98% dos escoceses são contra o uso de animais em circos

cptive

Em pesquisa recente realizada pelo governo da Escócia, a população se mostrou favorável à proibição do uso de animais em circos. As informações são do blog da ONG PETA (People for the Ethical Treatment of Animals).

As vozes solidárias dos escoceses foram ouvidas: 98% se disseram favoráveis à proibição da exploração de animais em circos. A prática arcaica de forçar animais como elefantes, tigres, zebras e outros a se apresentar em circos viajantes, confinados em jaulas e forçados a aprender “truques” para o entretenimento humano, foi repudiada pelos entrevistados em pesquisa do governo escocês.

Em suas respostas, muitos citaram as condições de vida dos animais de circo, reconhecendo que “é desrespeitoso, na sociedade atual, manter cativos animais selvagens num ambiente artificial, o qual não consegue atender às suas complexas necessidades.”

Depois desse resultado encorajador, os políticos escoceses terão de levar em conta a vasta rejeição do eleitorado escocês a essas violações flagrantes da dignidade animal e colocar em prática a decisão comunicada pelo povo na pesquisa.

Fonte: ANDA

Anúncios