O carácter Selvático e Psicopata dos defensores da tauromaquia

Nos comentários do recente artigo do Publico que postei ontem, aqui no meu blog, está o seguinte comentário:

Claudia Vantacich

“Foi dentada sim. O Peter saiu com a marca da dentada no ombro. Mas não foi o único que o mordeu. No túnel, além de pontapés no corpo e cabeça (esteve caído no chão) houve mais selvagens que o morderam. Tinha marcas de dentadas na perna direita e na zona da cintura do lado esquerdo. São selvagens.”

Fonte: Publico

***

Os defensores da tauromaquia são Selvagens, são Psicopatas. E o Peter Janssen bem sentiu no corpo a selvajaria, e psicopatia deles!

Mário Amorim

Anúncios

Há um novo vídeo do activista no Campo Pequeno (e inclui uma dentada)

Gostava imenso de poder colocar aqui o artigo completo. Mas infelizmente, por contar, também, um vídeo que não consigo colocar, aqui, teria de postar incompletamente este artigo. Mas aqui fica o link:

https://www.publico.pt/sociedade/noticia/ha-um-novo-video-do-activista-no-campo-pequeno-e-inclui-uma-dentada-1734336

Intolerância Ativista interrompe tourada e é brutalmente agredido em Lisboa, Portugal

Peter Janssen foi detido e levado pela polícia ao hospital depois de ter sido agredido por aficionados

t-1-2

A corrida de touros realizada no Campo Pequeno, em Lisboa, ficou marcada pela interrupção do ativista holandês Peter Janssen. Em tronco nu, mostrava as mensagens “Basta de tortura” e “Respect for animals”. Os aficionados responderam com insultos e, alega o grupo Vegan Strike no Facebook, com agressões. O ativista foi detido pela PSP e notificado para comparecer ao tribunal.

Segundo este grupo, o ativista passou a noite no hospital, tendo realizado vários exames, entre os quais rais-X e uma TAC. No texto publicado no Facebook, o Vegan Strike Group alega que Peter Janssen foi agredido de forma “brutal e selvagem” por um grupo de sete indivíduos. “A violência com que estes covardes cercaram o nosso colega foi terrível. Pontapés, murros e até dentadas. Não há uma zona do seu corpo que não tenha nódoas negras, arranhões ou marcas de dentes”, lê-se.

t-2-2

A agressão terá acontecido frente à polícia, diz o mesmo texto, em que também se lê que a organização tem um vídeo para denunciar os agressores.

O intendente Hugo Palma, da Direção nacional da PSP, esclarece que “a polícia tentou protegê-lo”, mas admite que até conseguir retirá-lo da praça de touros este tenha sofrido agressões, possíveis de comprovar pelas marcas que tinha no corpo.

O intendente admite que a polícia não conseguiu, até, ao momento, identificar nenhum agressor e confirma a ida ao hospital de Santa Maria, levado pela própria polícia, depois de se ter queixado de algumas dores.

t-3-1

Hugo Palma esclarece que o ativista foi detido porque o promotor do espetáculo, uma corrida de touros da Flash Vidas e Correio da Manhã, apresentou queixa. Peter Janssen foi notificado para comparecer hoje em tribunal. Tem seis meses para apresentar queixa pelas agressões que sofreu.

O exterior da praça do Campo pequeno costuma se palco de vários protestos antitouradas, no entanto, o intendente Hugo Palma não tem memória de um incidente como este.

*Esta notícia foi escrita, originalmente, em português europeu e foi mantida em seus padrões linguísticos e ortográficos, em respeito a nossos leitores.

Fonte: ANDA