ALGO QUE OS FILHOS DOS TAURICIDAS DEVIAM APRENDER NUM CONSERVATÓRIO PARA SEREM HOMENS A SÉRIO

Os filhos dos tauricidas, aprendem dos pais, a arte da Psicopatia, da Sociopatia, da tauromaquia.

Se os pais deles, fossem pessoas minimamente conscientes, dos males mentais que aprender a arte da psicopatia, sociopatia da tauromaquia, provoca aos seus filhos, jamais permitiriam tal monstruosidade par eles.
Mas estes pais, já têm a mente tão danificada, que não lhes permite perceber isto!

O lugar dos filhos dos tauricidas, não são as praças de touros, onde são educados, a se tornarem monstros, criminosos, assassinos, psicopatas, sociopatas. O lugar deles, é o teatro, os conservatórios de musica, o desporto!

Mário Amorim


Em vez de andarem em antros de toureio a aprender a ser monstrinhos… e a atacar com fúria desumana indefesos bezerros

Senhores Governantes, Ministro da Cultura, promovam e apoiem as Escolas de Música, ao invés de subsidiarem “escolas” de toureio, mais antros do que escolas, que transformam as crianças em carrascos, sádicos e cobardes.

As crianças, filhas dos aficionados de selvajaria tauromáquica, merecem melhor sorte do que aquela que o Estado Português lhes proporciona.

Fonte: Arco de Almedina

Anúncios

ILEGALIDADES E CRUELDADES NUMA TOURADA EM VILA FRANCA DE XIRA COM O AVAL DA IGAC E DO GOVERNO PORTUGUÊS

ATENTEM NESTA MONSTRUOSIDADE!

Isto, não lembraria nem ao diabo, nem ao mais criativo autor de filmes de TERROR.

Mas lembrou aos de Vila Franca de Xira que, para se divertirem, urdiram o mais cruel acto praticado sobre um TOURO CEGO.

A inspecção-geral das actividades “colturais” (IGAC) fez vista grossa, aliás como sempre faz, quando se trata da barbárie tauromáquica. E o governo português diz ámen

Porquê?

Teremos de procurar a resposta no estado paupérrimo da Saúde Mental em Portugal ao mais alto nível

bandarilhas-negras.jpg
Estas são as bandarilhas negras, que servem para CASTIGAR os touros. Castigar porquê? Só os psicopatas, que as utilizam, deverão saber porquê.

Este episódio negro e crudelíssimo teve lugar na tourada realizada no passado dia 5 de Outubro, em Vila Franca de Xira (onde mais poderia acontecer tal barbaridade?)

Diz a notícia que «um dos touros que foi chacinado era cego de uma vista, no entanto, o veterinário (que não seria médico-veterinário) não conseguiu descortinar tal facto e o mesmo aconteceu com a IGAC e o director da tourada». Todos mais cegos que o infeliz Touro.

Ora no Regulamento do “Espectáculo” Tauromáquico (RET, que é um monumento à estupidez do Homo Parvus) um dos motivos, logo o primeiro, para se rejeitar bovinos, numa “ocorrência” tauromáquica (porque de “espectáculo” a barbárie nada tem) é precisamente o de ter defeitos na visão.

E um dos Touros massacrados era cego.

Como se isto só por si não fosse já demasiado cruel, o infeliz touro cego, «foi bandarilhado não com um par, mas sim com dois pares de bandarilhas negras».

E o que é isto de bandarilhas negras?

«As bandarilhas negras ou bandarilhas de castigo são usadas em Espanha sendo que o arpão das mesmas é praticamente o dobro do arpão de uma bandarilha regular

E de Espanha, já veio a prática selvática da tauromaquia, mas os psicopatas portugueses são sedentos de sangue. Têm de importar as maiores crueldades que ainda se praticam em alguns (felizmente já poucos) dos mais atrasados municípios espanhóis.

