BAIÃO CLASSIFICADA ABAIXO DE LIXO POR PERMITIR NO SEU TERRITÓRIO A SELVAJARIA DA TORTURA DE BOVINOS

BASTA! TOLERÂNCIA ZERO PARA ESTAS AUTARQUIAS QUE SE VERGAM A UM LOBBY INFECTADO COM A PEÇONHA DA CRUELDADE.

Que pobreza moral! Que baixeza de espírito!

Que perversidade!

CARTA ABERTA AO PRESIDENTE DA CÂMARA MUNICIPAL DE BAIÃO, JOSÉ LUÍS CARNEIRO

CC/

Exmo. Senhor Vice-Presidente da Câmara Municipal de Baião, Paulo Pereira

Exmo. Senhor Presidente da Assembleia Municipal de Baião, José Fernando Silva

Exmos. Senhores Deputados à Assembleia Municipal de Baião

Está a ser anunciada para o dia 23 de Agosto, em Baião mais uma iniciativa que prima por uma IGNÓBIL SELVAJARIA, apesar do FIASCO das anteriores.

Vossas Excelências, como autarcas, deveriam saber que a tauromaquia é uma prática cruel e obsoleta que tem suscitado enorme repúdio e indignação na sociedade civil portuguesa e mundial.

TORTURAR seres vivos inofensivos, indefesos, inocentes e sensíveis em nome de uma diversão patética, incivilizada, patológica, não é próprio de sociedades evoluídas e ENVERGONHA a esmagadora maioria dos portugueses face a uma Europa que já se DISTANCIOU há muito (excepto três tristes países ainda mergulhados nas trevas medievais – Portugal, Espanha e França) destas práticas bárbaras, que causam um ATROZ sofrimento a seres sencientes, com um ADN semelhante ao humano.

Todos sabemos que a tauromaquia está em franco declínio – mesmo nos locais onde esta prática é usual, as praças tem cada vez menos espectadores (inclusive a praça de touros do campo pequeno (ex-libris da tauromaquia e a nódoa negra de Lisboa) a qual se encontra em situação de insolvência.

Como consequência desse declínio, a indústria tauromáquica tem vindo a tentar implementar estas práticas imbecis em locais que não têm qualquer tradição de touradas (ou se tiveram abandonaram-nas por motivos óbvios, ou seja EVOLUÇÃO), mas onde existem autarcas vergáveis às INVESTIDAS dos bárbaros, acabando por acolher estas práticas cruéis.

Todos sabemos que a tauromaquia só subsiste, nos dias de hoje, graças a apoios do Estado, quer através do poder central, quer através das autarquias, algumas endividadas e com populações em situações de carências várias, o que causa nos cidadãos, munícipes e contribuintes, a mais veemente indignação.

As autarquias, por se encontrarem numa situação vantajosa de proximidade das populações, têm um papel fundamental na construção de uma sociedade mais civilizada, evoluída e distante de práticas que deveriam ter ficado no passado, e os executivos municipais têm por obrigação associar-se a eventos que promovam a evolução das pessoas e das regiões, ligando o seu nome a práticas positivas e construtivas de avanço civilizacional que o século XXI impõe.

Assim, junto-me a tantos outros nesta solicitação à Câmara Municipal, para que não licencie e se demarque de todas as actividades tauromáquicas no concelho de Baião, incluindo oferta de recordações aos intervenientes nesta prática sórdida e o fim imediato da atribuição de quaisquer verbas públicas para este tipo de condutas que infligem sofrimento a animais não humanos indefesos, inocentes e sencientes.

 

Isabel A. Ferreira

Fonte: http://arcodealmedina.blogs.sapo.pt/baiao-classificada-abaixo-de-lixo-por-456879

 

Anúncios