GOVERNO PORTUGUÊS ESBANJA 510 MIL EUROS NO FILME “GRANDE CIRCO MÍSTICO” MAS NÃO TEM DINHEIRO PARA RECUPERAR A ESCOLA DE MÚSICA DO CONSERVATÓRIO NACIONAL

Até quando os portugueses vão permitir que os dinheiros públicos sejam devastados em tortura animal, acto que só conspurca a dignidade humana?

Enquanto isso, os alunos da Escola de Música do Conservatório Nacional estão a passar grandes dificuldades para exercerem uma arte que sublima a alma humana.

Que tipo de governo é este?

GRANDE CIRCO MÍSTICO.jpg

«O “Grande Circo Místico” é um filme dirigido por Carlos Diegues numa coprodução portuguesa, francesa e brasileira que está neste momento a ser realizado em Lisboa (Portugal), e que usa animais do circo de Victor Hugo Cardinali.

A intenção de o fazer no nosso país deveu-se à lei que proíbe no Brasil a utilização de animais em circos e que infelizmente ainda não vigora em Portugal.

No entanto, não obstante a exploração destes animais, o nosso Governo apoiou esta produção com um financiamento escabroso de 310 000 euros (através do Instituto do Cinema e Audiovisual 110 000 iniciais e posteriormente mais 200 mil euros de apoio no âmbito do programa Coproduções Minoritárias).

Assim sendo, todos os contribuintes deste país estão a pagar para se torturem e usarem animais. Segundo uma vez proferiu Victor Hugo Cardinali:

«Eu bati no elefante porque ele não queria fazer o exercício, e isso não nego. Não podemos deixar que um animal faça aquilo que quer, ou então não há respeito, e o domador não está ali a fazer nada».

(Esquece-se Victor Hugo Cardinali que um domador de animais não passa de um desprezível e repugnante CARRASCO de seres indefesos, que não nasceram para ser DOMADOS).

Além de usados e explorados, estes animais são submetidos a hediondas torturas físicas e psicológicas.

De uma coisa sabemos: com o nosso dinheiro não!

Optámos, assim, por marcar a nossa acção de protesto em frente ao Palácio da Ajuda, onde se localiza o Gabinete do Secretário Geral da Cultura em Lisboa, na próxima Terça-feira, 10 de Março, às 16h30

Por Favor estejam presentes, partilhem o evento ao máximo e façam chegar este protesto o mais longe possível.»

Fonte:

https://www.facebook.com/events/1546428132311875/

***

VEJAM NESTE LINK QUEM É CACÁ DIEGUES, O REALIZADOR DO ABOMINÁVEL “GRANDE CIRCO MÍSTICO”, QUE NÃO PÔDE SER RODADO NO BRASIL, MAS PODE SER EM PORTUGAL, PORQUE PORTUGAL É O CAIXOTE DO LIXO QUE VEM DE FORA

http://www.anda.jor.br/09/02/2015/ignorando-sofrimento-animais-cineasta-insiste-filme-prestigia-circos-exploradores

Fonte: http://arcodealmedina.blogs.sapo.pt/governo-portugues-esbanja-510-mil-euros-515885

Anúncios

Nós não queremos animais no filme Grande Circo Místico / We say no to the use of animals in the movie Grande Circo Místico

Animais em circos são privados de seu direito inerente de viver em liberdade e de acordo com a sua natureza e peculiaridades. Animais não são entretenimento. Retirados de seu habitat, são açoitados diariamente, humilhados, privados de qualquer vestígio de dignidade. Para que um filme sobre um circo seja produzido ele não deve jamais utilizar animais em seu elenco, isto é um desserviço em tempos de luta por ativistas da causa animal para que o circo com animais seja finalmente banido em todo o mundo.

Animals in circuses are deprived of their inherent right to live in freedom and according to their nature and peculiarities. Animals are not entertainment. Removed from their habitat are beaten daily, humiliated, deprived of every vestige of dignity. For a film about a circus be produced it must never use animals in its cast, it is a disservice in times of struggle for animal activists concerned to the circus with animals is finally banned worldwide.

Assinar a petição aqui/Sign the petition here: https://www.change.org/p/diretor-carlos-diegues-n%C3%B3s-n%C3%A3o-queremos-animais-no-filme-grande-circo-m%C3%ADstico-we-say-no-to-the-use-of-animals-in-the-movie-grande-circo-m%C3%ADstico