O tal RET, onde está regulamentado o modo como se há-de torturar touros nas arenas, «no capítulo dedicado a ferragens leia-se instrumentos de tortura, não inclui este tipo de ferro o que significa, que as mesmas, foram usadas ilegalmente para castigar um animal que era cego de um olho

Não perguntarei para que serve a IGAC, nem o RET, porque nem um nem outro servem rigorosamente para NADA, a não ser para sugarem os nossos impostos.

O que me ocorre dizer é que não se surpreendam os bárbaros tauromáquicos, quando morre um deles,por nós, que odiamos estas crueldades, estas desumanidades, estas impiedades, não chorarmos baba e ranho por eles, mas a sua morte ser-nos completamente INDIFERENTE, e dizermos bem alto: é menos um fazer o mal neste mundo, porque monstros deste calibre não fazem a mínima falta ao mundo.

Que este pobre Touro Cego possa descansar em paz, depois dos horrores por que passou.

A minha revolta, a minha repulsa, o meu asco é infinitamente infinito

Não é este Portugal  bárbaro que  devemos deixar aos vindouros.

Fonte da imagem e deste “filme “de TERROR:

https://protouro.wordpress.com/2017/10/07/vfx-touro-cego-e-bandarilhas-negras/

Fonte: Arco de Almedina

A tauromaquia em Portugal, encontra-se cada vez mais moribunda!

As falsidades dos Psicopatas, Sociopatas tauromáquicos.
O não conseguirem provar as falsidades que dizem.
O cada vez maior afastamento das pessoas, à tauromaquia.
A crueldade da tauromaquia, afasta cada vez mais pessoas.
O facto de a maioria dos Psicopatas Tauromáquicos, utilizarem linguagem ordinária, ofensiva, para nós, Anti-tourada, também afasta cada vez pessoas, (que não são assim) da tauromaquia.
O facto da tauromaquia ser cada vez mais vista como uma actividade brutal, bárbara, criminosa, mafiosa, psicopata, sociopata, torna-a cada vez mais moribunda, pois cada vez mais pessoas, não querem fazer parte do mundo tauromáquico, porque fazendo parte dele, são coniventes com os psicopatas, sociopatas tauromáquicos, que realizam, promovem e praticam a tauromaquia, logo, são tão psicopatas, sociopatas, quanto eles. E cada vez mais pessoas, não querem ser olhadas desta maneira.

A realidade da tauromaquia em Portugal é esta.
E esta realidade, torna a tauromaquia em Portugal, cada vez mais moribunda.

Por muito que os Psicopatas, Sociopatas, tauromáquicos, não o aceitem, a tauromaquia em Portugal, a cada dia que passa, está mais perto da ABOLIÇÃO!

Mário Amorim

Porque será; em?!

Resultado de imagem para Prótoiro

Todas as vezes que nós denunciamos mais dados de apoios públicos à tauromaquia, os Psicopatas, Sociopatas da Prótoiro, não vêm a terreiro desmenti-los.
Porque será; em?!
Nós denunciamos mais dados de apoios públicos, no caso nos Açores. E estes bárbaros, não reagiram.

Estes bárbaros afirmam que a tauromaquia, em Portugal, não é financiada com dinheiros públicos.
Porém, provarem documentalmente e publicamente essa afirmação, isso não, nem pensar.
Pois, não há documentação que prove essa afirmação.
A verdade é todos os anos, são entregues para a tauromaquia em Portugal, 16.000.000 de €. Do Estado; das Câmaras Municipais, e da União Europeia. E sem todos estes milhões de €, a tauromaquia, morre em Portugal.
E por muito que os bárbaros da Prótoiro o neguem, esta é a verdade!

