para casa, para o “lar”, que não é aqui.

Eu não sou um E.T. (…) eu não sou um estranho no ninho nem um patinho feio, eu sou um ser humano diferente que possui dons e características diferentes, devido a uma missão específica que veio cumprir aqui na Terra“. Ingrid Cañete.

Os adultos índigo eram então crianças muito sensíveis, sensibilidade essa que muitas vezes lhes causou sofrimento e dificuldades de adaptação.

Esses seres possuem uma missão de quebrar o velho sistema,de quebrar costumes,hábitosromper paradigmas que já não servem mais e promover transformações e revisão de valores por onde passarem.

Eles vêm com energia forte e veloz para mudar tudo o que há em volta e possuem um poder fantástico de transformação muitas vezes ainda não descoberto por eles próprios e pela sociedade.

adultos índigo - Adultos Índigo: saiba tudo sobre suas características e personalidade

Veja abaixo algumas características que compõem a personalidade dos Adultos Índigo:

Segundo Wendy Chapman;

  1. São inteligentes, apesar de não terem tido as melhores notas na escola;
  2. São muito criativos e apreciam fazer coisas;
  3. Sempre precisam saber o porquê, especialmente quando se pede a eles que façam algo;
  4. Tinham aversão ou detestavam grande parte do trabalho repetitivo e obrigatório da escola;
  5. Eram rebeldes na escola, negando-se a fazer trabalhos, e recusavam a autoridade do professor. Ou então, gostariam de se revoltar, mas não se atreviam, geralmente por causa da pressão dos pais;
  6. Podem ter experimentado depressão existencial bem cedo e sentimentos de impotência, que podem ter se estendido da tristeza ao total desespero. Sentimentos suicidas durante a escola secundária (entre os 12 e 18 anos mais ou menos), ou antes, não são incomuns no Adulto Índigo.
  7. Têm dificuldades em empregos com serviços supervisionados. Os Índigos resistem à autoridade e ao sistema hierárquico de trabalho;
  8. Preferem posições de liderança ou trabalharem sozinhos do que em grupos;
  9. Têm profunda empatia pelos outros, embora tenham uma intolerância à estupidez;
  10. Podem ser extremamente sensíveis emocionalmente, até chorando num piscar de olhos (sem defesas). Ou, então, podem ser o oposto, e não mostrar qualquer expressão de emoção (defesa completa);
  11. Podem ter problemas com a raiva, tendo explosões de fúria quando muito irritados;
  12. Têm problemas com sistemas que consideram falidos ou ineficazes, exemplo: político, educativo, médico, legal, etc;
  13. Alienação ou uma irritação com a política, sentindo que sua voz não conta e que o resultado realmente não importa;
  14. Frustração ou rejeição do tradicional “sonho” de carreira, casamento, filhos, casa com uma cerca branca etc.
  15. Raiva quando são privados dos seus direitos; medo e/ou fúria perante o “Big Brother vigiando vocês”;
  16. Um ardente desejo de fazer algo para mudar ou melhorar o mundo. Talvez ponham resistências no que tenham de fazer. Talvez tenham problemas para identificar o seu caminho;
  17. Têm interesses psíquicos ou espirituais desde muito novos. antes ou durante a adolescência;
  18. Tiveram poucos ou nenhum modelo Índigo para imitar. De qualquer forma, mesmo que tenha tido alguns, não significa que você não é Índigo;
  19. Possuem forte intuição;
  20. Padrão de comportamento casual ou estilo de mente (sintomas de Desordem de Falta de Atenção – TDAH). Podem ter problemas em se concentrar em determinadas tarefas. Podem ficar pulando para lá e para cá durante as conversações;
  21. Tiveram experiência psíquicas, tais como sonhos premonitórios, ver anjos ou espíritos, experiências fora do corpo – projecções astrais-, ouvir vozes etc;
  22. Podem ser sensíveis à electricidade, como relógios que param de funcionar, postes de iluminação que falham quando passam por debaixo deles, aparelhos eléctricos que funcionam mal ou lâmpadas que se apagam;
  23. Podem ter consciência de outras dimensões e realidades paralelas;
  24. Sexualmente são muito expressivos ou também podem recusar a sexualidade por tédio ou com a intenção de conseguir uma ligação espiritual mais elevada. Podem explorar tipos alternativos de sexualidade;
  25. Procuram o significado das suas vidas e a compreensão do mundo. Podem procurar isso na religião ou na espiritualidade, em grupos espirituais ou em livros;
  26. Quando encontram o equilíbrio, eles podem se tornar muito fortes, saudáveis e felizes.

