😞 😢 Um cobarde assassinato nos Estados Unidos! CONTEÚDO ANDA Lobos são sentenciados à morte nos EUA

Foto: Getty Images

Uma alcateia inteira ameaçada de extinção será morta em Washington após parte dela em busca da sobrevivência atacar um rebanho de vacas. Desde abril, a alcateia de lobos cinza percorre a parte nordeste do estado. O grupo, chamado de Pico Profano, tem 19 dos 90 lobos presentes nessa região, sendo seis adultos e cinco filhotes.

Duas fêmeas adultas já foram mortas por oficiais que atiraram de um helicóptero, reportou o Blue Mountain Eagle. O assassinato foi ordenado após a morte de dois bezerros e um terceiro ferido. “O departamento está comprometido com a recuperação dos lobos, mas tem um dever a cumprir pela proteção do gado,” disse Donny Martorello, do Departamento de Pesca e Vida Selvagem para a NBC News.

Shawn Cantrell, que lidera um organização sem fins lucrativos que defende a vida selvagem, disse que esse é um dia lamentável. “Remover membros da alcateia é uma perda enorme para os esforços de recuperar a espécie nessa região. A melhor coisa é aprender com os erros desse caso e prevenir danos futuros, ” afirma ele.

O senador Kevin Ranker diz que a ordem é extrema. “Fui informado que metade da alcateia seria morta, agora me dizem que toda ela será removida,” protesta ele.

Se o estado não matar os animais, as autoridades locais querem encarregar o xerife local para esse ato covarde. “Essa alcateia precisa sumir. O xerife tem a obrigação de acabar com isso assim como ele acabaria com qualquer cachorro selvagem por aí,” afirma Mike Blankenship, comissário do condado de Ferry.

Nota da Redação: Como se não bastasse a exploração animal por várias indústrias, vivemos em um mundo que condena os animais não humanos por agirem de acordo com seus instintos de sobrevivência. Ao contrário dos seres humanos, que matam por maldade e luxúria, os lobos agiram dessa forma por necessidade. Este tipo de predação é culpa do homem que interfere no equilíbrio da natureza e, tragicamente, sentencia outros animais à morte quando ocorrem incidentes como este. 

Fonte: ANDA

Anúncios

Muito boas notícias, vinda de Washington, Estados Unidos! Conteúdo ANDA Washington está prestes a proibir cativeiro de cetáceos

Golfinho

Em uma boa notícia para as baleias e os golfinhos, o estado de Washington (EUA) está um passo mais perto da proibição de cativeiro, garantindo que baleias e golfinhos nunca mais serão explorados no Estado. No ano passado, os legisladores do Estado introduziram um projeto de lei que tornaria ilegal manter baleias, golfinhos e botos selvagens capturados e os criados em cativeiro para entretenimento humano.

Uma vez que o projeto não avançou, no final de janeiro o deputado Kevin Van De Wege abordou a questão e introduziu uma lei semelhante (HB 2888). Este projeto de lei vai proibir a manutenção de cetáceos selvagens capturados ou criados em cativeiro, bem como a captura, a importação e a criação, e vai fazer com que as violações sejam puníveis com multas e potencial tempo de prisão.

Há isenções para instalações que fazem reabilitação e pesquisa, mas o projeto de lei ainda exige que os animais sejam devolvidos à natureza, e que os animais que não puderem ser integrados de volta sejam mantidos em instalações aprovadas pelo Serviço Nacional de Pesca Marinha, acrescentando também que eles não poderão ser utilizados para performances ou entretenimento.

Apesar de não haver baleias ou golfinhos atualmente em cativeiro no estado, Washington tem uma longa e trágica história envolvendo capturas de orcas fora de sua costa há décadas atrás, o que se acredita ser o fator responsável por dizimar a amada população de orcas do sul.

Hoje, uma orca chamado Lolita é a única sobrevivente das capturas que tiveram lugar em Puget Sound. Ela está definhando no Miami Seaquarium há mais de quatro décadas. Seus defensores estão trabalhando para vê-la “se aposentar”, e os legisladores afirmam que não vão desistir de certificar que nenhum outro cetáceo irá sofrer da maneira que Lolita e outros de sua espécie têm sofrido.

Na semana passada, os defensores dos animais comemoraram quando a Câmara aprovou a última versão do projeto de lei por uma votação de 64-33. Agora ele se move a uma comissão do Senado, e apoiadores estão incitando as pessoas a falarem em nome dos cetáceos em cativeiro para garantir que ele passe.

Enquanto esforços para conseguir que esta legislação seja aprovada em Washington estão em curso, ainda há esforços para acabar com o cativeiro na América do Norte. Os projetos de lei The Orca Responsability and Care Advancement (ORCA) nos EUA e Ending Captivity of Whales and Dolphins no Canadá poderiam mudar o futuro para sempre para baleias e golfinhos. Se aprovadas, estas leis também vão enviar uma forte mensagem ao mundo de que o sofrimento dos animais altamente inteligentes, sociais e de longo alcance para a nossa diversão não é mais aceitável e não será apoiado.

*É permitida a reprodução total ou parcial desta matéria desde que citada a fonte ANDA – Agência de Notícias de Direitos Animais com o link. Assim você valoriza o trabalho da equipe ANDA formada por jornalistas e profissionais de diversas áreas engajados na causa animal e contribui para um mundo melhor e mais justo.

Fonte: ANDA