Maus-tratos televisionado Programa de TV chinês abusa de animais e os força a se comportarem como humanos

Fontes alegaram que o chimpanzé e o buldogue que estrelam o programa são agredidos para realizarem atividades humanas

Um programa semanal televisionado na China obriga um chimpanzé e um buldogue a se vestirem como crianças e a realizarem uma série de tarefas humanas.

De acordo com informações da MailOnline, os dois animais foram regularmente espancados e ameaçados nos bastidores quando não realizavam as atividades.

Miya, o chimpanzé, e Dongdong, o buldogue, estrelam o programa chamado “We Are Friends”. Nele, os dois são obrigados a completar três desafios em cada episódio, como lavar a louça, usar um smartphone e até assistir a uma aula com crianças.


Miya, o chimpanzé, e Dongdong, o buldogue, são forçados a realizarem um programa de TV na China

Uma fonte anônima, que alega ter trabalhado para o programa, enviou uma queixa dos maus-tratos à PETA Asia no mês passado logo após o lançamento do programa.

Ela teria mandado uma compilação de vídeos que mostram os treinadores arrastando e chutando os animais em várias ocasiões.

Também é dito que os dois animais foram vistos se machucando no local das filmagens, um comportamento interpretado por especialistas em animais como sinal de medo e ansiedade.


Um insider forneceu um vídeo para a PETA Asia mostrando os animais sendo abusados pela produção

Outro ex-funcionário do programa disse ao MailOnline que ele teve que parar de trabalhar para o programa porque “não podia suportar a maneira como a equipe de produção tratava os animais”. A fonte alegou que o show foi filmado na Tailândia no verão.

Ele acrescentou que alguns trabalhadores no local protestaram contra o tratamento dos animais, mas o diretor do programa insistiu em continuar filmando.

https://www.dailymail.co.uk/embed/video/1790204.html

Crueldade disfarçada de entretenimento

Em cada episódio do programa, um narrador conta uma história e explica o que os animais devem sentir e pensar, como se fossem crianças pequenas.

Miya é o personagem principal para enfrentar desafios, enquanto Dongdong é o seu companheiro. No final de cada episódio, o narrador encoraja as crianças a seguirem o “bom exemplo” dos personagens.


Miya é obrigada a passear com Dongdong em uma coleira no reality show chinês

Até agora, Miya foi obrigada a andar com Dong Dong na coleira, limpando as janelas, calçando sapatos de couro, fazendo compras em uma loja de animais, usando um banheiro e escrevendo os deveres de casa.


O narrador diz aos espectadores que Miya rega todas as flores em seu jardim todos os dias

Para isso acontecer, entretanto, os dois animais foram submetidos a abusos físicos e obrigados a trabalhar mais de 10 horas por dia, afirmou um insider.

De acordo com “We Are Friends”, Miya e Dongdong embarcaram em uma “viagem mágica para entrar na sociedade humana” na Tailândia e devem dar bons exemplos para as crianças com seu comportamento.


Miya e Dongdong são obrigados a assistir a uma aula com um grupo de crianças no programa

Miya é descrita como “inteligente”, “cautelosa” e “desobediente”, enquanto Dongdong é “gulosa”, “corajosa” e “impulsiva”.

Lançado em 9 de setembro, o “We Are Friends” é transmitido todos os domingos no horário nobre, através da Zhejiang Satellite Television Station para os telespectadores da China.

É comercializado como um show familiar. Cada um dos seus 12 episódios tem uma hora de duração.

A estação de televisão por satélite de Zhejiang é uma das mais influentes estações de televisão por satélite na China e é conhecida pelos seus vários espetáculos de entretenimento.


Miya sendo obrigada à lavar a louça em episódio

O posicionamento da organização

A PETA Asia pediu, por meio de uma publicação na plataforma Weibo, um boicote contra o programa, descrevendo-o como “extremamente cruel”, “imortal” e “enganoso”. Os usuários da rede social expressaram apoio à campanha.

Um porta-voz da PETA Ásia disse ao MailOnline: “A única realidade neste show é a crueldade. Este é apenas mais um exemplo de animais sendo explorados e abusados ​​na China e na Tailândia, onde as leis de proteção animal são fracas e inexistentes”.


Miya é encarregada de colocar um par de sapatos antes de ir para uma aula com um grupo de crianças

Um usuário de nome HeiMinZheng escreveu: “Animais são animais. A produção não deve abusar deles por valor de entretenimento para aumentar a audiência. Eles são fofos e parecidos com humanos, mas isso não significa que os humanos podem forçá-los a fazer o que eles acham que são coisas ‘mágicas’”.

Outro usuário de nome Zhou Beilei Manon1994 exigiu que o programa fosse suspenso e que os animais fossem resgatados.


O chimpanzé recebe um celular para promover um aplicativo chamado TUES

Comentários de usuários sugeriram que o programa foi baseado em “A Aventura de Pan e James”, um reality show do Japão de 2005, que também contava com animais: o chimpanzé Pan-kun e o buldogue James.

Fonte: ANDA

Anúncios