CONTEÚDO ANDA Urso é covardemente arrastado por adestrador em circo

Sou totalmente contra a existência de circos com animais não-humanos.

O que existe em todos os circos com animais não-humanos, é o mau trato, físico e psicológico, para com os animais.

Eles, para poderem fazer os truques que fazem, para entreter o publico que assiste nas bancadas, são submetidos desde bem cedo e durante anos, a tortura, física e psicológica, sem a qual, não fariam esses truques.

Sou completamente a favor de circos, apenas com o animal-humano.
Já vários vieram e vêm a Portugal, e enchem sempre as bancadas de publico, que aí sim, vai ver só magia, arte, e não tortura!

BASTA DE CIRCOS COM ANIMAIS NÃO HUMANOS, EM TODO O MUNDO!

***

Em uma cena perturbadora, um urso negro foi violentamente chutado depois cometer erros enquanto se apresentava num circo de animais no Sudeste da China.

https://i2.wp.com/www.anda.jor.br/wp-content/uploads/2017/05/ki.jpg

Em uma cena perturbadora, um urso negro foi violentamente chutado depois cometer erros enquanto se apresentava num circo de animais no Sudeste da China.

https://i2.wp.com/www.anda.jor.br/wp-content/uploads/2017/05/ki.jpg

O adestrador agredia continuamente o animal, o que causou a revolta do público que gritou para que ele parasse, de acordo com um vídeo feito por um espectador.

A filmagem foi divulgada online e provocou uma discussão nas mídias sociais sobre a ausência de proteção animal em zoológicos chineses locais. Claro que isso é um grande paradoxo, já que a crueldade é intrínseca ao confinamento de animais nessas instalações. Porém, os maus-tratos foram tão evidentes que despertaram debates.

O vídeo de 38 segundos foi enviado por um usuário da web conhecido como ‘Norton’ no Weibo, rede social chinesa semelhante ao Twitter.

Ele foi feito quando ‘Norton’ visitou o Fuzhou Zoo, na província de Fujian. O usuário disse que havia entre 100 e 200 pessoas assistindo ao show de do urso negro.

É possível ver o urso negro chutando alguns obstáculos ao invés de saltá-los conforme o adestrador o arrasta com uma corrente.

https://i0.wp.com/www.anda.jor.br/wp-content/uploads/2017/05/ki2.jpg

Pouco tempo depois, o homem chutou o estômago do urso e forçou-o a continuar. Ele bateu na cabeça do animal e chutou sua perna, arrastando-o novamente para os anéis de ginástica, segundo o Daily Mail.

“Ele chutou o urso pelo menos três, quatro vezes. O impacto na cabeça é de partir o coração”, disse Norton.
Os ursos negros são listados como uma espécie ameaçada e protegida na China.

A porta-voz do zoo disse que o show foi realizado por Anhui Suzhou Circus, do Leste do país. O urso negro é forçado a participar de um show por dia há cerca de três a quatro anos no Fuzhou Zoo.

https://i2.wp.com/www.anda.jor.br/wp-content/uploads/2017/05/ki3.jpg

Segundo a porta-voz, o treinador foi suspenso e ela ainda alegou que ele chutou o urso “levemente”.

Usuários da internet ficaram indignados com o extremo abuso do instrutor e exigiram que o circo acabe com o show.
“Pare de colocar animais em exibição e as pessoas não devem comprar ingressos para assistir a shows tão abusivos!”, comentou ‘FuJieXin’.

Outras pessoas corroboraram o fato de que o público não deve financiar apresentações de circo.

http://www.dailymail.co.uk/embed/video/1465235.html

“É um princípio de demanda e oferta. Os ingressos comprados mostram uma demanda por espetáculos e circo cruéis continuam maltratando os animais”, enfatizou “Singleboymin’.

O Fuzhou Zoo declarou que está investigando o incidente e encerrou todos os shows com animais temporariamente. A vida dos animais explorados em circos é repleta de dor e sofrimento e é um absurdo que esses estabelecimentos ainda insistam em perpetuar esse cenário chocante.

Fonte: ANDA

Anúncios