CONTEÚDO ANDA Bióloga marinha critica devastação provocada nos oceanos pela pesca

https://i1.wp.com/www.anda.jor.br/wp-content/uploads/2017/04/peixes.jpg

Em uma postagem recente na revista eletrônica The Walrus. a bióloga marinha canadense, Laura MacDonnell, explicou porque se recusa a consumir peixes. Ela apontou que sua experiência estudando o oceano, os cardumes e a indústria da pesca fizeram ela se abster do consumo de animais marinhos.

Um estudo recente quantificou a quantidade de plástico que as pessoas absorvem ao ingerirem peixes – um atordoante número de 11 mil resíduos de micro plástico per capita anualmente, segundo informações da VegNews.

“Passei uma parte significativa do meu tempo trabalhando sobre e embaixo d’água e eu não consigo me lembrar a última vez em que não vi qualquer tipo de detrito plástico flutuando na superfície ou preso entre corais ou rochas”, disse MacDonnell.

Em adição à poluição plástica, MacDonnell citou um estudo recente conduzido pelo grupo de proteção dos oceanos “Oceana”, que revelou a toxicidade dos peixes.

A indústria da pesca tem destruído os oceanos da Terra. Em 2016, a organização World Wildlife Fund revelou que a população de peixes será extinta em, aproximadamente, 2048 caso as pessoas não mudem seus hábitos.

Uma empresa vegana que tem desenvolvido alternativas à ingestão de animais marinhos é a New Wave Foods, que criou um camarão vegano, que deve chegar nas prateleiras dos supermercados neste mês.

Fonte: ANDA

Anúncios