Mário Amorim

Fato: Crueldades com animais X Psicopatas

Crueldades com animais

Crueldades com animais são dois de três sinais de infância que caracterizam o potencial assassino serial

“Incêndios propositais e crueldades com animais são dois de três sinais de infância que caracterizam o potencial assassino serial.” – John Douglas (analista do FBI que estuda o perfil de assassinos)“Entre 135 criminosos, incluindo ladrões e estupradores, 118 admitiram que, quando eram crianças, queimaram, enforcaram ou esfaquearam animais domésticos.” – Ogonyok (1970 – Soviet anti-cruelty Magazin)

“As pessoas que maltratam animais são insensíveis, são pessoas que não possuem sentimentos superiores de piedade, e elas normalmente são conhecidas como psicopatas, como sociopatas. São pessoas perversas, e normalmente quando praticam um crime, são pessoas de difícil recuperação social.” – Guido Palomba – psiquiatra forense.

Resultados de investigação realizada entre criminosos de alta periculosidade, efetuada em prisões dos EUA, concluíram que seus crimes teriam relação com histórico de abuso familiar e crueldade com animais. A crueldade com animais é um indicador potencial de relações familiares problemáticas e futuro comportamento anti-social e agressivo.

O cientista humanitário Albert Schweitzer relata que, “quem se acostumou a desvalorizar qualquer forma de vida corre o risco de considerar que vidas humanas também não têm importância”.

Robert K. Resler, que desenvolveu perfis de assassinos em série para o FBI cita que “assassinos freqüentemente começam por matar e torturar animais”.

O garoto de 11 anos que colocou a cabeça de Maicon Rodrigues dos Santos de 6 anos num poço e depois o agrediu a pauladas no peito até a morte em Cruz Alta/RS, revelou que costumava matar gatos da mesma forma.

“Quando animais sofrem abusos, as pessoas estão em perigo. Quando as pessoas sofrem abusos, os animais estão em perigo”- Associação Internacional dos Chefes de Polícia-EUA

Fonte: gpafortaleza

A INSANIDADE MORAL DOS AFICIONADOS DE SELVAJARIA TAUROMÁQUICA

Sete traços de personalidade que adeptos de touradas e psicopatas têm em comum.

Procurei uma resposta para a minha desmedida perplexidade: por que motivo um professor universitário, um ministro, um escritor enfim…. gente que teve a oportunidade de evoluir mentalmente, não evoluiu e é aficionada de selvajaria tauromáquica?

Encontrei a resposta em estudos psiquiátricos: o indivíduo pode ter predisposição para os transtornos de personalidade, mas o problema do carácter está ligado ao ambiente em que ele vive quando criança. Os traços formam-se na infância, mas devem ser bem analisados na adolescência. Todas as “personalidades” aficionadas que conhecemos viveram a infância a ver touros (“coisas”) a serem brutalmente torturados. E aquilo para eles era tão “normal” que os tornou insanos.

BESTIALIDADE.jpg
Observe-se a bestialidade estampada na expressão daqueles que riem perante o sofrimento de um bezerro desnutrido, acossado numa arena… Isto não é coisa de anormais?

A psicopatia caracteriza-se por uma falta de consciência e transtorno de personalidade, que no caso da tauromaquia se traduz num transtorno antissocial, pois eles são indiferentes aos sentimentos alheios (humanos e não humanos) podem ter comportamentos cruéis, não obedecem a normas e obrigações (não cumprem as leis), têm baixa tolerância à frustração (por isso vingam-se nos Touros e Cavalos),e cometem facilmente actos violentos. Os que têm este tipo de transtorno violam os direitos dos outros seres vivos e não sentem remorsos pelo que fazem.

Depois há o transtorno fanático. Hitler, Mussolini e Kadafi foram os exemplos dados pelo psiquiatra forense Guido Palomba, para este tipo de transtorno. E o que são os aficionados, senão uns fanáticos por sangue, violência e crueldade? Segundo Palomba, o condutopata fanático é movido por ideias fixas (a de achar, por exemplo, que os touros não sofrem) que podem levá-lo a cometer crimes, biocídio, homicídio e até a tirar a própria vida.

