CARTA DE RUI SILVA

Exmos Srs. Deputados,

Tomei conhecimento da reunião que a ATTP – Associação de Tertúlias Tauromáquicas de Portugal teve com o V/Grupo Parlamentar e gostaria de dar a conhecer a minha posição, enquanto vosso eleitor, relativamente a este tema. Relembrando que está marcada a discussão do Projecto de Lei pala abolição da tauromaquia, proposto pelo PAN, no próximo dia 6 de Julho de 2018, gostaria de salientar desde já que o meu voto depende das decisões que irão ser tomadas.

À parte de considerar inacreditável que, em pleno século XXI, esteja em discussão um projeto de lei que pede o fim da tortura de um animal numa praça pública, mais inconcebível se torna o facto de ser permitida a entrada e participação de menores nesta actividade. A posição da ONU em relação à exposição/participação de crianças em eventos tauromáquicos é muito clara e passo a citá-la:

“In order to prevent the harmful effects of bullfighting on children, the Committee recommends that the State party prohibit the participation of children under 18 years of age as bullfighters and as spectators in bullfighting events.”

Acrescentando o escabroso apoio na forma de subsídios da ordem dos 16 a 20 milhões de euros anuais, numa actividade que está em franco declínio, parece-me de carácter urgente e mandatório que votem a favor do Projeto de Lei do PAN.

Saliento que, ao votarem contra, estarão directamente a legislar tanto contra as recomendações da ONU relativamente aos direitos das crianças (não salvaguardando a integridade moral e psicológica das crianças portuguesas), como a permitir que vastas somas de dinheiros públicos, de contribuintes como eu, continuarão a sustentar uma obsoleta e medieval prática.

Reitero que numas próximas eleições a definição do meu voto depende muito do sentido da V/votação no próximo dia 6 de Julho sobre esta matéria.

Com os melhores cumprimentos, do

Rui Silva

***

Faço minhas as palavras do Rui. Mas infelizmente, o projecto lei do PAN vai ser chumbado, no próximo dia 6.
É que PS; PSD; CDS/PP; e PCP, estão do lado do looby tauro-mafioso!

Mário Amorim

Anúncios

É PRECISO

ABOLIÇÃO

É preciso haver união em Portugal, contra a tauromaquia.
É preciso que se aja, como se fosse o touro e o cavalo a agir.
É preciso que os protagonismos desapareçam por completo.
É preciso que todas as manifestações contra a tauromaquia, sejam organizadas por um grupo de organizações, o mais extenso possível. E é preciso que portugueses, de todo o país, de norte a sul, do interior ao litoral, e ilhas, sejam chamados a protestar contra a tauromaquia.
É preciso que a luta contra a tauromaquia em Portugal, seja absolutamente exigente e intransigente em todos os aspectos.
É preciso que se exija a abolição da tauromaquia, em Portugal!

Mário Amorim

IGREJA CATÓLICA E ESTADO PORTUGUÊS IMPEDEM E A EVOLUÇÃO DE PORTUGAL

Já sabíamos, mas nunca é demais recordar… porque esta vergonha, esta nódoa negra, esta praga chamada tauromaquia já poderia estar extinta, se assim o quisessem os que se dizem representantes de Deus na Terra, e os que deveriam ser representantes do Povo Português, mas são apenas os representantes deles mesmos…

Muito terão estes representantes de prestar contas por esta ignomínia, uns a Deus, outros, à História…

27073074_1994556587470501_3095828962149814148_n.pn

No principal site da máfia tauricida, Touradas, lê-se:

A responsabilidade social da tauromaquia tem muitos séculos, estando ligada às grandes causas sociais desde a sua origem. Por exemplo, a maioria das praças de toiros em Portugal são propriedade de Misericórdias ou IPSS, a quem foram doadas as praças (…)

Responsabilidade social da tauromaquia”? Tauromaquia ligada às grandes causas sociais?????

Isto é algo que raia a demência.

