Que mundo é este???

Desde a passada sexta feira, tenho pensado muito no AVATAR de James Cameron.
Em AVATAR, James Cameron, de forma magistral, mostra como o ser-humano é. Em AVATAR, James Cameron, força o ser-humano a ver-se ao Espelho. Está lá tudo!

E porquê que falo neste texto, de AVATAR?
-Falo de AVATAR devido ao estado em que o mundo está.

Se não vejamos!
O ser-humano mata-se entre ele, como se a vida humana não valesse nada.
Seres-humanos matam outros seres-humanos, em nome do que acreditam.

Seres-humanos matam outros seres-humanos, em nome da ganancia.

Muitos seres-humanos, esquecem-se frequentemente que o ser-humano, também é um animal. E devido a isso, pensam que têm o direito de caçar outros animais. Pensam que tem o direito de utilizar outros animais para se divertirem!

O ser-humano, destrói a sua casa, Gaia.
O ser-humano, não ouve e não sente o choro, os lamentos da Mãe-Gaia.

Desde a passada sexta feira tenho refletido muito sobre isto. Tenho-me perguntado; porque será que o ser-humano é assim?!

Queria falar um pouco mais neste texto que resolvi escrever aqui para o meu blog. Mas vou-me ficar por este curto texto de reflexão!

Mário Amorim

Anúncios

Na noite de ontem fiquei profundamente triste e revoltado!

Ontem à noite, quando me deparei com o vídeo que mostra a criminosa realidade para com as Manta Ray, e me lembrei da criminosa prática, chamada Shark Finning, fiquei profundamente triste e revoltado. E lembrei-me, novamente, do filme desta minha vida, chamado Avatar, em que James Cameron fala do homem e dos seus defeitos.

O homem tem de aprender a respeitar a sua casa, a Mãe Gaia e aprender a respeitar os seus filhos, os Animais-humanos e não-humanos.

O homem, nas touradas, nos circos com animais, na caça, na caça à baleia, na caça ás focas, na caça aos golfinhos, no Shark finning, está a maltratar e a matar irmãos seus. 

O homem, frequentemente se esquece, que também é um animal. É um animal-humano.

O homem, frequentemente se esquece, que nós, animais-humanos, somos irmãos dos animais não-humanos.

Os nossos irmãos não-humanos são para ser respeitados!

Mário Amorim