Vitória: Itália proíbe a exploração de animais em circos de todo o país

Essa é uma enorme vitória na luta contra circos que exploram seres sencientes, considerando que existem 100 circos no país e que uma média de 2 mil animais são forçados a executar truques bobos.

Animais em circo não serão mais permitidos
A proibição vale para todos os circos do país

Tendo uma das maiores indústrias de circo do mundo, a Itália determinou o fim da exploração de TODOS os animais pelos circos e shows itinerários após uma votação recente em assembleia no Parlamento. A ótima notícia vem após a recente proibição do uso de animais selvagens em circos na Índia, fazendo com que a Itália seja o 41º país a sancionar uma lei nacional do tipo, conforme relata o site One Green Planet.

De acordo com a Animal Defenders International (ADI), uma organização renomada sem fins lucrativos que luta pelos direitos animais, em até um ano será divulgado um decreto com as regras para que os proprietários gradualmente liberem todos os animais utilizados em shows. Essa é uma enorme vitória na luta contra circos que exploram seres sencientes, considerando que existem 100 circos no país e que uma média de 2 mil animais são forçados a executar truques bobos.

“Viajando de lugar a lugar, semana após semana, usando jaulas precárias, circos simplesmente não conseguem suprir as necessidades dos animais. Através das investigações secretas da ADI, nós temos mostrado a violência e o abuso que são infligidos a esses animais para obedecerem e fazerem truques”, disse Jan Creamer, presidente da ADI, durante um comunicado à imprensa.

Muitos outros países, incluindo Romênia, Irã, Holanda e Reino Unido, assim como cidades dos Estados Unidos – Los Angeles, Nova York e Portland – tem colocado em vigor legislações semelhantes, mostrando que o mundo como um todo tem feito grandes progressos em busca de um futuro mais humanitário.

Fonte: ANDA

Anúncios

😢 Cão não abandona o caixão do dono, uma das vítimas do sismo em Itália

A imagem deste cão tornou-se viral

Itália começou a despedir-se das vítimas do sismo que assolou o país – hoje realizaram-se os funerais de 35 das 290 vítimas mortais.

Os caixões das vítimas estiveram no complexo desportivo de Ascoli Piceno, local onde centenas de pessoas estiveram presentes a prestar uma última homenagem aos que morreram.

No meio da multidão, estava um companheiro muito especial: um cocker spaniel encontrava-se, imóvel, junto a um caixão. O do seu dono. Segundo o jornal britânico Telegraph, ninguém sabe o nome do cão. Só se sabe que vivia com o seu dono em Accumoli, uma das regiões mais afetadas pelo sismo.

A imagem deste cão tornou-se viral e está a ser muito partilhada na Internet.

Fonte: SOL

🐶 👩 😌 CONTEÚDO ANDA Em ato heróico, cão salva tutora de terremoto na Itália

Reprodução/LaNozione

Quando a Itália foi atingida por um terremoto nesta semana de magnitude 6,2 que reduziu vários lugares a escombros, uma pequena cidade registrou um tremor de magnitude 4,1. Estima-se que 250 pessoas perderam suas vidas e, em meio à tragédia, surgiu uma história comovente que mostra a força do vínculo entre seres humanos e seus companheiros animais.

Anna M., uma mulher que vivia sozinha em uma das áreas afetadas, estava em casa quando o cão Rudy, um pastor alemão, começou a agir estranhamente.
“Rudy estava nervoso desde o início da noite. Eu não entendia o porquê, pensei que ele tinha visto alguém ou algum gato. Então, por volta das duas horas da manhã, ele começou a correr pela casa, latir como um louco”, Anna disse à agência de notícias La Nozione.

Mais tarde, naquela noite, o cão agarrou a camisa de Anna e começou a puxá-la. Mesmo depois ter sido alertado para parar, Rudy se mostrou implacável e Anna saiu com o cão para fora da residência. Momentos depois, o tremor atingiu a região.

Eu não entendia por que, mas [Rudy] começou a me puxar pela camisa. Ele não parou, mesmo depois da minha repreensão, então decidi deixá-lo me levar para longe e, em seguida,o inferno começou “, contou a tutora.

Vários estudos têm mostrado que os animais são sensíveis a terremotos. Em 1975, os moradores de uma cidade chinesa ficaram perplexos quando os cães e outros animais começaram a exibir sinais de ansiedade, o que levou a uma ordem de evacuação de todos os residentes da área.

Horas depois, um terremoto de magnitude 7,1 destruiu a maior parte da cidade Rudy estava tentando advertir sua guardiã e fez o que pôde para salvá-la.

“Sou grata a Rudy. Ele é um cão tão esperto e agora devo minha vida a ele. Só espero que possamos sobreviver agora”, acrescentou Anna bastante emocionada.

Segundo o One Green Planet, assim como muitos italianos, ela perdeu familiares e todos os seus pertences devido ao terremoto. Porém, devido ao heroísmo de Rudy, ela sobreviveu.

Fonte: ANDA