Boas notícias! Festas da Agonia Este ano não há tourada nas festas de Viana

image.aspx

O movimento “Vianenses pela Liberdade” anunciou que este ano não vai realizar uma tourada “por não conseguir enquadrar” o espetáculo no programa da romaria d’ Agonia, que vai decorrer entre 19 e 21 de agosto.

“Este ano não vamos realizar a tourada porque não a conseguirmos enquadrar no programa das festas d’ Agonia. No dia 20 de agosto, sábado, realiza-se durante a tarde a procissão ao mar e no domingo à tarde há o cortejo etnográfico. Como a corrida de touros se realizaria às 17 horas ia colidir com esses números”, afirmou à Lusa o porta-voz do movimento, José Carlos Durães.

O responsável adiantou que a decisão de não realizar o espetáculo tauromáquico este ano foi tomada em reunião do movimento, na quarta-feira à noite.

“Não iríamos conseguir faturar para pagar as despesas. Não vamos dar tiros no pé”, sublinhou o porta-voz do movimento cívico criado em 2009, depois de a Câmara de então liderada por Defensor Moura ter aprovado, por proposta da maioria socialista, uma declaração afirmando Viana como cidade “antitouradas”, a primeira do país.

José Carlos Durães revelou que o movimento chegou a equacionar a possibilidade de fazer a tourada num daqueles dias, mas à noite.

José Carlos Durães assegurou que em 2017 a tourada já tem data marcada para o dia 20 de agosto, dia da padroeira dos pescadores, Nossa Senhora d’Agona e da procissão ao mar.

Em 2012, para contrariar aquela a decisão camarária, a Federação Portuguesa das Associações Taurinas “Prótoiro” realizou em agosto uma tourada no concelho, a primeira depois da aprovação daquela declaração municipal, corrida que se repetiu em 2013.

Em 2014, já com organização do movimento “Vianenses pela Liberdade”, a corrida inicialmente prevista para 24 de agosto foi adiada para 07 de setembro “devido a problemas administrativos criados pela Câmara de Viana do Castelo”.

Desde 2012 que as touradas têm decorrido em Viana do Castelo porque o Tribuna Administrativo e Fiscal de Braga aceita as providências cautelares apresentadas pelos movimentos de aficionados, para suspender os indeferimentos municipais.

Um grupo antitouradas de Viana do Castelo congratulou-se já com o anúncio de que este ano não haverá corrida de touros durante as festas d’Agonia e afirmou que a decisão vem demonstrar que “imperou o bom senso”. “Estes senhores fizeram o que é correto. Não vale a pena insistirem porque em Viana só vão ter prejuízo”, afirmou a porta-voz do grupo local de ativistas antitouradas, Ana Macedo.

Fonte: JN
***
Fico muito feliz, pelos touros e pelos cavalos com esta notícia!
Esta é uma notícia que mostra com clareza, que a maioria dos portugueses, não gostam e não querem mais touradas.
É incrível, as justificações dos pró-touradas no artigo.
Um dia, alguém lhes disse; vão justificar as touradas da seguinte maneira. E pimba; eles memorizaram essas justificações. E por mais estúpidas que sejam. eles repetem-nas até ao exaustão, qual cd riscado!
Mário Amorim
Anúncios