Pensem nisto!

imagem-3o-2

“Só é vencido quem desiste de lutar”
Mário Soares

***

É possível a luta contra a tauromaquia em Portugal levar à abolição da tauromaquia?
– Sim, é possível.
Mas para isso, é necessário que todos os movimentos e grupos anti-tourada, se unam num só movimento.
Pois não tem sentido algum não ser assim. Mais; não ser assim, só serve para desunir cada vez mais, o que deveria ser unido. Não ser assim, prejudica a própria luta contra a tauromaquia.

Depois, é necessário, que um verdadeiro e unido movimento contra a tauromaquia, faça o que se faz, em Espanha e noutros países.
Tudo aquilo que é bom, e que faz a luta contra a tauromaquia ser mais forte, e que é feito lá fora, deve ser replicado aqui. Se é bom lá fora, também vai ser bom aqui.

Seguidamente, é necessário que se ponha de lado as manifestações anti-tourada que se fazem.

É necessário mostrar com clareza aos grupos parlamentares, que a maioria dos portugueses são contra a tauromaquia. E isso só se faz, não com as manifestações que se fazem, mas com uma enorme manifestação simultânea, por todo o país, no inicio do próximo verão.
E só ela será capaz de ter os resultados pretendidos. Só ela envia uma mensagem clara e muito forte, aos grupos parlamentares. Só ela pode levar à abolição da tauromaquia.

Só depois de todos perceberem isto, e agirem em conformidade, é que a luta contra a tauromaquia em Portugal, será uma luta ganha!

Mário Amorim

Anúncios

Uma península. Dois países. Num age-se e no outro não!

iberian_peninsula

Dois países vizinhos.
Um age contra a tauromaquia.
Enquanto o outro, vê o país do lado a agir, e age como se não fosse nada com ele.
Em Espanha a luta contra a tauromaquia obtém resultados.
Enquanto que em Portugal, o único resultado é Viana do Castelo.

A verdade é que os Anti-tourada espanhóis, são corajosos, são aguerridos. Eles arriscam. Eles fazem o que tem de ser feito contra a tauromaquia. E estou convencido de que eles farão muito mais, no futuro. Estou convencido de que eles irão arriscar muito, muito mais, no futuro.

O risco faz parte da luta contra a tauromaquia.
Como diz o ditado; quem não arrisca não petisca.

O risco na luta contra a tauromaquia começa nas ruas.
É também na capacidade de arriscar, nas ruas, e vencer o risco, que se consegue vencer, na luta contra a tauromaquia.

Em Portugal, não existe coragem alguma.
Não existe risco algum.
A bem da verdade. A luta contra a tauromaquia, como ocorre em Portugal, não irá lá.

A luta contra a tauromaquia em Portugal só irá lá, quando existir coragem, fibra. Só irá lá, quando arriscar, sem receio, sem medo.
Só irá lá, quando nenhum motivo impedir que se arrisque, para se fazer ouvir, a voz do touro, como nunca até hoje se fez, em Portugal.

E enquanto em Portugal não se perceber isto, a luta contra a tauromaquia, não irá ser uma luta ganha!

Mário Amorim

Mais uma vez em Espanha, e com toda a certeza, em Portugal, não se vai tirar a devidas elações…

manifestacao-contra-as-touradas-madrid

No passado dia 10 de Setembro, uma imensa multidão, encheu as ruas de Madrid, em protesto contra as touradas em Espanha.
Mais uma vez, em Espanha, mostra-se para Portugal, como se faz.

Há muitos anos que digo, que a luta contra a tauromaquia, em Portugal, deve ocorrer como em Espanha. Mas durante estes anos, em Portugal, não se aprendeu com a luta contra a tauromaquia em Espanha. E esse foi um dos motivos que me fez passar a lutar sozinho, contra a tauromaquia, a partir de um blog.

A realidade, é que a luta contra a tauromaquia em Espanha, tem coragem, tem garra, tem força. E em Portugal, não!

Em Espanha, luta-se a sério, pela abolição da tauromaquia, e em Portugal, infelizmente, não. E a prova, é que o movimento contra a tauromaquia em Espanha, consegue, que cada vez mais Municípios, se declarem contra as tourada. De referir, por exemplo, que em breve, as Baleares, graças à luta contra a tauromaquia, vai-se tornar anti-tourada.

