CONTEÚDO ANDA Orangotango explorado como animal doméstico é acolhido por santuário

Reprodução/FundaçãoAmigosdaVidaSelvagem

A equipe de resgate da Fundação de Amigos da Vida Selvagem da Tailândia (WFFT) já recebeu uma série de telefonemas de tutores de animais considerados exóticos, alegando que não poderiam mais cuidar deles.

Na maioria dos casos, os animais foram confinados pelos tutores por um capricho, e depois essas pessoas descobriram a realidade do que significa cuidar de animais selvagens, diz o One Green Planet.

Os orangotangos estão entre os animais ‘’exóticos’’ favoritos e muitos tutores vestem os animais e os criam como se eles fossem crianças humanas. Isso foi exatamente o que aconteceu com Chico, um orangotango de seis anos, que passou a maior parte de sua vida jovem explorado como um animal doméstico.

Reprodução/FundaçãoAmigosdaVidaSelvagem

A WFFT foi chamada após o tutor de Chico decidir que não queria mais o macaco adolescente. Como um pequeno bebê, Chico era tranquilo e sua família humana brincava com ele e até mesmo lhe providenciou um guarda-roupa com vestuário humano.

Conforme Chico cresceu, tornou-se mais forte e agressivo e, por isso, a família decidiu que ele não era mais um animal doméstico “adequado”.

Quando a equipe de resgate WFFT entrou em cena para salvar o orangotango, eles sabiam que iria ser confrontados com um pequeno animal altamente inteligente e emocional, mas não imaginavam o quão interessante ele seria.

Criado como um animal doméstico, Chico nunca foi capaz de explorar seu potencial. Mas agora que ele está fora da gaiola no santuário da WFFT vivendo como merece e fazendo várias travessuras que podem ser acompanhadas na página do Facebook da WFFT.

Fonte: ANDA

Anúncios