Quem se dirige a uma praça de touros para presenciar um espectáculo bárbaro…

As pessoas que maltratam animais são insensíveis

Quem se dirige a uma praça de touros para presenciar um espectáculo bárbaro, e bater palmas e gritar vivas e olés, para com o maltrato físico e psicológico para com seres sensíveis, é uma pessoa, sem valores, no coração. Valores como a piedade, a bondade, e a compaixão.

Quem se dirige a uma praça de touros para presenciar um espectáculo bárbaro, é uma pessoa fria. É uma pessoa que no lugar do coração tem uma pedra.

Mas ano após ano, desde 2009, que cada vez mais pessoas em Portugal, entre os defensores da tauromaquia se dão conta disto, e virão as costas ás praças de touros e à tauromaquia.
Desde 2009, que a consciência de a tauromaquia, é uma prática bárbara, está num visível e claro crescimento. E a prova é que as praças de touros, em Portugal, ano após ano, estão cada vez mais vazias. E nem com bilhetes de borla, as praças de touros deixam de estar vazias.

A tauromaquia em Portugal, está num visível e claro declínio.

Portugal, está cada vez mais perto de ver abolida para sempre, uma prática Cruel, Bárbara e Psicopata, chamada tauromaquia.

Portugal, está cada vez mais perto, de dar um dos mais importantes passos, rumo à civilização!

Mário Amorim

Anúncios

Pequeno texto: o que impera no mundo da tauromaquia!

No mundo da tauromaquia, impera o que há de pior na mente humana. Impera a Psicopatia. Impera a boçalidade. Impera a falta de valores, como a empatia e a compaixão.

No mundo da tauromaquia, no que diz respeito aos homens, impera o falso Machismo, como se pode ver nas meias cor de rosa.

No mundo da tauromaquia, impera a cobardia. E impera a cobardia, porque só cobardes enfrentam um touro, já bastante enfraquecido, física e psicologicamente, e que tem a ponta dos chifres cortadas, o que o enfraquece muito mais.

No mundo da tauromaquia, impera a Máfia!

Em suma; no mundo da tauromaquia, tal como referi, impera o que há de pior na mente humana!

Mário Amorim