Os pró-touradas bem que negam. Mas é de tal forma evidente que as negas dos pró-touradas para além de falsas, são ridículas

Praça de Touros - Portugal hahahahaha

A decisão tomada esta semana no Parlamento Europeu, de por fim aos subsídios para a tauromaquia, vai significar uma enorme estocada na tauromaquia, em Portugal, em Espanha e França, rumo, finalmente à sua abolição.

E o quê que assistimos esta semana, depois da decisão, no Parlamento Europeu?
-Assistimos os pró-touradas, desesperadamente a negar esses subsídios. Só que eles não têm como negar um facto, que é insofismável. E ao negar um facto que é insofismável, mostram o quão ridículos são.

É cada vez mais sabido, que quer em Portugal, quer em Espanha, a tauromaquia, não gera receitas suficientes de bilheteira, para os pró-touradas poderem afirmar que a tauromaquia se subsidia a só própria. Então, eles, não têm outra chance, que não utilizarem os subsídios que anualmente recebem da União Europeia, na tauromaquia, na criação de touros, quando todos os milhões que recebem, não são destinados à criação de touros. Ou seja; eles desviam todos os milhões de euros que recebem anualmente da União Europeia, para outros fins que não os destinados. E fazem-no, porque de outra forma, a tauromaquia morrerá. 

A notícia desta semana, foi uma notícia, que esperávamos há muitos anos.
Finalmente essa notícia chegou.

Mas vamos continuar a lutar, em Portugal, em Espanha, em França, no mundo, pela abolição total da tauromaquia.

Esta decisão do Parlamento Europeu, vai dar uma enorme ajuda, rumo à abolição da tauromaquia. Mas ainda restará um caminho a ser percorrido, rumo à abolição total da tauromaquia, e vamos percorre-lo, até enterrarmos de vez, esta prática, seja onde for.

Quanto os pró-touradas. Vamos continuar a assistir a um cada vez mais crescente desespero deles. E com isso, vamo-nos rir cada vez mais. E é tão bom rir, não é???

Mário Amorim

Anúncios

Parlamento Europeu aprova fim do financiamento às touradas

Eurodeputados consideram que as verbas da Política Agrícola Comum não devem ser utilizadas em actividades “que impliquem a morte do touro”.

O Parlamento Europeu aprovou esta quarta-feira o fim financiamento comunitário ao sector da tauromaquia.

A emenda ao Orçamento do próximo ano, apresentada pelos Verdes, define que a Política Agrícola Comum (PAC) não deve ser utilizada para injectar verbas em actividades “que impliquem a morte do touro”.

O texto acrescenta que este financiamento ao sector tauromáquico constitui “uma clara violação da convenção europeia dos animais em explorações pecuárias”.

“É uma grande vitória. Os cidadãos europeus já não querem subsidiar nada que implique a morte de animais”, afirmou ao jornal “El Pais” o eurodeputado Florent Marcellesi, do grupo parlamentar dos Verdes.

O fim do financiamento às ganadarias foi aprovado pelos eurodeputados no Parlamento Europeu, com 438 votos a favor e 199 contra, mas ainda terá de receber luz verde do Conselho Europeu.

De acordo com o eurodeputado Florent Marcellesi, as ganadarias recebem todos os anos 130 milhões de euros do orçamento comunitário.

Segundo explicam fontes europeias, as ajudas europeias não distinguem o tipo de actividade agrícola a que se destinam, apenas têm em conta a dimensão da superfície de terra utilizada.

 Fonte: Renascença

Depois de ter lido com atenção o texto deste artigo, acho que a fantástica decisão de hoje, no Parlamento Europeu, não é só referente a Espanha. A decisão hoje tomada no Parlamento Europeu, refere-se a todos os países da União Europeia. Ou seja; refere-se a Espanha, Portugal e França.
Se assim for, o Parlamento Europeu, com esta decisão deu uma enorme e decisiva machadada na tauromaquia, na Europa.
Se assim for, finalmente os muitos milhões de Europeus que não querem mais, que dinheiro seu, sirva para financiar a selvajaria tauromáquica, foram ouvidos!
Mário Amorim

 

 

PARLAMENTO EUROPEU CONTINUA NO SEU MEDIEVALISMO BACOCO – NADA DE NOVO DEBAIXO DO SOL

EUROPEAN PARLIAMENT CONTINUES IN ITS IDIOT MEDIEVALISM – NOTHING NEW UNDER THE SUN

A Europa afunda-se numa crise económica, mas para a selvajaria tauromáquica o dinheiro dos nossos impostos continuará a fluir

Europe sinks into an economic crisis, but for bullfighting our tax money will continue to flow

EUROPA I.jpg

Isto só demonstra a inferioridade mental dos deputados europeus que votaram a favor de subsidiar a tortura de seres vivos para encher os bolsos dos psicopatas e divertir os sádicos.

This just shows the mental inferiority of MEPs who voted to support the torture of living creatures to fill the pockets of psychopaths and amuse the wicked people

Os Touros e os Cavalos continuarão a sofrer

The bulls and horses will continue to suffer

EUROPA II.jpg

E a BESTA HUMANA continuará a ser a BESTA HUMANA

And the HUMAN BEAST remains the HUMAN BEAST

EUROPA III.jpg

(Photo Patrick ROUX/Le DL)

Nada de novo debaixo do Sol…

É triste, mas esta é a realidade de uma Europa envelhecida, apodrecida…

Nothing new under the sun…

It’s sad, but this is the reality of an old and putrid Europe…

SHAME ON EUROPEAN PARLIAMENT

Fonte: http://arcodealmedina.blogs.sapo.pt/parlamento-europeu-continua-no-seu-481311

***

Simplesmente hediondo!

No entanto este acontecimento dá razão a quem diz, comigo incluído, de que lobby político, por si só, não chega. Tem de ser lobby político, em conjunto com a força do povo, nas ruas, tal como desde há uns anos para cá tem sido feito no México, e que passo a passo vai tendo resultados rumo à abolição da tauromaquia, no México.

 

E a situação piora em Portugal; Espanha e França, devido ao lobby tauromáquico ser mais forte do que o lobby tauromáquico mexicano. E em vitude desta realidade, apenas lobby político, sem ao mesmo tempo uma muito grande pressão a partir das ruas, um pouco por todo o país, em cada um destes três países, não resulta e não irá resultar, até que as vozes, com a minha incluída, sejam devidamente ouvidas e depois o que dizemos venha a ser uma realidade.

Por exemplo, em Portugal, só a como de há alguns anos para cá tem sido feito no México, na força do povo, de Norte ao Sul, do interior ao litoral, em diversas cidades, em conjunto com o lobby político, irá conseguir a abolição de selvajaria da tauromaquia!

Mário Amorim