Os pró-tourada sabem o que é compaixão?

Não. Os pró-tourada não fazem ideia o que é a compaixão. Se não, não aceitariam o sofrimento de outros seres sensíveis. Pois a compaixão é não querer que outros seres sensíveis sofram e nem as causas do sofrimento.

Depois afirmam que não querem que o touro e o cavalo sofram, na praça de touros. Mas eles querem o quê. Querem fazer de nós parvos?!
— Se eles não quisessem o sofrimento do touro e do cavalo, não iriam a uma praça de touros, para ver o sofrimento físico e psicológico deles, e para aplaudirem e gritar vivas e olés a esse sofrimento. Por tanto; o que eles afirmam é hipócrita.

Os pró-tourada, são seres sem nenhuma compaixão, caso contrário, seriam contra e não a favor da tauromaquia.

Mas ao contrário deles, anti-tourada, somos seres com compaixão no coração.
Não queremos e nem aceitamos o sofrimento do touro e do cavalo, nas praças de touros.

Para terminar este curto texto, vou dizer que está mais do que na hora dos pró-tourada porem a mão na consciência, e perguntarem a eles próprios, se é certo estarem do lado da selvajaria tauromáquica. Se não deveriam era estar do lado de quem é contra a selvajaria tauromáquica. Se não deveriam estar do lado de quem luta contra a crueldade, física e psicológica, para com o touro e para com o cavalo!?

Mário Amorim

Anúncios