Estados Unidos Tigresa morre em tentativa de acasalamento forçado em zoológico

Baha, que morreu ao ser forçada a se acasalar. Foto: CNN
Baha, que morreu ao ser forçada a se acasalar.

foi enviado para Sacramento em Dezembro do Memphis Zoo para se acasalar com a fêmea Baha. “Mohan tornou-se agressivo com Baha durante a apresentação dos dois”, disse o zoológico em um comunicado.

O fato marcou o primeiro encontro físico entre os tigres de Sumatra. O zoológico vinha monitorando o comportamento dos animais diariamente desde dezembro. Baha e Mohan engajaram-se em contato visual mas, segundo a reportagem, “não pelas razões esperadas”.

Os funcionários do zoológico afirmaram sentir que eles estavam prontos para se encontrar, mas Mohan ficou muito agressivo logo que entrou no recinto de Baha. O zoológico rapidamente tentou separar os dois.

“Assim que a equipe foi capaz de levar o macho para um local seguro, veterinários correram para cuidar de Baha, porém infelizmente ela já tinha falecido”, disse o zoológico.

O Sacramento Zoo declarou que tem alojado e introduzido tigres em suas instalações desde os anos 60. Baha vivia no local desde 2002. Ela sobrevivera a cinco gestações provocadas por acasalamentos induzidos anteriores. Mohan também foi envolvido em reproduções que resultaram em ninhadas.

Nota da redação: Baha e Mohan são vítimas de uma indústria que cria e procria animais em cativeiro com o propósito de lucrar e entreter humanos. É um meio em que os animais são vistos como objetos e máquinas reprodutoras, e não como seres cheios de vida e com as suas próprias vontades e necessidades. Certamente o ataque de Mohan a Baha foi resultado da angústia e do estresse do confinamento.

Fonte: ANDA

Anúncios