«MINISTÉRIO PÚBLICO ABRE INQUÉRITO A “TOUROS DE FOGO” NAS FESTAS DE BENAVENTE»

«Autarquia lamenta o sucedido e diz que o animal não ficou ferido. Bloco de Esquerda e PAN exigem esclarecimentos.»

A autarquia de Benavente justifica a barbárie dizendo que o touro não ficou ferido?

Dizer isso demonstra uma ignorância crassa. Apetece-me dizer, porque isto tira-me do sério, que se ateassem fogo às HASTES (e estou a ser educada usando um vocábulo civilizado) dos autarcas que disseram esta barbaridade, eles também não ficariam feridos, muito pelo contrário, até agradeciam, porque ter as HASTES a arder é divertidíssimo!!!!

Tenham paciência, que sejam parvos, nada contra, mas não queiram fazer os outros de parvos.

E atenção! As “picarias” também se realizaram, e também são ILEGAIS.

image.jpg
Foto: Facebook IRA

«O Ministério Público abriu um inquérito crime sobre os “touros de fogo“, actividade que se realizou nos dias 22 e 23 durante a Festa da Amizade, em Benavente.

Numa resposta enviada à agência Lusa, a secção de Benavente do Departamento de Investigação e Acção Penal (DIAP) – comarca de Santarém – anuncia que foi determinada a “abertura de inquérito para efeitos de investigação da eventual prática de crime relacionada com a actividade “touros de fogo“.

Na investigação, o Ministério Público é coadjuvado pela GNR.

BE e PAN exigem esclarecimentos

O Bloco de Esquerda (BE) questionou o Governo sobre os “touros de fogo” nas festas de Benavente, uma prática “evidentemente ilícita e alvo de justa indignação”.

O BE quer saber, através do Ministério da Agricultura, Florestas e Desenvolvimento Rural, se estavam presentes forças policiais no evento, se tentaram impedir o acto ilícito e que medidas estão as entidades competentes a desenvolver para identificar os responsáveis pelo acto e para a sua responsabilização.

O PAN – Partido dos Animais e Natureza dos Animais e da Natureza já questionou a ministra da Administração Interna sobre o sucedido nas festas de Benavente.

“Apesar das várias interpelações do partido e de outras entidades aos órgãos de polícia criminal, estes alegadamente estiveram presentes no local das festividades e nada fizeram para impedir a tentativa ou consumação desta prática ilícita e atentatória do bem-estar e da integridade física do animal”, pode ler-se na página no Facebook do partido.

Um grupo de populares colocou fogo nos chifres de um touro, na madrugada do último sábado, denunciou o PAN e vários populares nas redes sociais, vendo-se imagens do animal com os chifres em chamas.

Autarquia lamenta o sucedido e diz que o touro não ficou ferido

A actividade “touros de fogo” consta do programa da Festa da Amizade, na página na Internet da autarquia, mas o presidente da Câmara disse à agência Lusa que foi retirada depois de um parecer desfavorável da Direcção-Geral de Veterinária.

Carlos Coutinho explica que a actividade havia sido colocada no programa sem conhecimento prévio do município, que apoia a festa organizada pelas comissões da Sardinha Assada e da Picaria, tendo quinta-feira sido decidido cancelá-la, depois de ser reconhecido que esta não é uma tradição do concelho e de ser recebido o parecer da Direcção-Geral de Veterinária, pedido pelos organizadores.

O autarca argumenta que o incidente ocorrido na madrugada de sábado, durante a festa que decorreu no final da semana na vila, não se enquadra no chamado “touros de fogo” que se pratica em Espanha, em que são colocados nos cornos do touro panos embebidos num líquido inflamável posto a arder enquanto o animal corre num espaço aberto, provocando queimaduras e ferimentos.

“O que aconteceu não foi ’touros de fogo’. Algumas pessoas decidiram colocar uma pequena estrutura em ferro acoplada aos cornos de um touro, onde colocaram pequenos foguetes usados nos bolos de aniversário que arderam durante 30 ou 40 segundos. Não provocou qualquer ferimento no animal, ao contrário do que sucede em Espanha”, disse Carlos Coutinho, que lamentou o sucedido.»

Fonte:

http://rr.sapo.pt/noticia/87282/ministerio_publico_abre_inquerito_a_touros_de_fogo_nas_festas_de_benavente

***

 Senhor Carlos Coutinho, mais valia ter ficado CALADO.

Justificar um crime deste modo tão básico, não lembraria nem ao mais analfabeto cidadão de Benavente.