Jon Ronson, um afamado jornalista e documentarista do País de Gales, no livro “The Psychopath Test” (O Teste do Psicopata) refere que «os psicopatas são diferentes dos seres humanos. Faltam-lhes coisas que fazem de nós humanos: a empatia, o remorso, a bondade…» tudo o quem não existe nos torturadores de Touros e nos que os aplaudem e apoiam.

Ainda de acordo com o psiquiatra forense Guido Palomba, os indivíduos com transtorno de personalidade têm vários defeitos básicos: são altamente egoístas; não se arrependem dos actos que cometem; têm valores morais distorcidos; gostam ou não se incomodam com o sofrimento alheio. «Aparentemente, a pessoa é normal e lúcida, mas tem uma conduta deformada», refere o psiquiatra.

Isto explica porque, por exemplo, tantos senhores (as) doutores (as) cá do nosso burgo, que se sentam nos bancos da Assembleia da República ou são professores universitários, ou pintores, ou escritores, ou fadistas… ou simplesmente marialvas são aficionados de touradas e têm um ar aparentemente normal… mas uma conduta deformada

Este problema, refere Palomba, foi descrito pela primeira vez em 1835, como insanidade moral (…) e ao longo dos anos, já foi chamado de psicopatia, sociopatia, condutopatia e transtorno de personalidade…

De acordo com a psiquiatra e psicanalista da Sociedade Brasileira de Psicanálise, Leda Beolchi Spessoto, o indivíduo pode ter predisposição para os transtornos de personalidade, mas o problema está ligado ao ambiente em que ele vive quando criança. Os traços formam-se na infância, mas devem ser bem analisados na adolescência. O que no caso dos nossos “ilustres” senhores (as) doutores (as) não aconteceu, e eles passaram à fase adulta adulterados.

Todos os “diplomados” aficionados de tauromaquia, desde escritores, pintores políticos, professores, cresceram no ambiente violento e cruel das touradas. Iam com o avô, com o pai, e para eles o touro era uma “coisa”, e de tanto ouvirem dizer que o touro era uma “coisa” e que não sofria nada, isso passou a ser uma verdade, e cresceram com valores morais distorcidos, e hoje não reconhecem essa distorção, por muito que os alertemos. O carácter deformado já está formado.

E o tratamento é difícil, pois, «quando uma pessoa tem um transtorno de personalidade, dificilmente assume o problema. E se assume, não quer pôr em cheque que está com o transtorno. E procurar ajuda profissional já é um terceiro passo», salienta a psiquiatra. Segundo ela, o tratamento da doença comportamental fica ainda mais difícil nos casos mais graves, como dos criminosos em série, os ditos serial killers.

CRUELDADE.jpg
A cara da crueldade…

Aqui ficam sete traços que psicopatas e aficionados de selvajaria tauromáquica têm em comum:

1 – Falta de empatia: os psicopatas são incapazes de sentir empatia, entender os sentimentos e experiências dos outros (humanos ou não humanos). A falta de compaixão é atávica.

2 – Egotismo: os psicopatas e os aficionados tendem a falar muito bem de si próprios, e de se exacerbarem a si próprios, como se ninguém mais existisse. Só eles. E eles.

3 – Charme superficial: uns e outros são lisonjeiros e manipuladores, têm uma predisposição para explorar os outros e uma visível falta de consciência.

4 – Falta de Remorsos: os psicopatas e aficionados mostram pouco ou nenhum remorso quando as suas acções prejudicam os outros e tendem a culpar os outros.

5 – Egoísmo: um extremado e estranho egoísmo cega os psicopatas e aficionados, não os deixando ver o mal que provocam nos outros (humanos ou não humanos).

6 – Comportamento anti-ético: os psicopatas e as pessoas de classe alta são mais propensas a ter comportamentos pouco éticos do que pessoas de classes mais baixas. As pessoas mais ricas tendem a violar a lei durante a condução, roubar, mentir durante uma negociação ou aprovar comportamentos anti-éticos, por isso, os políticos portugueses têm a crueldade e a violência contra Touros e Cavalos legisladas, e esses seres vivos excluídos do Reino Animal.

