😢 Cão não abandona o caixão do dono, uma das vítimas do sismo em Itália

A imagem deste cão tornou-se viral

Itália começou a despedir-se das vítimas do sismo que assolou o país – hoje realizaram-se os funerais de 35 das 290 vítimas mortais.

Os caixões das vítimas estiveram no complexo desportivo de Ascoli Piceno, local onde centenas de pessoas estiveram presentes a prestar uma última homenagem aos que morreram.

No meio da multidão, estava um companheiro muito especial: um cocker spaniel encontrava-se, imóvel, junto a um caixão. O do seu dono. Segundo o jornal britânico Telegraph, ninguém sabe o nome do cão. Só se sabe que vivia com o seu dono em Accumoli, uma das regiões mais afetadas pelo sismo.

A imagem deste cão tornou-se viral e está a ser muito partilhada na Internet.

Fonte: SOL

Anúncios

🐶 👩 😌 CONTEÚDO ANDA Em ato heróico, cão salva tutora de terremoto na Itália

Reprodução/LaNozione

Quando a Itália foi atingida por um terremoto nesta semana de magnitude 6,2 que reduziu vários lugares a escombros, uma pequena cidade registrou um tremor de magnitude 4,1. Estima-se que 250 pessoas perderam suas vidas e, em meio à tragédia, surgiu uma história comovente que mostra a força do vínculo entre seres humanos e seus companheiros animais.

Anna M., uma mulher que vivia sozinha em uma das áreas afetadas, estava em casa quando o cão Rudy, um pastor alemão, começou a agir estranhamente.
“Rudy estava nervoso desde o início da noite. Eu não entendia o porquê, pensei que ele tinha visto alguém ou algum gato. Então, por volta das duas horas da manhã, ele começou a correr pela casa, latir como um louco”, Anna disse à agência de notícias La Nozione.

Mais tarde, naquela noite, o cão agarrou a camisa de Anna e começou a puxá-la. Mesmo depois ter sido alertado para parar, Rudy se mostrou implacável e Anna saiu com o cão para fora da residência. Momentos depois, o tremor atingiu a região.

Eu não entendia por que, mas [Rudy] começou a me puxar pela camisa. Ele não parou, mesmo depois da minha repreensão, então decidi deixá-lo me levar para longe e, em seguida,o inferno começou “, contou a tutora.

Vários estudos têm mostrado que os animais são sensíveis a terremotos. Em 1975, os moradores de uma cidade chinesa ficaram perplexos quando os cães e outros animais começaram a exibir sinais de ansiedade, o que levou a uma ordem de evacuação de todos os residentes da área.

Horas depois, um terremoto de magnitude 7,1 destruiu a maior parte da cidade Rudy estava tentando advertir sua guardiã e fez o que pôde para salvá-la.

“Sou grata a Rudy. Ele é um cão tão esperto e agora devo minha vida a ele. Só espero que possamos sobreviver agora”, acrescentou Anna bastante emocionada.

Segundo o One Green Planet, assim como muitos italianos, ela perdeu familiares e todos os seus pertences devido ao terremoto. Porém, devido ao heroísmo de Rudy, ela sobreviveu.

Fonte: ANDA