Grande passo Nova York está prestes a proibir o foie gras(corrigi os erros de português)

O projeto de lei de proibição do foie gras de NYC está sendo revisado pelo presidente da Câmara, Corey Johnson.

A cidade vem promovendo esforços contra a crueldade animais ao londo dos anos e, com mais esta iniciativa, pode acabar com uma das mais terríveis práticas humanas de exploração animal.

Se aprovado, o projeto de lei, apresentado pela vereadora Carlina Rivera (D-Lower Manhattan), proibirá a produção e comercialização do produto e quem a descobrir será culpado por contravenção, que inclui uma multa de até US$ 1.000 e um ano de prisão por cada ofensa.

Foie gras não faz parte da dieta diária dos nova-iorquinos. Menos de 1% de todos os restaurantes de Nova York servem. Este é realmente um item de luxo”, disse Rivera ao New York Post.

Ela acredita que esta é o momento certo, considerando que a Suprema Corte recentemente derrubou um desafio para reverter a proibição do foie gras na Califórnia.

“A cidade de Nova York tem uma longa história de oposição à crueldade contra os animais mas ainda existem práticas agrícolas industriais cruéis”, disse Allie Feldman Taylor, chefe do grupo Voters for Animal Rights. As informações são do LiveKindly.

O projeto de lei de proibição do foie gras de NYC está sendo revisado pelo presidente da Câmara, Corey Johnson. Eric Phillips, porta-voz da prefeitura, disse que o gabinete de Blasio “certamente revisará” o projecto.

A proibição de foie gras no mundo

Como a ANDA vem noticiando, projectos de leis e algumas iniciativas buscam o fim deste absurdo gastronómico.

Países, celebridades e empresas lutam contra a produção, comércio e consumo do “fígado doente dum ganso ou dum pato, engordado de maneira forçada, várias vezes por dia, com um tubo de metal preso em suas gargantas até que o órgão se expanda”.

Devido à sua crueldade inerente, a Califórnia o proibiu desde 2004. Em Dezembro do ano passado, a gigante do e-commerce Amazon anunciou que não comercializaria mais o produtos após ter violado a lei durante um bom tempo.

Os Postmates também concordaram em interromper as entregas de foie gras.

Proibições de produção já estão em vigor em vários países, incluindo Argentina, Austrália, Alemanha, Reino Unido e outras nações da UE.

Foie gras vegano

Alguns chefs encontraram uma maneira de fazer uma versão livre de crueldade. O restaurante francês vegano Delice & Sarrasin, com sede em Nova York, serve um foie gras à base de tahine. O chef francês de formação clássica Alexis Gauthier, proprietário do Gauthier Soho de Londres, faz foie gras vegan de uma mistura de lentilhas, nozes, chalotas e cogumelos.

Fonte: ANDA

Anúncios