SABEM POR QUE OS CAVALOS (AB)USADOS NA TAUROMAQUIA NÃO RELINCHAM?

Isto que Isabel refere, eu  também o digo-o à muitos anos. Aliás; não se terei sido das primeiras pessoas a dizê-lo. Na altura que comecei a falar sobre isso, estava no Facebook.
Um vizinho meu, que trabalhou 30 anos, na tauromaquia, para as corridas de touros. Ele era tratador dos cavalos informou-me disso, e garantiu-me ser uma absoluta verdade. Convém dizer que esse meu vizinho abomina tauromaquia. devido a lá ter trabalhado, como disse, durante 30 anos. E com base no que ele me relatou, que é e bem relatado pela Isabel, criei a imagem, onde se vê a espora e o freio serrilhado.
E ainda há pouco mais de 2 anos, um outro tratador de cavalos, e cavaleiro, confirmou-me o que o meu vizinho, e ex tratador de cavalos, pelas praças de touros me contou. Aliás; até me disse o nome do freio serrilhado que os Psicopatas que são os toureiros a cavalo, põe na boca do cavalo. Chama-se freio de castigo.

E não adianta nada os Psicopatas tauromáquicos, negarem uma verdade, uma realidade insofismável!

Mário Amorim


Recordo hoje um texto que escrevi em 2014, a propósito da tortura que a tauromaquia é, também para os Cavalos, e não só para os Touros, dois magníficos animais não-humanos, sencientes, que não mereciam tão cruel sorte.

Um texto assente na realidade e não em alucinações de algozes.

CAVALO1.jpg
O que se vê a vermelho, no abdómen do Cavalo, não é sumo de tomate, mas um sangue tão real como o dos humanos…

Na tauromaquia Touros e Cavalos são torturados impiedosamente.

Uns, de uma maneira, outros, de outra.

Nos Cavalos, são utilizados uns instrumentos de tortura como os que se vêm nesta foto.

CAVALO2.jpg

CAVALO3.jpg

Contudo, os Cavalos não relincham.

Sofrem calados o seu descomunal tormento.

Os Cavalos! Animais extremamente sensíveis e tão, tão inteligentes!

Porquê?

Porque lhes cortam as cordas vocais, para que eles não relinchem de dor, e não só pelos golpes das esporas, mas também pelo ferro serrilhado que lhes colocam dentro da boca, e que lhes deixa o céu-da-boca em ferida!

É isto a tauromaquia.

É isto a que chamam “cultura” e “arte”.

É disto que o Parlamento Português e a Igreja Católica são cúmplices.

Não será esta uma prática abominável?

A propósito desta abominação, recebi, na altura, um comentário que diz da total alienação mental em que vive esta gente da tauromaquia, que ainda por cima não sabe distinguir homem e mulher:

Comentário:

De BOA noite a 7 de Julho de 2014 às 00:57

Amigo não posso deixar de o informar que como muitos, pouco percebe do que esta a falar, e um concelho de alguém que não concorda consigo, mas que respeita a sua opinião, certifique-se do que diz antes de o colocar para outras pessoas lerem. Aconselho vivamente a participar de perto na criação de touros e de cavalos, e ver quem tem maior amor por eles,

Sendo que com essa experiência terá talvez a alguma resposta para as suas duvidas que me parece ter, mas que por mais que lhe tenta-se explicar não iria querer entender. Não me costumo dar ao trabalho de prenunciar sobre estes assunto, pois só vejo a reclamar, quem não faz minimamente nada de bom para estes animais, apenas se limitam a colocar mensagens e a fazer manifestações. Gostava de de o ver também a cuidar, a ter o simples trabalho de os cuidar, de colher os fenos, tratar dos sistemas de agua, das rações, noites por dormir quando estão doentes, tratamentos caros que se fazem para doenças, na esperança que melhore, ( infelizmente nem algumas pessoas tem esses luxos e esses animais sim tem) e tudo estes compromissos que tem o sei ilustre tratador. Depois veja se mais uma vez tem razão para tais argumentos. certamente verá atitudes mais severas, mas deixo para pensar:” será melhor a educação de uma criança que tem tudo o que quer, sem que quando faça algo de mal a chamem a atenção, ou será um homem ( ou mulher) melhor se for corrigido quando ainda criança?” Espero telo ajudado

***

É obvio que alguém com um discurso bizarro destes, ajuda bastante a compreendermos a mente deformada dos que nascem e vivem para a crueldade, com a agravante de que estão convencidos de que eles é que têm razão, e nós nada sabemos.

Só esta de “aconselhar” a participar na criação de Touros e Cavalos e ver “quem tem maior amor por eles” é algo de uma mente completamente desequilibrada, que não tem a noção de que criar Touros e Cavalos com todos os cuidados com a finalidade de serem torturados é algo macabro, cruel, cínico, hipócrita, impróprio, insultuoso e assente numa desmedida ignorância.

Depois, o resto do discurso desta criatura é de uma total absurdez.

E a pergunta a fazer é esta: terão estes torturadores de Touros e Cavalos culpa desta ignorância entranhada no ADN deles, recusando-se a evoluir?

A resposta é não, não têm culpa.

A culpa é do nosso sistema político, dos governantes que temos, também eles, na sua maioria, absurdamente avessos à evolução.

E enquanto estiverem no Poder, partidos políticos apostados em manter a ignorância, este povinho, que vive alienado no mundo do embuste, jamais optará pela Cultura Culta, e Portugal continuará mergulhado no mais ignominioso obscurantismo.

Isabel A. Ferreira

Fonte: Arco de Almedina

Anúncios

Falar novamente do cavalo e do sofrimento físico e psicológico, que passa, nas praças de touros!

Cavalos em liberdade

Crueldade para com o cavalo

Nas praças de touros, o cavalo, é tão vítima, quanto o touro.

Os cavaleiros tauromáquicos, como a imagem de cima mostra, são cruéis com os seus cavalos, colocando dentro da boca dos seus cavalos, freios serrilhados, que como disse antes, chama-se freio de castigo. Freio esse que deixa a boca dos cavalos em ferida e a sangrar. E para além de colocarem o freio de castigo, que é serrilhado, dentro da boca do cavalo, o cavaleiro tauromáquico usa esporas nas botas, que também provocam feridas no cavalo. Aliás, como a imagem também mostra.

Por tanto, na tauromaquia, dois animais não-humanos, são hediondas vítimas, físicas e psicológicas.

BASTA DA CRUELDADE DA TAUROMAQUIA, EM PORTUGAL!

Mário Amorim

A outra e muitas vezes esquecida vítima da tauromaquia; o Cavalo

Cavalo Negro

O touro é a principal vítima na tauromaquia. Mas o cavalo, é a segunda e muitas vezes esquecída vítima.

Cavalos - Tortura

Na tauromaquia, é utilizado um freio serrilhado, chamado freio de castigo, que é posto dentro da boca dos cavalos, para que eles possam reagir mais rapidamente, ás ordens dos seus falsos amigos, que vão sentados no seu dorso. Freio este, que deixa o ceu da boca dos cavalo cheio de ferida e a sangrar. E para continuar a crueldade sobre o cavalo, pelos seus falsos amigos, utilizam esporas, que deixam o dorso do cavalo em ferida e a sangrar.

Assim como o touro, o cavalo na tauromaquia, sofre física e psicológicamente!

Mário Amorim