( • ͜ʖ • ) Proibido testes Exploração de chimpanzés chega ao fim nos Estados Unidos

Foto: Flirck

Depois de décadas, sendo forçados a suportar dor e sofrimento em nome da ciência e do entretenimento, a esperança finalmente chegou para os grandes primatas.

Desde de 14 de setembro, todos os chimpanzés estão protegidos como “espécies ameaçadas” no Estados Unidos – trazendo um fim à era vergonhosa de exploração normalizada e abuso contra estes animais.

Segundo The Dodo, de acordo com uma decisão do Fish and Wildlife Service dos EUA, é contra a lei prejudicar, perseguir, matar ou causar prejuízo para os chimpanzés, tanto em cativeiro como em estado selvagem. A importância desta classificação é desmesurada para centenas de chimpanzés usados ​​em pesquisas biomédicas no país. Laboratórios de pesquisa tiveram a oportunidade de solicitar exceções, mas nenhum escolheu isto.

Antes desta decisão, os EUA eram o único país desenvolvido, onde os chimpanzés ainda eram explorados em testes laboratoriais, submetidos a procedimentos dolorosos e negados uma vida normal. Agora, muitos, se não todos esses animais serão levados para santuários.

Além disso, os chimpanzés mantidos em cativeiro para entretenimento ou vendidos no comércio de fauna exótica, finalmente, terão um alívio. De acordo com a decisão, agora é “ilegal a venda de chimpanzés no comércio interestadual ou o transporte comercial desses animais em todos os estados”, como observa a Humane Society. Licenças passaram a ser necessárias para qualquer pessoa que pretenda desviar-se das novas normas, mas elas só serão emitidas se beneficiar a sobrevivência da espécie.

“Esta decisão me dá esperança de que realmente começamos a entender que nossas atitudes em relação ao tratamento de nossos parentes vivos mais próximos deve mudar”, afirmou o primatologista Jane Goodall.

Fonte: ANDA

Anúncios