Sabemos que estamos em ano de eleições autárquicas, mas isso não deve servir para o “vale tudo” com o objectivo de angariar votos de um povo muito dado à selvajaria tauromáquica, que permanece inculto, graças ao apoio da autarquia.

Além disso, ainda há o crime das “picarias” que se realizaram, apesar de serem uma actividade também ilícita.

Mas aqui nem sequer está em causa a ilicitude da barbárie. Está em causa acções próprias de um povo primitivo e encruado, desadequadas ao século XXI da era cristã.

Benavente está no rol das localidades mais atrasadas civilizacionalmente.

Uma autêntica vergonha!

Anúncios

ONTEM, BENAVENTE FOI PALCO DE UMA SÉRIE DE CRIMES EM CADEIA NUMA SÓ NOITE

(Ao cuidado da PROCURADORIA-GERAL DA REPÚBLICA e do GOVERNO PORTUGUÊS que permite que as leis não sejam cumpridas em Portugal e que as autoridades não sejam punidas por esse incumprimento).

 

Ontem foi anunciado que os ilegais touros de fogo”, previstos para a hipócrita “festa da falsa amizade”, no lugarejo de Benavente, distrito de Santarém, onde ainda se vive na Idade da Pedra Lascada, haviam sido cancelados OFICIALMENTE, confirmação a partir do Comandante do Destacamento de Coruche da GNR, passada através do oficial de serviço do Comando Territorial de Santarém da GNR, de acordo com a ONG Animal.

Eu, previdentemente, não deitei foguetes antes do tempo, porque em terra de doidos tudo é possível.

E na realidade, o que não devia ter acontecido, aconteceu: os “touros de fogo” saíram à rua, ILEGALMENTE, e as autoridades locais nada fizeram para o impedir.

Ver o vídeo aqui:

https://www.facebook.com/intervencaoeresgateanimal/videos/467351183605409/?hc_location=ufi

O PAN, na sua página do Facebook, informou que iriam agir em conformidade, contudo, a conformidade, neste caso, seria meter as autoridades na cadeia, por não terem feito cumprir a lei. Era o que fariam comigo, se eu não cumprisse o meu dever como cidadã. Certo?

Isto é uma vergonha para a Nação Portuguesa.

Vou enviar o vergonhoso cartaz da horrorosa “festa ” da falsa AMIZADE de Benavente para os operadores turísticos estrangeiros. É que andam por aí a vender um Portugal bonito que existe, sim, mas também existe este outro, feio e podre, que tem de ser denunciado ao mundo, para que se saiba que em Portugal, em determinadas localidades, ainda se vive como na pré-história, do período da Pedra Lascada, e existe uma espécie de homo que está ao nível da mais primitiva bactéria, apenas porque as autoridades portuguesas assim o permitem.

O inconcebível aconteceu: a notícia diz que o evento dos “touros de fogo” foi CANCELADO, mas CANCELADO na linguagem das autoridades significa LUZ VERDE.

A barbárie dos “touros de fogo” CONSUMOU-SE, naquele lugarejo habitado por atrasados mentais, sádicos e psicopatas e por autoridades que não têm autoridade para fazerem cumprir a Lei.

O evento ILEGAL realizou-se, e nenhuma autoridade se atreveu a IMPEDI-LO. Porquê? É a pergunta.

Vivemos num tempo bárbaro, apesar de estarmos no terceiro milénio da era cristã. E Portugal e os Portugueses não merecem isto.

Pois agora é hora de denunciar essas autoridades a uma autoridade maior, se é que a há, neste nosso pobre país, entregue a bárbaros.

Sinto a maior vergonha por viver num país onde práticas bárbaras e cruéis fazem parte do “divertimento” de um povo abestalhado, apoiado por governantes irresponsáveis.

E amanhã, dia de São João, dizem que há mais: há as PICARIAS, também ilegais.

Ficamos a aguardar por mais este atrevimento.

Serão capazes de repetir o mesmo ERRO duas vezes seguidas?

19366268_142650249621933_5486738452928419430_n.jpg

(Origem da imagem:

https://www.facebook.com/photo.php?fbid=142650249621933&set=p.142650249621933&type=3&theater

O Pedro Calçada publicou um vídeo, e cobardemente retirou-o. Ficou apenas esta prova. Afinal isto não é uma festa.  É um crime…??? Se fosse festa não teria sido retirado.

https://www.facebook.com/pedro.calcada.50/videos/pcb.1561930280505701/1561926437172752/?type=3&theater

Isabel A. Ferreira

Fonte: Arco de Almedina

***

Isabel, este Psicopata, chamado Pedro Calçada, ao retirar o vídeo (segundo a sua informação), apenas mostrou, uma das características dos Psicopatas, a cobardia.