Segundo lori Johnson, citada por Monachesi (2005, p.41):

  1. Chegaram à idade adulta mantendo-se em estado de latência quanto ao conhecimento ou contacto com seus poderes e talentos, habilidades;
  2. É provável que os Adultos Índigo que ainda estão em estado de latência padecido de maus-tratos ou incompreensão quando eram crianças, o que acabou minando sua auto-estima;
  3. Geralmente tem alto coeficiente de inteligência, porém, isso está encoberto por um baixo rendimento na escola ou por dificuldades na vida pessoal;
  4. Possuem grande capacidade de ver todo o quadro de uma situação ou de entender as consequências de determinado ato;
  5. Capacidade inata de compreender diferentes idiomas. É fácil para um Índigo colocar-se no lugar da pessoa com quem se comunica e entendê-la, mesmo que não tenha estudado aquele idioma;
  6. São atraídos por expressão tátil;
  7. São almas solitárias que preferem a própria companhia do que a de grandes grupos;
  8. Não são obcecados pelo sexo provavelmente porque preferem um contacto e uma comunicação em nível de alma;
  9. É comum que saltem de trabalho em trabalho sempre buscando um propósito e um sentido;
  10. Podem padecer de dislexia ou transtornos de percepção, de orientação ou de coordenação e ter problemas com matemáticas, com a leitura e a escrita, e de compreensão;
  11. As mulheres Índigo, frequentemente pensam como homens e os homens Índigo ao contrário, pensam como mulheres;
  12. Sempre lhes atrai o sobrenatural, o metafísico, a tecnologia de ponta e o entendimento espiritual;
  13. Se não pertencem a uma religião clássica específica é provável que tendam a sintetizar, junto à sua própria sabedoria e consciência, uma espiritualidade própria;
  14. Usam sua intuição combinada com várias disciplinas metafísicas para criar novos sistemas ou metodologias;
  15. Muitos são solteiros ou divorciados e não têm filhos. Possuem um forte sentido de missão; não seguem os padrões da vida normal;
  16. Todos os Índigos – ou maioria- já passaram por um quadro depressivo;
  17. Muitos já sofreram com problemas ou traumas na infância, o que os leva a manter sua ira ou raiva oculta;
  18. Apesar de sua necessidade de solidão, são populares entre seus pares. Têm um carisma natural;
  19. São capazes de ver ambos os lados de um argumento e são chamados para mediar conflitos, para negociar;
  20. Não gostam de conflitos. Quando crianças se distanciavam dos adultos que discutiam; preferem a paz e a harmonia;
  21. São naturalmente compassivos e solidários, porém, reagem intensamente diante do que consideram injusto;

Pontos Positivos da personalidade dos Adultos índigo:

  •  É perseverante e cumpridora;
  •  É honesta e íntegra;
  •  Entende a vida como algo muito sério;
  •  Tem senso e valor pessoal;
  •  Possui capacidades extras-sensoriais;
  •  É uma pessoa muito intensa;
  •  Compreende a natureza de seu próprio Ser e sua relação com o Universo.

Fraquezas e debilidades:

  • É teimosa e impaciente;
  • Tem muitos problemas com autoridade;
  • Quer que todo mundo a reconheça e a aprecie;
  • Tem dificuldade de expressar-se com palavras;
  • Quando aborrecidos, podem ser arrogantes;
  • Dificuldade para lidar com seu lado sombra;
  • Raiva e revolta excessiva (quando sofrem traumas ou maus tratos)

Algumas considerações a mais sobre os adultos índigo:

1. Muitos deles têm o traço da Alta Sensibilidade;

2. Possuem dificuldade para encontrar seu caminho muitas vezes pulando de faculdade em faculdade, trabalho em trabalho, de cursos em cursos tentando encontrar algo que muitas vezes nem sabem o que é, mas que sentem no íntimo de sua alma que precisam buscar.

Esse senso de missão, de que precisam encontrar um propósito para sua existência é muito forte nos Índigos e, enquanto não encontram, podem sofrer com tensões, angústia, depressão e um vazio que não entendem de onde vem;

3. Os Índigos são buscadores natos, estão sempre buscando aprender , buscando algo que lhes tragam sentido. O modelo social ideal de fazer uma faculdade, se formar, arrumar um emprego, casar, ter filhos não é por si só suficiente para esses seres, que estão sempre em busca de um sentido maior para suas vidas.

Ainda que não seja de forma consciente, os Índigos sentem que precisam de mais e por isso, muitas vezes seguem buscando esse sentido em várias actividades e ocupações;

4. São naturalmente bastante curiosos e questionadores, então querem entender como as coisas funcionam, gostam de buscar respostas, de questionar o porquê das coisas serem como são.

