Companheirismo Pit bull entra como dama de honra em casamento levando alianças no Piauí

Pit bull teve um 'dia de princesa' para entrar bem calma na cerimônia (Foto: Tibério Helio)
Pit bull teve um ‘dia de princesa’ para entrar bem calma na cerimônia

Uma cena inusitada chamou a atenção dos convidados de um casamento realizado em Teresina. A tradicional entrada das alianças com uma dama de honra foi feita por um cão da raça pit bull. A cadela, chamada de Overdose, é o xodó do casal Marcus Vinicius, 26 anos e Amanda Nery, 24 anos, que selaram a união em cerimônia realizada em um sítio.

Juntos há sete anos, o jovem casal adotou a cadela ainda no primeiro mês de namoro, razão de escolher Overdose para entrar com as alianças. Antes do casamento, ela teve um “dia de princesa” para gastar toda energia e entrar bem calma como dama de honra.

“Ela (cadela) é bem dócil e nossa intenção era desmistificar a ideia de que cachorros da raça pit bull são violentos e não podem participar de um momento como este”, falou Amanda.

“Nosso estilo é bem alternativo, então sempre tivemos a certeza de que nosso casamento fugiria do tradicional. O tio da minha esposa, o senhor Osmir Pierot, nos ajudou demais a tirar esse medo da família e abraçarem a ideia”, lembra Marcus Vinicius.

Overdose entrou na cerimônia ao som da musica Lucky, do Jason Mraz, junto com o sobrinho do noivo, o pequeno Edson Neto, que também é apaixonado pelos animais. As alianças estavam em uma espécie de pacotinho preso à coleira. “A juíza que celebrou nossa união achou a idéia muito romântica e todos os convidados ficaram muito emocionados quando ela entrou”, recorda Amanda Nery.

Paixão por cães

Além do amor que um tem pelo outro, eles não escondem a paixão que têm por cães. Overdose convive com mais quatro cachorros das raças American Bullies e Dogue Alemão.

“Começamos a ajudar uma instituição que resgata animais abandonados e o nosso número de cachorros foi aumentando. Eu sempre gostei de animais, mas nunca pensei em ter mais de um. Quando me dei conta já tínhamos os cinco cachorro”, contou Amanda Nery.

Para Marcus Vinicius, a participação dos cinco cachorros era fundamental no casamento. Meses antes da cerimônia, o casal fez questão de levar os animais para o ensaio fotográfico pré-casamento.

“Eu sempre tive cães em casa desde criança, então eles sempre fizeram parte da minha família. Nunca passou pela minha cabeça excluir meus cães do meu casamento, pois se aquela é uma celebração de família, então não faria sentido algum eu não levar pelo menos um deles, e ainda por cima fazendo o papel de dama de honra”, falou Vinicíus.

O casal pretende criar os futuros filhos convivendo em perfeita harmonia com os cinco cachorros. “Eu gosto muito de estudar psicologia canina, então tento criar os meus cães da forma mais sociável possível. Quando nós tivermos filhos, eles serão criados de forma que vejam que os cães são nossos companheiros para todas as horas e que devemos zelar por eles.

Serão grandes parceiros! Assim como sempre mostrei para os meus sobrinhos essa parceria, também vou mostrar para os meus filhos” enfatizou o jovem.

Cães fizeram parte do ensaio fotográfico pré-casamento (Foto: Tibério Helio)
Cães fizeram parte do ensaio fotográfico pré-casamento

Fonte: ANDA

Anúncios