7 – Tendência para o tédio: Os psicopatas e os aficionados gostam de viver em constante perigo e emoção. Muitos deles cometem crimes ou magoam os outros (humanos e não humanos) apenas para a própria emoção, satisfação e prazer.

***

Por tudo isto é urgente que se coloque em cima da mesa a Lei da Abolição das Touradas, para que Portugal possa respirar o ar inconspurcado da evolução.

Apoiar a psicopatia é uma demonstração de insanidade moral.

Fontes:

http://saude.terra.com.br/doencas-e-tratamentos/saiba-as-caracteristicas-que-marcam-um-psicopata,c0398c3d10f27310VgnCLD100000bbcceb0aRCRD.html

http://visao.sapo.pt/sete-tracos-de-personalidade-que-ricos-e-psicopatas-tem-em-comum=f815223

Fonte: Arco de Almedina

AO CUIDADO DO PS, PSD, CDS/PP, PCP E IGREJA CATÓLICA PORTUGUESA QUE APADRINHAM A SELVAJARIA TAUROMÁQUICA

Aqui pode-se ver o nível dos Psicopatas Tauromáquicos.
Vocês não gostam que voz seja dita a verdade. Mas a realidade, é que vocês são Psicopatas, são Sociopatas.
Que tristeza.
Que linguagem.
Não vou, aqui neste meu comentário responder directamente ao que disseram para a Isabel, pois estaria a descer ao vosso nível.

O mundo tauromáquico, é na sua maioria, o que se pode ver aqui.

Como há muitos anos digo, 7 em cada 10 Psicopatas tauromáquicos, ou como antes dizia, defensores da tauromaquia, são assim.
É completamente impossível dialogar com eles. Pois começam logo com a mesma linguagem, que tiveram para a Isabel.

E só fala assim, quem não tem argumentos.
Pois quem tem argumentos, não fala assim. Antes, argumenta, com dados científicos, cientificamente provados, e com publicação numa publicação cientifica.

Que vergonha; ver o PSD; CSD/PP; PS; e PCP,  e Igreja Católica dar cobertura a esta gente.
Que vergonha, é estes partidos, e a Igreja Católica alinharem com o sujar o nome de Portugal, pelos quatro cantos do mundo, pelos Psicopatas tauromáquicos!

Mário Amorim


Em consequência desse apadrinhamento existe uma fracção da população portuguesa mergulhada na maior miséria moral, cultural, social e educacional, que envergonha Portugal por todo o mundo, em todos os continentes, por onde o meu Blog navega…

Não vou pedir desculpa pelo lixo verbal dos comentários que aqui publico, porque esse lixo verbal é tão-só o resultado da política inculta dos partidos políticos que referi, apoiada pela igreja católica portuguesa, ao protegerem uma prática tão selvática, boçal e tosca, ao ponto de destruir o imo do ser humano, transformando os aficionados em seres desumanizados.

https://i2.wp.com/c4.quickcachr.fotos.sapo.pt/i/B3a07cf3b/20634284_GbD2J.jpeg

Um pequeno preâmbulo à laia de explicação:

A tauromaquia não é algo que tenha a ver com Poesia, Arte, Literatura, Música, enfim, com a Cultura Culta à qual pertenço, por isso, quando escrevo sobre selvajaria tauromáquica, utilizo termos adequados a essa conjuntura e chamo os bois pelo nome. Não podemos, de modo algum, olhar para um monturo e nele ver um jardim paradisíaco… Podemos?

Portanto, escrevi um texto sobre a morte de um forcado (ver link)

http://arcodealmedina.blogs.sapo.pt/morreu-um-forcado-quando-torturava-um-738420

no qual chamei a atenção para a inutilidade destas mortes insanas e inglórias, fui simplesmente realista e utilizei os termos apropriados ao asselvajamento que é uma “pega”, apelando para a abolição desta coisa hedionda, cruel e imprópria de seres humanos.