Isto faz-me lembrar aquelas pessoas que cometem todos os pecados que há para cometer, e depois vão a correr muito confessar-se aos padres, pedem perdão, rezam um pai-nosso, duas ave-marias, assistem à missa, tomam a hóstia e, deste modo, aliviam a culpa. E saem da igreja prontinhos para tornarem a cometer todos os pecados, e regressarem novamente à igreja, confessarem-se, rezarem pais-nossos e ave-marias, assistirem à missa e comungarem… per omnia saecula saeculorum… E assim vão vivendo na ilusão de que podem pecar à vontade, e isto basta para entrarem no Reino do Céu.

Nada sabem de Deus, nem do Reino do Céu.

Vejamos então o que se passa:

Cinco das oito maiores Praças de Tortura do País são geridas por cinco Misericórdias, sendo que na Praça de Coruche se acrescenta a Irmandade de Nossa Senhora do Castelo e o Lar de São José. O campo pequeno é detido pela Casa Pia (Estado Português), a Praça de Setúbal pela sua Câmara Municipal, e a Praça da Moita por uma associação tauromáquica. Assim sendo, sete entidades religiosas + duas entidades públicas + uma entidade associativa.

Agora entendem por que a igreja católica portuguesa e o estado português não ouvem os apelos da Racionalidade, e continuam a patrocinar a barbárie, como se a barbárie fosse algo intrínseco à verdadeira Igreja Católica ou ao verdadeiro Estado Português!

Enquanto a igreja e o estado não tomarem consciência da própria maleficência, e estes antros de tortura não forem demolidos ou transformados em centros de Cultura Culta, Portugal continuará na senda do maior e vergonhoso atraso civilizacional.

Isabel A. Ferreira

Fonte:

https://www.facebook.com/umactivismopordia/photos/a.1822478214678340.1073741828.1822468628012632/1994556587470501/?type=3&theater&ifg=1

Fonte: Arco de Almedina

ESTA IMAGEM FALA POR SI!

20170821112612550312

Esta imagem, no Campo Pequeno, mostra o quão a tauromaquia é uma barbaridade.

Considero os Psicopatas Tauromáquicos (toureiro a cavalo, toureiro a pé, bandarilheiro, forcados, campinos), que são cruéis para com o touro e para com o cavalo, seres absolutamente desprezíveis.
São seres, sem nenhuma bondade, sem nenhuma empatia, e sem nenhuma compaixão no coração.
O coração deles, é feito de ferro. Um ferro bem duro. E por isso, valores humanos, de bons seres-humanos, não entra nele.

Os Psicopatas Tauromáquicos, são absolutamente nefastos para a sociedade portuguesa. E por essa razão, têm de ser presos, e depois internados para sempre, em hospitais psiquiátricos!

BASTA DE TAUROMAQUIA EM PORTUGAL!
BASTA DE CRUELDADE EM PORTUGAL!
BASTA DE BRUTALIDADE EM PORTUGAL!

Mário Amorim

 

OS MAIS CIVILIZACIONALMENTE ATRASADOS MUNICÍPIOS DE PORTUGAL

Estes são os números de 2016. Os de 2017 são bem menores.

Relatório da Actividade Tauromáquica 2016 https://www.igac.gov.pt/documents/20178/308118/Relatorio_Tauromaquia_ass_2016/a07d1281-743c-4e7f-8333-0d1c134a8dc5

Nota: São 69 concelhos entre 308 do total de concelhos portugueses infestados por #tauromaquia. Na maioria, 239 concelhos, a tortura das #touradas não fez parte das diversões públicas de 2016.

(E dizem que são muitos!!!!)

Fonte:

Juventude anti-tourada Portugal & Mundo

MUNICÍPIOS ATRASADOS.jpg

Não é uma vergonha ver nesta lista LISBOA, a capital de Portugal?