São filósofos natos e não costumam se conformar com respostas prontas, por isso questionam, incomodam, buscam.

5. Por causa da sua Alta Sensibilidade, podem ter sérias dificuldades de adaptação chegando muitas vezes a se sentir um ET entre seus familiares, amigos, escola, faculdade, etc. pois não conseguem se identificar com alguns comportamentos, hábitos e padrões sociais preestabelecidos.

6. São empatas, sentem tudo com muita intensidade, sentem compaixão e costumam se colocar no lugar do outro; Se deixam afectar pelo humor e sentimentos alheios muitas vezes tendo dificuldade para separar o que é seu e o que não é.

7. Possuem uma inclinação pela espiritualidade, então podem tentar buscar essa conexão nas religiões. Geralmente não seguem uma religião somente por tradição familiar, eles buscam alguma que ressoe com suas próprias crenças e valores ou assumem uma espiritualidade independente.

O Índigo pode ser aquela pessoa espiritualista universalista no meio de uma família que possui uma religião tradicional. Ele vai quebrar a tradição porque ele busca, questiona e experimenta outras formas de espiritualidade até encontrar a que ressoe com o que acredita fazer sentido para ele.

8. Alguns podem se tornar vegetarianos ou veganos devido a sua alta compaixão e empatia pelos animais.

Os Índigos entendem que não são superiores a nenhuma espécie e que nossa obrigação é de protegê-los ao invés de explorá-los. Claro que isso vai de acordo com a criação desses seres, muitos crescem no hábito de consumir carne, mas quando descobrem a crueldade sobre a exploração animal tendem a abandonar esse hábito, especialmente quando vivenciam o processo de despertar espiritual.

9. Não é raro encontrar alguns desses adultos índigo envolvidos com ativismo para defender alguma causa que acham justa, pois sentem ânsia de justiça e igualdade social.

10. São naturalmente éticos tendendo a ser pessoas íntegras e escrupulosas devido a sua grande sensibilidade e empatia.

11. Muitos crescem sem saber quem são e sem entender porque são tão diferentes, e não raro, acham que possui um defeito grave e que precisam curar.

12. Muitos passam por um processo de despertar espiritual onde saem do estado de latência e começam a expandir sua consciência, entender quem são, assumir seus dons e entender melhor o seu propósito. Isso depende muito, alguns podem se encaixar na sociedade (índigo cativo) e esquecer sua própria essência, e outros podem despertar e buscar encontrar o seu propósito.

13. Possuem um pensamento acelerado muitas vezes se manifestando em forma de hiperatividade mental e dificuldade de verbalizar esses pensamentos de forma organizada.

pessoa índigo - Adultos Índigo: saiba tudo sobre suas características e personalidade

Conclusão

É importante deixar claro que você não precisa se encaixar em absolutamente todas as características para ser um Adulto Índigo, algumas vão estar ausentes a depender da sua criação, educação, dos traumas ou não que vivenciou, da sua adaptação e de mais um outra série de factores.

Além disso, cada índigo é um ser único que tem suas próprias diferenças e qualidades e que, portanto, não devem ser reduzidos a um conjunto rígido de características.

É importante destacar também que a frequência Índigo está disponível a todos os seres humanos e pode ser acessada na medida em que nossa consciência vai se expandindo mais e mais.

Se ainda está na dúvida faça o teste e descubra se você é um Índigo ou Cristal clicando aqui.

Fonte: Mundo Índigo

Você um adulto Indigo? – Qual é a sua Tribo? – Salua Ghonaim

“Quando eu descobri que eu era um adulto indigo, é como se eu tivesse encontrado minha tribo, um ambiente de pessoas que pensam como eu.”


Resolvi partilhar este vídeo Maravilhoso, também neste meu blog.
Já o tinha partilhado no meu outro blog: atribodoarcoiris.wordpress.com.
Considero este vídeo importantíssimo. E por essa razão, aqui fica, também neste meu blog.
Se com este vídeo, tu também te descobrires como adulto/a Índigo. Bem vindo/a irmão/irmã.
Se com este vídeo, tu te descobriste como adulto/a Índigo, eu apenas te direccionei a essa descoberta. Foi o Universo, e os teus restantes guias espirituais, que o quiseram.
E a partir de agora, tu sabes qual é a tua missão na Terra.
Nós, Índigos, fomos enviados para Terra, com a missão que a Salua fala.
Vibra todos os dias no amor.
Ouve o teu coração e a tua intuição.
E expande a tua consciência, pois tens de a expandir, ouvindo, por exemplo New Age, lendo sobre a expansão da consciência, e vital, meditando todos os dias!

