África do Sul Orca é encontrada morta com o estômago cheio de lixo

Foto: Orca Foundation

Potes de iogurtes, embalagens de alimento e parte de um sapato velho foram apenas alguns dos objetos que cientistas encontraram no interior do corpo de uma orca que morreu em uma enseada da África do Sul recentemente. As informações são do The Dodo.

Os resíduos que eles encontraram dentro do corpo da fêmea indicam seu desespero nos últimos dias de vida ao tentar encontrar algo para comer próximo à costa. Infelizmente, tudo o que se costuma encontrar perto da praia da baía de Plettenberg é lixo.

Foto: Orca Foundation

“Essas orcas da África do Sul se alimentam tipicamente de pequenos mamíferos marinhos, ou grandes peixes e lulas”, diz a Dra. Gwenith Penry, que vem estudando essa espécie por mais de uma década e coordena a organização Plett Stranding Network para ajudar animais em necessidade. O corpo da orca foi levado para um depósito de lixo para dissecação.

A Dra. Penry postou fotos do que ela encontrou no estômago do animal no Facebook.

Foto: Gwenith Penry

“Parece que esse indivíduo adoeceu e ficou muito fraco para caçar com o resto de seu grupo. Então, ela se encaminhou para a praia  e tentou se alimentar do que estava disponível e mais fácil de encontrar”,  supôs a cientista.

parecendo apenas alguns dias após a conferência mundial sobre o clima em Paris, esta orca se torna um ícone de um planeta poluído que está em extrema necessidade de ajuda. No ano passado, cientistas reportaram que as espécies animais da Terra estão enfrentando um sexto período de extinção em massa — causado pelos impactos humanos no globo.

Foto: Orca Foundation

Foto: Orca Foundation

Segundo a reportagem, um casal de surfistas da Austrália, cansados de ver lixo boiando na superfície das águas cristalinas, inventou uma lata de lixo especial para o oceano.

Foto: Orca Foundation

Foto: Orca Foundation

Outra atitude muito significativa tem vindo na forma de propagação de novos hábitos cotidianos que começam a emergir, dentre eles, por exemplo, da abolição de embalagens para alguns itens de consumo – como o advento dos xampus em barra – e do maior incentivo à utilização de produtos orgânicos e de embalagens biodegradáveis. Algumas pessoas têm tentado espalhar a conscientização para a produção de menos lixo, como nos blogs  Trash is for Tossers e Um ano sem lixo . Apesar de serem movimentos incipientes e de estarem longe de ser algo adotado pelas massas, é importante que se divulgue essas ideias pois o momento pede urgentemente a redução do consumo em geral, e cada gesto conta.

Quanto a esta orca, seu esqueleto será exposto em um museu.

Foto: Twitter/Ecowatch

Fonte: ANDA

 

Anúncios