Está mais do que na hora da luta contra a tauromaquia em Portugal, lutar exactamente da mesma forma como em Espanha. Dia 10 de Setembro de 2016, foi um muito grande exemplo, de como em Portugal, se deve agir!

Mário Amorim

Só uma estratégia de união, seguidamente pelo que falei nos últimos dias pode conseguir a abolição da tauromaquia em Portugal

É fundamental que toda a gente que luta pela tauromaquia, associações, movimentos e activistas individuais trabalhem em conjunto, trabalhem em união. E depois do trabalho em conjunto, da união estar feita, seguidamente aliarmos o lobby político, com uma muito forte pressão social.

Penso, hoje, muito mais do que ontem, que este é o caminho para conseguirmos a abolição da tauromaquia em Portugal. Penso, hoje, muito mais do que ontem, que para sermos mais fortes do que o Mafioso Lobby Tauromáquico, temos de agir desta forma.

Mário Amorim

Um acto que os países que lutam contra a tauromaquia, deveriam ter como exemplo e segui-lo!

Já disse anteriormente aqui no meu blog, que para mim, não faz sentido os países que lutam contra a tauromaquia lutarem em separado. E volto a dize-lo; mas vou dizer que não faz sentido absolutamente nenhum, vários países, que têm em comum a mesma luta, estarem a lutar separadamente; quando deveriam era lutar em conjunto, pois juntos, na luta, têm muito mais força.

E não é que uma acto fantástico, mostra como deve ser feito, num acto que todos os países que lutam contra a tauromaquia, deveriam ter como exemplo, e desde já, ser criada uma Plataforma contra a tauromaquia comum a todos!?

A atitude entre todos os países que lutam contra a tauromaquia, e que já me referi aqui no meu blog, deveria ser esta: http://sicnoticias.sapo.pt/mundo/2014-08-06-dezenas-de-passageiros-inclinam-comboio-para-libertar-homem-com-perna-presa

Cada vez mais é minha convicção, tal como este enorme nobre acto mostra, que a luta contra a tauromaquia, passa por uma grande união entre todos os países que têm tauromaquia. Um por todos e todos por um. Mas mais cedo ou mais parte, irá desde logo existir uma única Plataforma, entre todos os países que lutam contra a tauromaquia, comum a todos, em vez de Plataformas individuais, nos países que lutam contra a tauromaquia. Uma Plaforma cheia de força e de entre-ajuda. Uma Plataforma cheia de União!

Mário Amorim

Em defesa da Ação Animal, da ANIMAL, do MAPT, dos MARINHENSES ANTI-TOURADAS e de imensos ativistas que lutam contra a tauromaquia em Portugal, há muitos anos!

Este sujeito, o Leonardo Anselmi, afirmou recentemente, na ultima vez que esteve em Portugal, a uma pessoa que tal como nós luta contra a tauromaquia, que nunca existiu luta contra a tauromaquia em Portugal, e que tinha vindo a Portugal para mudar isso.

E o que fez a Ação Animal durante anos?
E o que faz a ANIMAL há muitos anos?
O que faz o MAPT há muitos anos?

E o que fazem os MARINHENSES ANTI-TOURADAS há muitos anos?

O que fazem uma quantidade imensa de activistas, que lutam contra a tauromaquia há muitos anos?

– Todos lutaram e lutam contra a tauromaquia!
– Todos deram e dão sempre tudo na luta contra a tauromaquia, em Portugal!

E há pessoas, em Portugal, que lutam contra a tauromaquia, que dão crédito a uma figura destas?! – Uma figura, que está clara e objectivamente a dividir o movimento que luta contra a tauromaquia em Portugal!

Uma figura que afirmou igualmente em Portugal e também para à mesma pessoa, de que a única e verdadeira estratégia que existe contra a tauromaquia é a dele!

É absolutamente imperioso, que quem tal como eu, não se revê neste fulano e na sua falsa e divisória estratégia, que se junte, e todos juntos, com garra, criarmos uma nova Plataforma, que funcione como uma verdadeira Plataforma, longe, da totalmente falsa e divisória estratégia deste sujeito. E pela minha parte, estou completamente disposto a fazer parte deste projecto e de colaborar para a sua concretização!

Mário Amorim