Liberdade de ir ás touradas?

Portugal - Barbárie

Este texto é a continuação deste texto.

Os defensores da tauromaquia, dizem que têm liberdade de ir ás touradas. E agora pergunto; onde fica a liberdade do touro e do cavalo, de não serem torturados, física e psicologicamente, para que eles se possam divertir? –É como diz o ditado; pimenta no cu dos outros, é refresco!

Como disse anteriormente; não existe liberdade quando o bem-estar, a vida de outros seres sensíveis está em causa. Ou melhor; a liberdade está completamente do lado do touro e do cavalo. A liberdade que eles têm de não serem usados para divertimento de uma cada vez mais reduzida minoria, nas praças de touros.

Os defensores da tauromaquia, que se ponham no lugar do touro. Será que gostariam que lhes espetassem bandarilhas no corpo. Será que gostariam de passar pela bárbara tortura que o touro passa, não apenas durante, mas também antes e depois de uma corrida de touros?!

Mário Amorim

 

Anúncios