Devido à falta de cultura, de discernimento, de lucidez e á boçalidade por parte dos aficionados, obviamente, estes nada entenderam do que leram (ou do que não leram) e partiram para a maior demonstração de estupidez que alguma vez eu já vi, ao ponto de me obrigarem a fazer um aditamento ao texto, advertindo que este não devia ser lido por estúpidos ou por quem sofre de iliteracia, porque não entenderiam nada.

Escusado será dizer que a advertência não foi compreendida e, meus senhores, da política e da igreja, recebi uma enxurrada de comentários, dos quais vos apresento esta amostra muito significativa e eloquente, cujo teor é praticamente igual ao de todos os outros comentários, que ficarão por publicar.

A selvajaria tauromáquica, sendo uma prática violenta e cruel, fabrica criaturas violentas e cruéis, broncas, grosseiras, do mais baixo nível moral e cultural, ordinárias, mal formadas, mentalmente deformadas, e porque não sabem Português, utilizam o aficionês, que é uma linguagem própria e exclusiva dos aficionados desta selvajaria, e caçadores, com a qual se comunicam entre eles; não sabem argumentar racionalmente, e assentam toda a sua afición na mais profunda ignorância e estupidez, uma ignorância e estupidez carimbada pelo PS, PSD, CDS/PP, PCP e igreja católica portuguesa.

Eis a espécie de portugueses que o governo português e a igreja católica portuguesa fabricam em Portugal, com o apoio que lhes dão. E que o mundo pasme, com tanta alarvice:

Cristina Ana Cryz Es seca … Vinda do inferno em corpo de humano …. Mas vai arder com o satanas…no inferno

Gosto

Responder ·

314

7/9 às 13:08 · Editado

Miguel Figueira Esta Sra. só pode ser tratada por Sra. VACA e Sra. PUTA…o que uns preservativos tinham evitado…Ninguém pode dizer estas blasfémias e esperar continuar sem as ouvir….estes anormais que vem para aqui defender esta VACA asquerosa…reles…comunas de merda que vivem à pala dos meus impostos…São uns pelintras que não tem nada para fazer além de invejar a vida de outros…xuxas, comunas e esquerda caviar devia levar com ferros quentes pelo cu acima….

Gosto

Responder ·

415

7/9 às 13:36

Luis Menezes ·

Vaca nojenta, vem ao Alentejo para saberes o que é tortura. …

Gosto

Responder ·

22

7/9 às 13:51

Manel Inez · Amigo/a de Alfredo Vieira

Ja agora e já que nao tens tomates, cria coragem e desabafa essa tua histeria fundamentalista, cara-a-cara com a familia e amigos do Pedro Primo. Isso é que era! Demente

GostoMostrar mais reações

Responder ·

1212

7/9 às 13:56

Manel Inez · Amigo/a de Alfredo Vieira

Ó Isabel, és uma ordinaria, anormal. Vai a Ponte de Lima que eles dão-te as boas vindas. Porca

Gosto Mostrar mais reações

Responder ·

33

7/9 às 13:53

Antonio Batista Olha vai te pa puta que te pario o cabra de merda ….

Gosto Mostrar mais reações

Responder · 7/9 às 13:53

Irene Jardim Do Eden Martins Isabel A. Ferreira e se fosse meu filho tinhas era os cornos partidos te juro . Podes bloquear . Ias ver onde ficava o inferno e o que era uma besta solta , seria pior que mil touros que tu defendes .

Gosto

Responder ·

11

8/9 às 16:08

Irene Jardim Do Eden Martins Isabel A. Ferreira se fosse a si não saia tão cedo a rua .

