A NOVA ZELÂNDIA RECONHECEU OFICIALMENTE TODOS OS ANIMAIS COMO SERES SENCIENTES

Isto é GRANDIOSO!

Para quando algo assim em Portugal?

SENCIÊNCIA.jpg

A Nova Zelândia criou um incrível precedente ao considerar legalmente o que os amantes da Natureza já sabiam ser verdade: que os animais não humanos são sensíveis e têm sentimentos do mesmo modo que nós.

Isto marca uma incrível mudança na opinião pública, que anteriormente considerava que apenas alguns animais deveriam ser protegidos por lei.

O Organismo de Bem-Estar Animal informa que processará as pessoas que cometerem crueldades contra animais, e proibirá pesquisas e testes em animais. A caça e captura de animais selvagens serão ilegais.

«Dizer que os animais são sencientes é declarar explicitamente que eles podem experimentar emoções positivas e negativas, incluindo dor e sofrimento», disse a Dra. Virginia Williams, presidente do Comité Consultivo Nacional de Ética Animal (National Animal Ethics Advisory Committee). “Esta explicitação é a grande novidade, e marca mais um passo importante na jornada do bem-estar animal.”

«As expectativas sobre o bem-estar animal foram mudando rapidamente, e práticas que antes eram comuns para animais de estimação e animais de exploração não são mais aceitáveis ou toleradas», disse o Dr. Steve Merchant, presidente da Associação Veterinária Nova Zelândia (New Zealand Veterinary Association). «A legislação vem ao encontro da mudança de atitude da nossa nação no que respeita à condição dos animais na sociedade

Fonte:

http://vbetweenthelines.com/index.php/2016/03/11/new-zealand-officially-recognized-animals-sentient-beings-huge/

Fonte: Arco de Almedina

Anúncios

Só restam 50 exemplares deste belíssimo ser…

Só restam 50 exemplares deste belíssimo ser, que só existe na Nova Zelândia. SOS. Eles precisam da nossa ajuda, urgente!

Por favor, não deixem de assinar esta petição da Greenpeace:

http://www.greenpeace.org/new-zealand/en/take-action/Take-action-online/save-mauis-dolphin-2015/ – Partilhem esta petição, por favor!

Não podemos permitir que o Maravilhoso Golfinho de Maui, se extinga. Vamos forçar o Governo da Nova Zelândia, a fazer o que tem de fazer para os salvar!

Salvar os Golfinhos de Maui

-Os Golfinhos de Maui, encontram-se à beira da extinção, em 15 anos!
-Os Golfinhos de Maui são a sub-espécie de golfinhos mais pequena que existe!

**

População de golfinhos de Maui cai para menos de 50 animais

De acordo com ONG, espécie encontrada na Nova Zelândia pode estar extinta em 15 anos

Golfinhos de Hector, a qual a subespécie de Maui pertence: risco de extinção Foto: Reprodução / Wikipedia

RIO — De acordo com a ONG de preservação ambiental Nabu, os golfinhos de Maui, a menor e mais rara espécie do mamífero marinho do mundo, pode estar extinta em 15 anos se medidas para a proteção da vida do animal não forem intensificadas. Segundo dados da organização, estima-se que a população atual do animal seja entre 43 e 47 animais, com apenas dez fêmeas.

As informações foram apresentadas na Comissão Baleeira Internacional, realizada em San Diego, nos EUA, diante de mais de 200 especialistas. Os golfinhos de maui são encontrados somente nas águas da Nova Zelândia.

— Esses dados são um alto aviso de alerta: a Nova Zelândia precisa abandonar a sua posição atual, que coloca os interesses da indústria pesqueira acima da conservação da biodiversidade, e finalmente começar a proteger os habitats dos golfinhos de redes de pesca, canhões de ar sísmicos e extração de petróleo e gás — disse Barbara Mass, diretora da conservação de espécies ameaçadas de extinção da Nabu.

Os golfinhos de maui são uma subespécie dos golfinhos de Hector, que vivem nas águas costeiras do Norte da Nova Zelândia. A outra subespécie dos golfinhos de hector é encontrada ao Sul do país, e é mais abundante.

Questionado sobre as informações da ONG Nabu pela britânica “BBC”, o governo da Nova Zelândia informou que só se pronunciaria depois que a organização fizesse as suas recomendações oficiais em junho.

Em 2012, o governo do país estendeu as suas restrições ao uso de redes para pesca, mas, apesar de reiterar a proibição em 2013, ativistas dizem que ela não é suficiente para preservar os golfinhos.

