UM VETERINÁRIO A SÉRIO…

Resultado de imagem para joaquim grave

Um veterinário a sério, sabe que tem um código deontológico para cumprir. Sabe que gostar de uma prática bárbara, como a tauromaquia. E criar touros, para depois os mandar para uma praça de touros, onde vai ser torturado, física e psicologicamente, e onde vai ser morto, é ir completamente contra o código deontológico, que jurou cumprir.

Este senhor, que se apelida de veterinário, ao fazê-lo, está a ter uma atitude ilegal, uma vez que faz orelhas moucas, ao código deontológico veterinário.

E a ordem dos veterinários, nada faz para correr com este senhor da ordem e proibi-lo de exercer uma actividade, que respeita os animais não-humanos, e não age, como este senhor age.

Volto a dizer; que este senhor, não é veterinário coisa nenhuma!

E as televisões, quando promovem um programa de televisão sobre a tauromaquia, convidam este suposto veterinário, apelidando-o de veterinário.
Depois, quando ele afirma que o touro não sofre, que o touro gosta de ser toureado, que o touro, com o fim da tauromaquia, vai extinguir-se, o moderador do programa, e mais ninguém presente no programa, lhe pergunta; onde estão as provas, cientificamente provadas, que tenham sido confirmadas e aceites pela comunidade cientifica, e depois, que tenham sido publicadas numa prestigiada revista cientifica, que confirmem estas afirmações?
E ao verificar a acção ilegal dele, na televisão, a Ordem dos veterinários, nada faz para o travar de vez.
A Ordem dos veterinários, vê o senhor Joaquim Grava a fazer-se passar por veterinário, na televisão, em directo, e nada faz!

Senhor Joaquim Grave, tenha juízo, que já tem idade para isso!

Mário Amorim

Anúncios