DE QUE TIPO DE PESSOAS FALAMOS?

De que tipo de pessoas falamos, quando falamos dos Psicopatas tauromáquicos?

Antes de mais; na pessoa que é cruel para com o touro, e para com o cavalo, na arena de uma praça de touros, está um Sociopata, um Psicopata.
E na bancada de uma praça de touros, por assistirem e nada fazerem para protecção do touro e do cavalo, por estarem a ser coniventes para com os Psicopatas, os Sociopatas da arena, eles eles próprios tornam-se Psicopatas.

Depois, quando falamos de Tauromaquia, estamos a fala de um mundo Mafioso.
Um mundo perigoso.

Em todas as pessoas que praticam e gostam de tauromaquia, está uma pessoa que tem uma vibração altamente negativa.
Em cada uma delas, está uma pessoa com um péssimo coração.
Pois uma pessoa que tem, de facto, um bom coração, não admite a crueldade tauromáquica, e nunca, já mais, vai assistir a tão vil espectáculo.

Quem tem, de facto um bom coração, antes de ser cruel para com outro ser sensível, ou de querer assistir a um espectáculo que é cruel para com outros seres sensíveis, pára por um momento e pergunta para si mesmo/a; e se fosse comigo. Será que iria gostar? -Ou seja; coloca-se por momentos, no lugar desse ser sensível, ou desses seres sensíveis!
Mas este exercício, eles não fazem. E não fazem, porque no coração deles, há algo que não existe, a empatia.

DE QUE TIPO DE PESSOAS FALAMOS?

Falamos de pessoas de má índole.
Falamos de pessoas sem outros valores, como a bondade, e a compaixão.

O mundo tauromáquico, é então, um mundo altamente negativo. Negativo para com o touro e para com o cavalo. Negativo, para com crianças e jovens.
Este é um mundo; que não traz rigorosamente nada de bom, para Portugal e para a sociedade portuguesa, em virtude de ser um mundo que apenas espalha a violência, espalha a Psicopatia, a Sociopatia!

Mário Amorim

GOSTAR DE TAUROMAQUIA, NÃO É UM DIREITO E NEM UMA LIBERDADE!!!

Estou convencido de que aquilo que vou dizer neste curto texto, vai dar que falar.
Por ventura; os Psicopatas tauromáquicos, vão vociferar ainda mais ódio contra mim. Mas não faz mal. Tenho de o escrever!

Bom.
Vamos lá então!

Existe direito de se gostar de tauromaquia? -NÃO. Não há esse direito!
Existe liberdade de ir as touradas? -NÃO. Não há essa liberdade.

A partir do momento que o nosso pretenso direito, a nossa pretensa liberdade, colidem com o bem-estar, a felicidade, e a vida, de outros seres sensíveis, deixamos de ter esse direito, deixamos de ter essa liberdade.

Na tauromaquia, o direito, está inteiramente do lado, do touro e do cavalo, de não serem física e psicologicamente torturados, para que os Psicopatas tauromáquicos se possam divertir!

Na tauromaquia, apenas o touro e o cavalo têm liberdade. A liberdade de nascerem, viverem e morrerem, no campo, na Natureza, em paz e sossego!

POR TANTO. GOSTAR DE TAUROMAQUIA, NÃO É UM DIREITO E NEM UMA LIBERDADE PARA OS PSICOPATAS TAUROMÁQUICOS!!!

Mário Amorim

ELES QUEREM

Eles querem ver o touro a sofrer. Querem vê-lo cheio de sangue, cravado de bandarilhes. Querem ver o touro, mais morto do que vivo.
Ou seja; querem ver o massacre do touro. E quanto mais o massacre for maior, mais eles gostam.
E por aqui se vê a mentalidade deles. Quanto maior for a violência que presenciam, mais violência eles querem presenciar.

A tauromaquia, é pois o culto da barbárie.
O culto de indiferença.
O culto de sociopatia.
O culto da psicopatia.

A tauromaquia, é uma prática, em que a ausência de empatia é total!

Mário Amorim

A BRUTALIDADE. A INSENSIBILIDADE DA TAUROMAQUIA!

Antes de mais, repare-se nesta imagem!


Que nome é que isto tem?

E chamam isto de “cultura”!
Pela mesma ordem, o massacre de golfinhos e baleias em Taiji. O massacre de focas no Canadá. O massacre de golfinhos e de baleias nas Ilhas Fiji, é cultura. E já agora; as guerras também são cultura!

