Os Pró-touradas MANIPULAM sondagens. E nós, Anti-tourada, não!

Sondagem A favor ou contra a tauromaquia

Sondagem Abolição da tauroma em Portugal, sim ou não

Nós, Anti-tourada, quando criamos ou mandamos fazer uma sondagem, a nossa primeira preocupação, é que essa sondagem não seja manipulada.
Por exemplo. No caso da sondagem que criei na semana passada, https://blogcontraatauromaquia.wordpress.com/2016/02/04/sondagem-tauromaquia-em-portugal-sim-ou-nao-resultado/, poderia tê-la passado, só pelo circulo Anti-tourada. Mas não foi isso que fiz. Passei-a aqui no meu blog, para que o maior número possível de portugueses, de Norte a Sul, do continente e das ilhas, Anti-tourada e Pró-tourada, lhe respondessem. E fosse qual fosse o resultado final, iria divulga-lo aqui no meu blog.
Já com os Pró-tourada, não é assim.
Se não vejamos. A sondagem por eles criada em 2010, foi uma sondagem completamente manipulada. E digo isto, porque na altura a analisei, de fio a pavio.
Desde logo, uma sondagem, criada ou mandada fazer numa empresa de sondagens, tem de dar possibilidade que, aleatoriamente, o maior número possível de portugueses, de Norte a Sul do continente e das ilhas lhe possam responder.
Ouvir um pequeníssimo número de portugueses, em particular em zonas que são pró-tourada, tal como foi feito em 2010, é uma forma de manipular o resultado de uma sondagem. Para além disso, foi para mim claríssimo, que antes mesmo de começar a ser realizada, a sondagem Pró-tourada de 2010, já estava a ser manipulada. Ou seja; antes mesmo de ter sido realizada, o seu resultado, e a forma de chegar a ele, já tinha sido combinado. Depois, por via disso, eles, com base numa mentira, com base numa sondagem que tinha sido completamente manipulada, eles andaram a propagar aos quatro ventos, que a maioria dos portugueses, são Pró-tourada.
Mas a sondagem que criei a semana passada, repôs claramente a verdade. A sondagem que criei a semana passada, desmentiu claramente a mentira de 2010 dos pró-tourada.
E assim se vê, como nós, Anti-tourada somos. E como os Pró-tourada são!

Mário Amorim

Anúncios