Uma capital que se diz europeia…? As outras terrinhas são simples localidadezinhas… terceiro-mundistas, porque a Civilização mede-se por outros alqueires que não os da existência de cafés, restaurantes, bares, discotecas, estradas alcatroadas, talhos, mercearias, padarias, farmácias, candeeiros nas ruas, escolinhas,  praças de touros, enfim… essas coisas que o povo acha que são importantes para se acharem civilizados e cultos

Mas a Cultura e Civilização são outra coisa.

Vejam aqui, o que isso é, e depois tentem encaixar nesta fefinição as localidadezinhas constantes na lista acima,  se forem capazes…

CULTURA E CIVILIZAÇÃO

http://arcodealmedina.blogs.sapo.pt/22410.html

Fonte: Arco de Almedina

A tauromaquia em Portugal, encontra-se cada vez mais moribunda!

As falsidades dos Psicopatas, Sociopatas tauromáquicos.
O não conseguirem provar as falsidades que dizem.
O cada vez maior afastamento das pessoas, à tauromaquia.
A crueldade da tauromaquia, afasta cada vez mais pessoas.
O facto de a maioria dos Psicopatas Tauromáquicos, utilizarem linguagem ordinária, ofensiva, para nós, Anti-tourada, também afasta cada vez pessoas, (que não são assim) da tauromaquia.
O facto da tauromaquia ser cada vez mais vista como uma actividade brutal, bárbara, criminosa, mafiosa, psicopata, sociopata, torna-a cada vez mais moribunda, pois cada vez mais pessoas, não querem fazer parte do mundo tauromáquico, porque fazendo parte dele, são coniventes com os psicopatas, sociopatas tauromáquicos, que realizam, promovem e praticam a tauromaquia, logo, são tão psicopatas, sociopatas, quanto eles. E cada vez mais pessoas, não querem ser olhadas desta maneira.

A realidade da tauromaquia em Portugal é esta.
E esta realidade, torna a tauromaquia em Portugal, cada vez mais moribunda.

Por muito que os Psicopatas, Sociopatas, tauromáquicos, não o aceitem, a tauromaquia em Portugal, a cada dia que passa, está mais perto da ABOLIÇÃO!

Mário Amorim

RAZÕES DA CADA VEZ MAIOR PUTREFACÇÃO DA TAUROMAQUIA, EM PORTUGAL

A tauromaquia, em Portugal, está cada vez mais putrefacta. E estas são as razões.

Os Psicopatas Tauromáquicos, não conseguem provar cientificamente, incluindo com publicação numa revista cientifica, as alegações sobre o touro.
Os Psicopatas Tauromáquicos, não são capazes de provar, com documentação, a alegação que a tauromaquia se subsidia a si própria. Não são capazes de provar, com documentação, que não recebem anualmente, milhões de € de subsídios, do Estado, da União Europeia e das Camaras Municipais.

Eles sabem, que os milhões de € de subsídios que anualmente recebem, numa questão de tempo, vão acabar. E sem eles, a tauromaquia será abolida. Pois são esses milhões de € que permitem a sua existência, em Portugal.

Os Psicopatas Tauromáquicos, não são capazes se realizar uma sondagem séria, e completamente imparcial, por todo o continente e ilhas. Pois sabem muito bem, qual seria o resultado.

As praças de touros, estão cada vez mais as moscas. E nem com entradas de borla, e com convites, elas enchem.

Cada vez mais pessoas, por não quererem ser vistas como Psicopatas, se afastam da tauromaquia, e passam a lutar contra a tauromaquia.

Cada vez mais pessoas, se recusam a ser coniventes, com os Psicopatas, os Sociopatas que torturam, física e psicologicamente o touro e o cavalo, na arena de uma praça da touros, e se afastam da tauromaquia.

Ontem, virão o seu projecto derrotado, o que aumentou, ainda mais o estado de putrefacção da tauromaquia.

O desespero dos Psicopatas Tauromáquicos é cada vez mais crescente e evidente.

Em suma. A ABOLIÇÃO da tauromaquia, em Portugal, está cada vez mais perto!

Mário Amorim