Uma das muitas falácias dos pró-tourada!

Touro Majestoso (2)

O que se vê, assim que o touro entra na arena de uma praça? — Touro tal, 500 quilos.
E isto que é dito é uma falácia. É uma das muitas falácias dos pró-tourada!

O touro, só durante o transporte para a praça, perde 10% do seu peso. Logo aí, deixa de pesar o que pesava.
Depois de chegar à praça o touro, num cubículo escuro, é posto sem comer e sem beber, durante quase dois dias. Perde ainda mais peso.

Depois, recomeçam as agressões físicas e psicológicas do touro, antes de entrar na arena, com o embolamento dos chifres do touro.

O touro, depois de ter os seus chifres embolados, é ainda mais agredido, física e psicologicamente, nos curros, antes de antrar na arena.

E todas as agressões, físicas e psicológicas que o touro é vítima entes de entrar na arena, durante horríveis 48 horas, têm como objectivo enfraquece-lo, física e psicologicamente, para facilitar a sua lide, na arena da praça. Com todas agressões, físicas e psicológicas que ele é vítima durante as 48 horas anteriores a uma corrida, o touro, perde ainda maia peso.

O touro entra na arena de uma praça, enormemente diminuído, física e psicologicamente. E tudo o que lhe foi feito, foi feito, propositadamente.

Por tanto; a informação que é dada, antes do touro entrar na arena é uma falácia. É uma das muitas falácias dos pró-tourada!

Mário Amorim

Anúncios

Não é por uma falácia ser repetida até à exaustão, que passa a ser verdade

Sondagem A favor ou contra a tauromaquia

Sondagem Abolição da tauroma em Portugal, sim ou não

Não é por uma falácia ser repetida até à exaustão, que passa a ser verdade.

Desde 2010, que ouvimos e lemos por parte dos pró-touradas, que a maioria dos portugueses são pró- touradas, e que a maioria dos portugueses gosta de touradas. Só que o que eles dizem baseia-se numa falácia. Baseia-se numa sondagem que desde o inicio, foi totalmente manipulada.

Só para terem uma ideia. Independentemente da sondagem que criei a semana passada, ter sido criada na Net, o numero de portugueses que a ela respondeu 3412, foi muito superior ao numero de portugueses que eles ouviram na suposta sondagem deles, de 2010.

Disse, e volto dizer, que a sondagem deles, de 2010, não passa de uma falácia.

A sondagem que criei a semana passada provou, sem margem para duvidas, que maioria dos portugueses, não são pró-touradas, que a maioria dos portugueses não gostam de touradas, que a maioria dos portugueses querem a abolição da tauromaquia.

Em momento algum manipulei a sondagem. Como disse, anteriormente e volto a dizer, limitei-me a cria-la.

E estou já a pensar, em criar, em breve uma segunda sondagem, para estar online, no mínimo, 15 dias. Depois, em seu devido tempo, informarei, aqui no meu blog!

Mário Amorim