Quem agride os animais pode ser um psicopata?

A veterinária Heidi Ponge-Ferreira, leitora deste blog, postou um comentário interessante ontem. Para Heidi, que é perita em veterinária legal, os crimes contra os animais estão ligados aos crimes contra as pessoas. Segundo ela, a polícia poderia identificar pessoas propensas a atos de violência contra os outros se atentasse para as agressões aos animais. Heidi afirma que o FBI americano já estabelece essas conexões.

Diz Heidi:
Através de uma abordagem consciente e científica, pode-se caracterizar os crimes contra os animais ou contra o meio ambiente em diversos grupos e com isso alimentar ferramentas de geoprocessamento da violência humana. Além de estabelecer parâmetros de ocorrência de tipos de violência de maneira preditiva, pode-se estabelecer ações prentivas ou educativas. Maus tratos contra os animais pode ser um prenúncio de uma psicopatia, ou sinalização de abuso ou violência doméstica, implica em alguns casos em sérios riscos de saúde pública e raramente fica restrito à espécie canina.

O estudo de medicina veterinária legal ou veterinária forense (como é conhecido no exterior) desenvolveu-se muito nos últimos anos e é preciso treinar equipes especializadas como numa força-tarefa da justiça justamente para evitar equívocos, não confundir a caracterização de ocorrências. A sociedade brasileira continua alheia aos processos de aprendizagem social (e humanitária).

É por isso que ONGs defensoras dos animais estão propondo a crianção de delegacias de defesa dos bichos.

(Alexandre Mansur)

Fonte: http://colunas.revistaepoca.globo.com/planeta/2010/07/06/quem-agride-os-animais-pode-ser-um-psicopata/

Anúncios