E de um cobarde, de um Psicopata tauromáquico, como é o caso deste Pedro Calçada, não se podia esperar outra atitude. Pois é própria deles!

Mário Amorim

Vitória!

Confirmação final recebida a partir do Comandante do Destacamento de Coruche da GNR, passada através do oficial de serviço do Comando Territorial de Santarém da GNR:

Não está autorizada a prática que denunciámos como ilícita, conhecida como “touros de fogo”.

Ainda assim, e expressando preocupação pela vontade que alguns populares estão a demonstrar em levar a cabo a dita actividade, pedimos aos militares uma maior vigilância nesse sentido.

Obrigada uma vez mais por toda a vossa mobilização. Desde ontem que recebemos largos milhares de CC’s na nossa caixa de e-mail.

Pela nossa parte, continuaremos o trabalho de sempre#EmDefesadosDireitosdeTodososAnimais

ANIMAL

Via: Marinhenses Anti-touradas

Horror at Spanish festival where live animals are set on fire: Protesters clash with police in bid to stop cruel tradition

Vou postar este artigo aqui no meu blog. Mas não vou dizer nada. O artigo e as suas imagens falam por si!

***

  • The Joy of the Bull – or Toro de Jubilo – is one of the ‘cultural’ highlights of Medinaceli village, northeast of Madrid
  •  Every year a young bull is dragged into a ring before its body is covered with mud to protect it from burns
  •  Participants then strap wooden stakes doused in flammable chemicals to its horns, and set it on fire
  •  Fiercely hot sparks and embers drip from the burning torches onto the animal as men torment it to prove bravery

From Hell: Writhing and snorting in a demonic rage, a burning bull charges from the darkness as if sent from the depths of Hell

From Hell: Writhing and snorting in a demonic rage, a burning bull charges from the darkness as if sent from the depths of Hell

Entertainment: This is not some apocalyptic vision of medieval folklore, but the Spanish festival where live bulls are set on fire and sent to charge about a village's streets for entertainment

Entertainment: This is not some apocalyptic vision of medieval folklore, but the Spanish festival where live bulls are set on fire and sent to charge about a village’s streets for entertainment

Disturbing: New images have emerged of this annual Spanish bull burning festival which animal rights campaigners are demanding be banned
Disturbing: New images have emerged of this annual Spanish bull burning festival which animal rights campaigners are demanding be banned
'Cultural': The Joy of the Bull - or Toro Jubilo festival - is one of the 'cultural' highlights of the entertainment calendar for residents in the Medieval village of Medinaceli, in the province of Soria, north east of Madrid

‘Cultural’: The Joy of the Bull – or Toro Jubilo festival – is one of the ‘cultural’ highlights of the entertainment calendar for residents in the Medieval village of Medinaceli, in the province of Soria, north east of Madrid

The Joy of the Bull – or Toro Jubilo festival – is one of the ‘cultural’ highlights of the entertainment calendar for residents in the Medieval village of Medinaceli, in the province of Soria, north east of Madrid.

Fonte: http://www.dailymail.co.uk/news/article-2837537/Horror-live-animals-set-fire-Spanish-festival-Protesters-clash-police-bid-stop-cruel-tradition.html#ixzz3WC1b2uSz

 

Firma nuestra Petición

https://i1.wp.com/www.spainispain.org/theme/Spainispain/img/mss_1.jpg

El “Toro de Jubilo” es el toro de fuego más famoso de Medinaceli (Soria, Castilla y León) y de España. Para el espectáculo de este año, “Islero”, un joven toro de Zaragoza, será golpeado, atado, e instalarán en sus cuernos un armazón con antorchas ardiendo. Islero será acosado, rodeado de hogueras, e intentará escapar horrorizado, retorciéndose por el calor de las llamas y las quemaduras.

Assinar esta petição aquihttp://www.spainispain.org/

 

Petição contra o touro de fogo em Espanha(Castilla e León)

Partido Animalista PACMA

“I call on politicians in Castilla y León, Spain, to stop the terrible ‘celebration’ known as Fire Bull Fiesta, or ‘Toro Jubilo’, in Medinaceli, (Soria), where a bull tied to a post with ropes has flaming torches attached to its horns.”

“This brutal spectacle can last up to 40 minutes for the `entertainment´ of the people in the town square. As the terrified animal tries to escape, with its head literally on fire, he is further tormented by spectators exploding fire-crackers near him.”

Assinar esta petição aqui: http://burningbulls.org/en/ (Clicar em Sign the petition)