GostoMostrar mais reações

Responder ·

325

8/9 às 16:10

Nuno Ferreira Não querendo fugir ao nível de inteligência aqui postados por VExa. Isabel A. Ferreira e Maria Helena. Não sei de onde vieram, de que planeta são mas, acreditar que são do mesmo planeta que eu, ( Planeta Terra ) só vos desejo que se cruzem com a família ou amigos do forcado Pedro Primo. Vocês não só, faltaram ao respeito para com a família do mesmo, como também a todos os aficionados! Vocês as duas não gostam mais de animais do que eu, e não me parece que sejam merecedoras de respeito por parte do dito ser Humano ( o qual vocês desrespeitam ) talvez a justiça do homem chegue até vós… Não têm nada para fazer? Filhos para cuidar? Marido, não? Pois o vosso perfil é de quem, precisa mas não têm”, se não gostam de Tauromaquia simplesmente não se metam na vida alheia! Tentei abstrair “, talvez arranhar Homem! Aflição que vocês têm pelos animais” ajudem meu Deus”… Por favor alguém faça alguma coisa! Vocês não são mulheres com M e nunca vão ser… Literatura e língua portuguesa uiiii meu Deus”… Que se encontrem brevemente com alguém que vos acerte o passo. O país é pequeno e vocês merecem ❤️❤️

Paulo Graça foi fodida por um toiro e apaixonou-se tem vergonha grande puta agora baixei ao seu nivel vaca

Gosto

Ontem às 17:18

Irene Jardim Do Eden Martins Isabel A. Ferreira e se fosse meu filho tinhas era os cornos partidos te juro . Podes bloquear . Ias ver onde ficava o inferno e o que era uma besta solta , seria pior que mil touros que tu defendes .

Filomena Baptista Es mesmo uma grande puta e uma vaca como tu nem merece andar no cimo da terra estares a dizer essas coisas dos moços de forcados

Gosto

Ontem às 17:34

Tiago Mena Lei do retorno e fodida como vc disse n te esqueças ho velha

Gosto

5 h · Editado

Tiago Mena Por mim nao eu nao sou aficionado mas tamos a falar de um amigo e eu ao ver os comentarios dessa velha partiume o corçao Obs. Essa velha que nao saia a rua

Tiago Mena Nojenta velha carrancuda mete-te a frente de um toiro que nunca tenha visto um humano para veres o que ele te faz deviate nascer um pinheiro no cu burra do crl

António Potes Silva Santos Pessoas da tua laia oh velha de merda punhas a todas em auschwitz!!

Aderito Ferreira Mas eu ajudo a teres comentários, contribuo para a tua boa fama. A diferença entre uma máquina de fazer salsicha e a tua mãe é só uma, a máquina de fazer salsicha mete se a carne de porco/a e sai salsicha, no outro caso meteu se a salsicha e saiu uma porca… Primeiro estuda o toiro, aprende como vivem como são criados, depois aprende o que é tortura e tudo aquilo que falas, e depois então comenta seu ser insignificante, desumana, ordinária…. Não te desejo mal nenhum, apenas que quando chegar a tua hora que seja com um corno enfiado entre as pernas, assim ficavas feliz certamente.

Ana Paula Franco Franco Lembra-te que moras em Ovar ….tem cuidado com as palavras que publicas não vá algum touro bravo ai a Ovar dar-te algum par de marradas e coices ….

Gosto

Responder ·

112

8 h

José Paulo Cruz Bronca és tu minha vaca

Gosto

29 min

Aderito Ferreira O que tu queres é comentários ,fama , não olhas a meios para atingir teus objetivos, certamente nem sabes o que é realmente um toiro, não sabes que se terminares com as largadas o toiro bravo simplesmente deixa de existir, deixam de criar por ter pouca utilidade, desejares assim a morte a uma pessoa só prova a tua falta de mentalidade juntamente com quem te apoia, se o teu pai tivesse batido uma punheta pouparia mto dasss

Gosto

26 min

BUDA.jpg

Fonte: Arco de Almedina