Nós não somos seres humanos a viver uma experiência espiritual. Somos seres espirituais a viver uma experiência humana!

Muito amor, paz e luz para sempre!
Mário Jorge

Adultos Índigo

Adulto Índigo, talvez essa seja a resposta que busca

O que esta minha irmã Índigo fala é isto:

“Se quer saber se é um índigo adulto analise as afirmações que se seguem e procura responder a cada uma delas fazendo um traço à frente de cada uma das respostas se forem afirmativas…”

São muito criativos ainda que na escola não tenham tirado as melhores notas.

Têm algumas características que fazem parte de crianças índigo.

Apresentam alguns problemas de concentração e atenção (Sintomas de Desordem de falta de Atenção. Podem apresentar problemas para se concentrarem nas suas tarefas. Podem saltar de tema nas conversas (palestras, dissertações, etc.)

Têm uma verdadeira empatia por algumas pessoas e sentem-se bem com pessoas que tenham a sua vibração, mas têm, também, uma profunda intolerância pela estupidez.

São muito intuitivos, muito criativos e desfrutam fazendo coisas, mesmo que espalhem tudo à sua volta como um caos, sentem-se bem assim…mesmo que os outros reclamem da desordem.

É difícil para eles fazerem um trabalho repetitivo e obrigatório e sobretudo na escola recusavam-se a fazê-lo.

Vivem em constante mudança e têm, ainda hoje, problemas com a autoridade. Rejeitam, muitas vezes, a autoridade do professor ou mesmo dos pais quando procuravam impô-la. Questionaram-na e continuam questionando a autoridade.

Aprendem rapidamente e quando acham que já sabem o suficiente aborrecem-se e desinteressam-se pelos assuntos?

Se uma coisa ou um tema lhes interessa põem aí toda a sua atenção e não se importam de estar horas a fazer o mesmo.

Na escola parecia que tinham “picos” e não paravam quietos, quando a matéria não lhes interessava, não lhe servia para nada ou achavam que já sabiam o suficiente sobre o assunto.

Por vezes mostra ser extremamente sensíveis, ou emocionalmente instáveis, chorando ao mínimo motivo (sem protecção). Ou podem mostrar uma certa falta de emoção (protecção completa).

Por vezes revoltam-se com certas coisas ou pessoas, parecendo que têm problemas com a Ira.

Não compreendem e até se revoltam, ou irritam com os chamados sistemas ineficazes que consideram caducos: sistema político, educativo, médico, jurídico, etc.

Sentem uma verdadeira irritação e ira quando privam dos seus direitos e detestam que os observem ou controlem os teus passos, ficam irritados quando alguém está sempre a observá-los e a criticá-los.

Procuram o significado da vida e sentem uma vontade grande de mudar ou até melhorar o mundo aderindo, por vezes, à espiritualidade, a alguma religião ou a grupos ou livros de auto-ajuda.

Tiveram alguma experiência psíquica, premonições (ver anjos, seres extrafísicos, fantasmas…) experiências fora do corpo, ouvir ruídos ou vozes, etc.

É sensível à eletricidade e por vezes os relógios não funcionam, as lâmpadas apagam-se quando passa por baixo deles, os aparelhos eléctricos funcionam mal ou queimam-se fusíveis ou rebentam lâmpadas…

Já, alguma vez, tiveram consciência da existência de outras dimensões, de extraterrestres ou da existência de outras realidades paralelas.

São muito expressivos sexualmente, mas também podem recusar a sexualidade por aborrecimento ou para conseguirem uma ligação espiritual mais elevada. Podem explorar tipos alternativos de sexualidade.

Tiveram poucos ou nenhum exemplo índigo para imitar.

Se conseguem encontrar o seu equilíbrio podem transformar-se em indivíduos muito realizados, fortes, sãos e felizes.

Se conseguiste responder positivamente pelo menos a 7 questões é bem provável que tenhas a energia Índigo, por isso deverás estar mais atento e procurar viver em Integridade…serás mais feliz e realizado… ”

Ou aqui: ADULTOS ÍNDIGO

****

Em 2015, uma amiga reparou que sou um Adulto Índigo e me levou a descobrir que sou um Adulto Índigo. E foi com neste questionário que vi que a minha amiga tinha razão. Tenho 21 correspondências entre as 26 afirmações.

Um Índigo pode ser Índigo de nascença.
Pode ao longo da vida, evoluir a sua consciência para Índigo.
Ou pode ter nascido Índigo(incluo-me aqui), mas que por diversas razões ter perdido os seus dons. E um dia mais tarde reencontrar-se com o ser Índigo.

 

Aconselho vivamente a verem este filme: A MENINA ÍDIGO

Mário Amorim