CONTEÚDO ANDA Quarenta mil visons são libertados de fazenda de pele e ganham uma nova chance

Os visons que aguardavam seu destino trágico na fazenda de pele Lang Farms perto de Eden Valley, Minnesota (EUA), receberam uma segunda chance surpreendente

Grupo de visons

De acordo com a WCCO, ativistas pelos direitos animais libertaram cerca de 40 mil visons aprisionados no local nas regiões florestais do centro de Minnesota, informou o People pets.

O escritório do xerife do condado de Stearns disse que os ativistas desmontaram a cerca que cercava a área onde os animais eram mantidos e depois abriram todas as jaulas.

Acredita-se que entre 30 mil e 40 mil animais estejam atravessando agora o estado do Centro-Oeste após escaparem de uma morte brutal em uma indústria extremamente gananciosa e cruel.

Fonte: ANDA

***

Aqui está um magnifico exemplo, que serve para reflexão em Portugal.

Quando se quer, age-se a sério.
Não é agir-se, com manifestações de pirro.
Também é agir-se com manifestações, mas com manifestações, com várias dezenas de milhares de pessoas a manifestarem-se.

Pena é que em Portugal, não se age.
Quer-se, por exemplo o fim da tauromaquia, mas não se quer fazer-se nada a sério por isso. O fim de tauromaquia, não cairá do céu, tem de ser conseguida. E para ser conseguida é preciso agir-se a sério.

Quero ver se no momento mais decisivo de sempre, na luta contra a tauromaquia, se impedirá que os Psicopatas tauromáquicos, consigam o que querem.
Em breve, veremos se temos uma verdadeira luta contra a tauromaquia, em Portugal ou não!

Mário Amorim

Anúncios

MILHARES DE VISONS MORTOS PARA FABRICO DE CASACOS DE PELES

visons.jpg

Holocausto de animais como nós… que sofrem tanto como nós… e têm tanto direito à vida como nós…

Em nome de quê?

Porquê?

Isto faz parte da desumanidade de criaturas que querem, a toda a força, que as consideremos racionais.

Racional?

Isto?

Nunca. Em parte alguma do Universo.

E quem usa casacos fabricados com peles de animais sacrificados em nome da futilidade e do lucro, não é boa gente… nem sequer é gente primitiva, porque o povo primitivo cobria-se com as peles dos animais, que serviam para se alimentarem, porque não tinham outra alternativa.

Porém, hoje, ninguém fica nu, ou passa frio… se não tiver a pele de uma animal para se cobrir.

Existem tantas alternativas!

Porquê então sacrificar animais tão inocentes e inofensivos, para satisfazer a vaidade e a ganância de criaturas desumanas?

Como conseguem carregar o peso de tantas mortes?

Fonte: Arco de Almedina

***

Faço minhas as suas palavras, Isabel!

VITÓRIA! Golpe a la industria peletera: ¡Holanda prohíbe la cría de visones!

Golpe a la industria peletera: ¡Holanda prohíbe la cría de visones!

El martes 10 de noviembre se convierte en una fecha histórica para la lucha contra la industria peletera. El tribunal holandés anunció su decisión final sobre el recurso del Gobierno contra los criadores de visones holandeses. La Fur Free Aliance, Eurogroup for Animals y los miembros holandeses Bont voor Dieren y Dierenbescherming, celebran que tras muchas años de trabajo por fin lo han conseguido: el Gobierno se ha pronunciado a favor de los seis millones de visones que actualmente se crían en los Países Bajos.

El juez llegó a la conclusión de que el interés general pesa más que el interés económico de un grupo menor de los criadores de visón. El veredicto final significa que la industria de la piel de visón en Holanda terminará en 2024.

Holanda es el cuarto mayor productor de pieles de visón del mundo, con una producción anual de alrededor de 6 millones de visones. En 2012 el Senado holandés votó a favor de una prohibición de visón por motivos éticos. A los criadores de visones se les dio un período de transición de 12 años. En 2014 la corte holandesa revocó la prohibición de visón afirmando que la compensación ofrecida a los criadores de visones fue insuficiente. Pero la sentencia definitiva del pasado 10 de noviembre significa que la cría de visones se terminará de forma definitiva en 2024.

Fonte: ANIMANATURALIS

***

Pena que esta vitória só se efectivará em 2024. Deveria ser já. Até 2024 visons continuarão a morrer em nome da moda!