Movimento antitouradas anuncia ação pacífica domingo contra tourada em Ponte de Lima

Um grupo de ativistas que contesta as touradas anunciou hoje a realização de uma concentração pacífica, no domingo, em Ponte de Lima, próximo do local onde está prevista uma corrida de touros, integrada no programa das Feiras Novas.

“Somos contra a violência. O nosso único objetivo com esta concentração pacífica, mas de protesto contra a tourada, é sensibilizar a pessoas para a necessidade de se acabarem com estes espetáculos bárbaros”, afirmou hoje à Lusa, a porta-voz do movimento cívico, Liliana Marques.

Liliana Marques adiantou que, “na segunda-feira foi comunicada à câmara, PSP e GNR”, a realização daquela iniciativa durante a edição 2017 das Feiras Novas, que decorre entre os dias 08 e 11.

O protesto “pacífico”, que decorrerá entre as 16:00 e as 20:00, está a ser convocado através das redes sociais, numa página criada para o efeito, intitulada “Ponte de Lima Sem Tauromaquia”.

Na publicação, o movimento cívico refere que Ponte de Lima “tem tradições e costumes que, em pleno século XXI, não fazem sentido algum, como maltratar animais para divertimento do ser humano”, apelando à participação de “todos os que são contra um ato bárbaro, doentio, psicopata e sádico” naquela concentração.

O espetáculo tauromáquico anunciado para domingo vai decorrer às 18:00 numa arena amovível instalada no recinto da Expolima, numa organização da Associação Concelhia das Feiras Novas.

As corridas de touros regressaram ao programa das Feiras Novas, em 2014, depois de oito anos de interregno.

O espetáculo tauromáquico anunciado para domingo vai decorrer às 18:00 numa arena amovível instalada no recinto da Expolima, numa organização da Associação Concelhia das Feiras Novas. O cartel integra os cavaleiros Marcos Bastinhas, João Salgueiro Júnior e a cavaleira praticante Soraia Costa.

Contactada pela agência Lusa, a presidente Ana Maria Machado escusou-se a prestar declarações sobre o assunto.

Fonte: Sapo24

Anúncios