CONTEÚDO ANDA Político desperta revolta ao postar imagens dos animais selvagens que matou

Reprodução/AngeloVukasovicFacebook

Um membro do partido de extrema direita Democratas da Suécia gerou indignação depois de postar fotografias de uma viagem de caça à África do Sul, onde ele e seus amigos mataram e comeram vários animais selvagens.

As imagens chocantes mostram Angelo Vukasovic e seus amigos posando ao lado das carcaças de leões, girafas, zebras, javalis e uma série de outros animais, relata o Daily Mail.

Vukasovic é o tesoureiro do partido e também administra uma loja de caça.

“Comi 80% dos animais que matei, incluindo o leão na imagem” afirmou ele ao Aftonbladet.

Reprodução/AngeloVukasovicFacebook

Ele disse que todos os animais foram mortos durante a caça sul-africana de forma legalizada e acrescentou: “Caçar certos animais beneficia as pessoas e beneficia o animal”.

Vukasovic recebeu várias críticas em sua página no Facebook descrevendo-o como “fraco”.

‘Você é uma vergonha para o povo sueco”, ‘Você é uma piada. Um parasita insignificante”, diziam alguns dos comentários na rede social.

“Você não é um caçador, você está em um recinto e matou animais indefesos, apoiado por outros idiotas”, afirmou outro crítico. Um deles o descreveu como um “homem das cavernas sangrento”.

” Vukasovic participou de caças de ‘troféus’, o que de forma alguma apoia a conservação dos animais envolvidos. Espero que a Suécia em breve se junte a outros países europeus progressistas e proíba a importação de troféus de leão e reconheça que a caça de Vukasovic não é apoiada pela maioria dos cidadãos suecos”, declarou Pieter Kat do grupo Assistência aos Leões, uma instituição de conservação de caridade.

Fonte: ANDA

Anúncios