A ORDEM DOS MÉDICOS VETERINÁRIOS

Imagem relacionada

Se um médico não cumprir totalmente o seu código deontológico, é corrido da Ordem dos médicos.
Se um enfermeiro não cumprir totalmente o seu código deontológico, é corrido da Ordem dos enfermeiros.
Se um dentista não cumprir totalmente o seu código deontológico é corrido da Ordem dos médicos dentistas.

Mas na tauromaquia, ao Joaquim Grave e a outros Psicopatas tauromáquicos, que também se dizem veterinários, nada acontece.
Eles continuam a agir impunemente contra o bem-estar dos touros, ao envia-los para as praças de touros, a fim de serem brutalmente torturados e mortos.

A Ordem dos Médicos Veterinários é uma vergonha.

Vários Psicopatas Tauromáquicos, que se dizem veterinários, não querem saber do código deontológico veterinário, e têm o beneplácito da Ordem dos Médicos veterinários,

Até quando isto se vai manter em Portugal?!

Mário Amorim

Anúncios

Um veterinário…

Um veterinário cumpre totalmente o código deontológico que jurou cumprir, durante os vários anos de curso universitário. Isto quer dizer, que um veterinário trata bem outros seres sensíveis. Isto quer dizer que um veterinário é pelo bem-estar de outros seres sensíveis, pela vida de outros seres sensíveis, e não pela dor, pelo sofrimento, pela morte de outros seres sensíveis. Um veterinário que cumpre totalmente o código deontológico, não cria outros seres sensíveis, e depois, quando eles têm quatro anos de idade, manda-os para uma praça de touros, a fim de ele sentir dor, de sofrer, e de morrer, para gáudio, de uma cada vez mais reduzida minoria de gente completamente insensível. Um veterinário que age desta forma, não é um veterinário, é um monstro.
E o pior, é que a Ordem dos Médicos Veterinários, tem perfeito conhecimento, que em Portugal, existem monstros, que se apelidam de veterinários, e que são ao mesmo tempo são ganadeiros. Posso citar o nome do Joaquim Grave. Mas existem outros monstros em Portugal, para além do monstro Joaquim Grave. E o que faz a Ordem dos Médicos Veterinários? – A Ordem dos Médicos Veterinários, por interesses, que não são os interesses do touro e do cavalo, assobia para o lado. Não faz rigorosamente nada. Permite que esses monstros, continuem a agir da forma como agem, quando a acção deles, é uma acção criminosa, é uma acção, totalmente ilegal, à luz do código deontológico que juraram cumprir.

É uma vergonha, que esta situação o ocorra em Portugal, sem que, quem pode pôr-lhe um fim, não faça absolutamente nada, para acabar com esta acção criminosa, com esta ilegalidade!

Mário Amorim