Eles procuram insultar a nossa inteligência.
Pensam que somos parvos.

Jamais a maldade, como se se vê na imagem de cima será cultura.

A cultura. A verdadeira cultura alimenta-se do bem, não do mal.
A cultura. A verdadeira cultura, não atenta contra o bem-estar, físico e psicológico de outros seres sensíveis.

A cultura. A verdadeira cultura propaga a alegria, a felicidade, a bondade, a compaixão e o altruísmo. Não propaga a brutalidade, a dor, o sofrimento, e insensibilidade!

Mário Amorim

O QUE É “GOSTAR” DE TAUROMAQUIA

Resultado de imagem para people light

“Gostar” de Tauromaquia, não é um “gosto”, não é uma “liberdade”.
É um prazer sádico.
É algo que não fica absolutamente nada bem a quem afirma “gostar”.
Quem diz que “gosta” desta prática sádica, prejudica-se gravemente. Mesmo que não acredite nisso, é isso que acontece. A energia não mente.
A energia que temos, é a que vamos propagar ao nosso redor e para toda a Gaia. Já afirmei isto anteriormente e volto a faze-lo.

Quem se alia ao lado negro, que é o lado tauromáquico, alia-se ao lado errado.
Mas que não se alia ao lado negro, que é o lado tauromáquico, alia-se ao lado da vida. E ao aliar-se ao lado da vida, alia-se ao lado certo, o lado da Luz!

Mário Amorim

O QUE NÓS SOMOS

Resultado de imagem para seres espirituais vivendo uma experiencia humana

Nunca, como agora, esta verdade, é verdade.
Nós somos seres espirituais, e viver uma experiência humana. E não seres humanos a viver uma experiência espiritual.
A maioria dos seres humanos, encarnaram, neste agora, para participar do momento maravilhoso que Gaia vive. Encarnaram neste agora, para viver uma experiência espiritual, em prol de Gaia.
Mas existem aqueles seres humanos, que se recusam a perceber isto. E enveredam por práticas, como a Tauromaquia, que não os enobrece em nada. Antes pelo contrário. Só os destrói. Só os faz afastarem-se dos acordos que fizeram, antes de encarnar. Só os faz afastarem-se de Gaia, e do que deveriam estar a fazer, em prol da casa comum, em que todos vivemos.
E estas pessoas, ou mudam de atitude, se afastando completamente da prática tauromáquica, ou não poderão fazer parte da Nova Terra.
Repito. Nós somos seres espirituais, e viver uma experiência humana. E não seres humanos a viver uma experiência espiritual.
A ti, que gostas de Tauromaquia, que praticas Tauromaquia, pergunto-te: queres viver na Nova Terra. Queres ser parte da mudança. Queres ajudar Gaia, a ser um planeta livre? -Então muda. Muda já. Afasta-te completamente da violência Tauromáquica. Sê um ser espiritual a viver uma experiência humana. A Tauromaquia, vai totalmente contra isso!!!

Mário Amorim

VAMOS DEBATER

Vamos debater!

No mundo da Tauromaquia, não existe empatia.
Não existe bondade.
Não existem sentimentos superiores da piedade.
A compaixão e o altruísmo, não fazem parte do mafioso mundo tauromáquico.
Depois não gostam que lhes diremos que são psicopatas.
Dizem que estamos a julga-los, a insulta-los.
Mas, nem uma coisa e nem outra.
Aos olhos da ciência. Da ciência provada e comprovada, quem maltrata animais não-humanos é Psicopata. A psiquiatria forense afirma isto, sem margem para duvidas. O FBI igualmente.

Para o execrável mundo tauromáquico, o que interessa é a “diversão” ao observar a crueldade para com o touro e para com o cavalo. O encher as contas bancárias de algumas famílias, em primeiro lugar com os subsídios do Estado que a Tauromaquia recebe.
Dizem eles que a Tauromaquia, não é financiada. Mas também aqui, não provam e comprovam. É financiada com 16 milhões de € anuais. E é graças a todos estes milhões que a tauromaquia ainda existe Portugal.

Já sobre a assistência.
Essa diminui, ano após ano.
Cada vez mais pessoas, que antes gostam da crueldade tauromáquica, se afastam deste hediondo mundo, passando a lutar contra ele.
Cada vez mais pessoas que antes gostavam de tauromaquia, entendem que, se querem tornar-se bons seres humanos. Seres humanos empáticos, bondosos, compassivos e altruístas, não podem continuar a contribuir para o mundo tauromáquico e se afastam dele!

Mário Amorim