Proibição de subsídios públicos a actividades tauromáquicas

Exma. Senhora Presidente da Assembleia da República,

Excelência,

De acordo com o publicado em Diário da República em 21/03/2012 abaixo transcrito – e, apenas a título de exemplo -, só no ano de 2011 o IFAP atribuiu subsídios no valor de € 9.823.004,34 às empresas e membros de famílias ligadas à tauromaquia. De acordo com a mesma fonte, os valores entre os anos de 2006 e 2010 ascenderam a 31.243.390,52 € em subsídios do IFAP. Estes são apenas exemplos que trago a V. Exa. mas que se multiplicam a cada ano que passa, independentemente do cenário de forte crise económica que o país atravessa.

É, com profunda indignação que verifico que, anualmente, muitas Câmaras Municipais do meu país oferecem subsídios para eventos tauromáquicos, quando, infelizmente, muitos dos meus concidadãos estão numa situação de desemprego, precariedade e até mesmo fome, incluindo crianças e idosos que não têm apoios sequer para as necessidades básicas. Se uma parte dos meus impostos fosse utilizada para apoiar estas pessoas carenciadas seria muito bem aplicada, mas, o que não posso aceitar é que parte do meu dinheiro seja aplicada numa actividade que apenas satisfaz uma decadente minoria do povo português, e que consiste em seviciar animais. Essa é uma actividade cruel contra a qual me oponho veementemente e para a qual não quero contribuir de forma alguma.

Assim, e enquanto contribuinte deste país, venho pedir a V. Exa. se digne diligenciar no sentido de que o Parlamento legisle pelo fim dos subsídios e apoios públicos a qualquer actividade tauromáquica.

Na crença de que V. Exa. dará a merecida atenção ao meu pedido,
Despeço-me,

Muito respeitosamente,
De V. Exa.,

Assinar aqui: http://www.peticaopublica.com/pview.aspx?pi=PT72070

***

16.000.000 de Euros de subsídios

Assinem a petição. É que se não fossem os subsídios que a tauromaquia recebe, já não existiria há muito, pois são eles que ainda aguentam a tauromaquia em Portugal.

Vamos, de uma vez por todas, com esta petição, acabar com os subsídios para a Tauromaquia, e com isso, conseguir a abolição da tauromaquia, que sem os 16.000.000 € de subsídios que recebe por ano, não sobreviverá!

Mário Amorim

Anúncios