Como o príncipe Harry ficou desesperado com rinocerontes assassinados (com FOTOS)

O príncipe Harry, quinto na linha de sucessão ao trono britânico – atrás do seu pai, irmão e dos seus dois sobrinhos – ficou “chocado e sem palavras” depois de ver o corpo de um rinoceronte abatido por caçadores ilegais ao lado da sua cria de dois anos. Harry, que visitou hoje o Parque Nacional Kruger, na África do Sul, ouviu que os caçadores atacaram os animais com catanas.

“Isto pertence à África do Sul e foi roubado por outras pessoas. E eles serão apanhados”, garantiu Harry, apontando para a carcaça.

A descoberta deixou o príncipe britânico perturbado. Nos últimos dias, Harry partilhou os momento da sua visita em que trabalhou com os veterinários para retirar as presas de rinocerontes e elefantes, para os proteger.

Numa das fotos, publicadas pelo Instagram de Kensington Palace, Harry é visto a abraçar um elefante sedado e deitado na savana; noutra ele está cara-a-cara com um rinoceronte e, na mais surpreendente, ele assiste à forma como os especialistas retiram as presas deste último animal.

O príncipe visitou várias áreas onde foram cometidos crimes e que estava a ser investigadas pelos rangers, na esperança de recolher provas para apanhar os caçadores furtivos, avançou o Daily Mail.

O rinoceronte que levou Harry ao desespero estava morto há três dias. “Era uma carcaça de rinoceronte branco, mãe e filho, mortos há quatro dias e encontrados ontem”, explicou o general Jooste. “Provavelmente mataram a mãe primeiro. O bebé vai ter sempre com a mãe, por isso, quando ele se aproximou, mataram-no também”.

A visita de Harry a estes locais, ainda que possa chocar alguns, é importante para aumentar a notoriedade destes crimes, o que é importantíssimo para que os caçadores furtivos sejam mais facilmente apanhados, as redes desmanteladas e os compradores de marfim mudem a sua visão deste negócio obscuro – como o próprio Harry, aliás, também mudou a sua maneira de pensar perante a caça. Mas o caminho ainda é longo e difícil de percorrer.

Fonte: Greensavers

Anúncios