Fonte: http://oglobo.globo.com/sociedade/sustentabilidade/populacao-de-golfinhos-de-maui-cai-para-menos-de-50-animais-16261781

**

A petição que é anunciada no vídeo já está encerrada. Mas não deixem de assinar esta petição, que é deste ano e que pode ser assinada:

http://www.greenpeace.org/new-zealand/en/take-action/Take-action-online/save-mauis-dolphin-2015/ – Ajudem a salvar a primeira espécie de Golfinhos, que está em risco de extinção, dentro de 15 anos. Ajudem a salvar os Golfinhos de Maui!

Nova Zelândia reconhece os animais como seres sencientes

Foto: Divulgação

A Nova Zelândia acaba de dar um enorme passo em direção ao bem-estar animal, reconhecendo-os legalmente como seres sencientes.

A nova lei estabelece oficialmente que os animais, assim como os seres humanos, são criaturas capazes de perceber e sentir coisas.

“Dizer que os animais são sensíveis, significa afirmar explicitamente que podem viver emoções sejam positivas que negativas, como dor e angústia”, disse Virginia Williams, do Animal Ethics Advisory. “Este importantíssimo reconhecimento marca um outro passo na luta pelo bem-estar animal”.

A lei, explica Animal Equality , proíbe a utilização de animais para testar produtos cosméticos e também fornece um sistema de classificação de punições mais ou menos grave, dando aos inspetores que monitoram o bem-estar animal, a oportunidade de apresentar relatórios de conformidade ou não com a lei.

“Que os animais têm emoções semelhantes às nossas, vemos todos os dias. Eles vivem a ansiedade da separação e demonstram sofrimento. E esse é um sentimento quase humano. A mesma coisa acontece quando vemos animais mal tratados. Eles sofrem muito…o que pode ser visto em seus olhos. É realmente muito triste”, acrescentou a diretora do Nelson SPCA – o ente de proteção animal neozelandesa.

A lei é uma ferramenta que proporciona uma maior clareza, transparência e uma melhor aplicabilidade das leis para o bem-estar animal. E é apenas um dos últimos atos em favor dos animais naquele país que, em 2012 se juntou à Austrália contra a caça às baleias.

“A percepção do bem-estar animal está mudando rapidamente e muitas práticas antes consideradas normais, fossem para os animais de estimação fossem para os de criação para abate, já não são mais aceitáveis ou toleradas.

A lei está em consonância com a mudança de atitude da nossa nação sobre o estado dos animais na sociedade”, disse o presidente da Associação de Veterinários da Nova Zelândia, Dr. Steve Merchant.

Fonte: GreenMe

Fonte: ANDA

Nova Zelândia proíbe teste de cosméticos em animais

O Governo da Nova Zelândia aprovou recentemente uma lei que proíbe os testes da indústria cosmética em qualquer tipo de animal. A prática nunca foi comum no país, mas o Governo quis salvaguardar a situação adicionando uma emenda à lei de protecção dos animais do país.

“Segundo o nosso conhecimento, nunca houve qualquer teste de cosméticos em animais na Nova Zelândia, mas esta alteração vai transmitir uma importante mensagem de que este tipo de teste é inaceitável para os neozelandeses e que nunca aqui vai acontecer”, afirma o ministro da Indústria neozelandês, Nathan Guy, em comunicado citado pelo Dodo.

A Nova Zelândia é um país pouco popular para os testes em animais. Uma sondagem recente dá conta que 89% dos neozelandeses inquiridos não suportam este tipo de prática. Os testes de cosméticos – que podem envolver a colocação de toxinas nos olhos dos animais ou a esfrega de produtos na pele – são considerados uma prática cruel para os porquinhos-da-índia, ratos, coelhos e outros pequenos roedores que frequentemente são sujeitos a este tipo de testes.

A emenda restringia originalmente também os testes médicos em animais, mas o parlamento neozelandês voltou atrás nesta proposta, banindo apenas os testes de produtos cosméticos em animais.

A Nova Zelândia junta-se aos 28 países da União Europeia que em 2009 baniram a prática, mas também a Israel, Índia e ao estado de São Paulo, no Brasil, que também proibiram os testes. Actualmente, países como os Estados Unidos, Canadá, Austrália, Taiwan e Brasil estão a equacionar proibir os testes de cosméticos em animais.

Fonte: http://greensavers.sapo.pt/2015/04/02/nova-zelandia-proibe-teste-de-cosmeticos-em-animais/