Um veterinário…

Um veterinário cumpre totalmente o código deontológico que jurou cumprir, durante os vários anos de curso universitário. Isto quer dizer, que um veterinário trata bem outros seres sensíveis. Isto quer dizer que um veterinário é pelo bem-estar de outros seres sensíveis, pela vida de outros seres sensíveis, e não pela dor, pelo sofrimento, pela morte de outros seres sensíveis. Um veterinário que cumpre totalmente o código deontológico, não cria outros seres sensíveis, e depois, quando eles têm quatro anos de idade, manda-os para uma praça de touros, a fim de ele sentir dor, de sofrer, e de morrer, para gáudio, de uma cada vez mais reduzida minoria de gente completamente insensível. Um veterinário que age desta forma, não é um veterinário, é um monstro.
E o pior, é que a Ordem dos Médicos Veterinários, tem perfeito conhecimento, que em Portugal, existem monstros, que se apelidam de veterinários, e que são ao mesmo tempo são ganadeiros. Posso citar o nome do Joaquim Grave. Mas existem outros monstros em Portugal, para além do monstro Joaquim Grave. E o que faz a Ordem dos Médicos Veterinários? – A Ordem dos Médicos Veterinários, por interesses, que não são os interesses do touro e do cavalo, assobia para o lado. Não faz rigorosamente nada. Permite que esses monstros, continuem a agir da forma como agem, quando a acção deles, é uma acção criminosa, é uma acção, totalmente ilegal, à luz do código deontológico que juraram cumprir.

É uma vergonha, que esta situação o ocorra em Portugal, sem que, quem pode pôr-lhe um fim, não faça absolutamente nada, para acabar com esta acção criminosa, com esta ilegalidade!

Mário Amorim

Anúncios

Ou prove cientifica e eticamente, ou calasse para sempre!

Ou prove cientifica e eticamente, ou calasse para sempre!

O desafio que há muito pouco tempo tinha feito a este Falso Veterinário para que prove cientifica e eticamente, na televisão, todos os disparates que diz, mantém-se de pé.

Ou prove Cientifica e Eticamente todos os disparates que diz, e dessa maneira, prove também que é efectivamente Veterinário, ou calasse para sempre, provando dessa maneira, que ocorre numa ilegalidade, ao se apelidar daquilo que não é, Veterinário!

Mário Amorim