( ͡° ͜ʖ ͡°) Companheirismo Filhotes de Cecil recebem cuidados de outro leão no Zimbábue

Foto: Facebook / African Bush Camps

Apesar de tudo, pode haver boas notícias da saga em curso do leão Cecil.

Após o leão de 13 anos de idade ter sido notoriamente morto no mês passado – uma caça a “troféus” que as autoridades do Zimbábue consideram ilegal – havia uma especulação de que os seus filhotes poderiam correr riscos.

Mas, de acordo com guias turísticos e pesquisadores familiarizados com os leões do Parque Nacional de Hwange, os filhotes de Cecil ainda estão vivos e passam bem. A empresa African Bush Camps divulgou um vídeo no dia 5 de agosto, mais de um mês depois da morte de Cecil, mostrando os filhotes e as suas mães vagando pelo Hwange. Também foram postadas fotos no Facebook, oferecendo uma cândida visão da manada descansando:

Foto: Facebook / African Bush Camps

Foto: Facebook / African Bush Camps

Cecil deixou a sua manada aos cuidados de outro macho, chamado Jericho, que não é um parente sanguíneo mas costumava ser conhecido como “irmão” de Cecil. Apesar de um relatório da semana passada que informava que Jericho também havia sido morto por um caçador, autoridades da vida selvagem do Zimbábue recentemente confirmaram que Jericho “ainda está vivo e sendo monitorado por Brent Stapelkamp, do Lion Research Project”.

Fonte: ANDA

***

Esta notícia deixou-me emocionado, e muito, muito feliz.
Esta é mais uma notícia que prova que o animal-humano, tem muito a aprender com os animais não-humanos!

Anúncios