Este vídeo começa a irritar os pró-tourada!

Aproposito deste vídeo que ontem criei para a segunda sondagem aqui do meu blog, recebi hoje, aqui no meu blog, um insulto de um pró-tourada. É lógico que não o aceitei. Apaguei-o logo, sem responder ao insulto do pró-tourada.

Que conclusão cheguei, então? – Cheguei á conclusão que este vídeo começa a irritar os pró-tourada, pois em pouco mais de dois minutos, ele mostra uma realidade brutal, uma realidade cruel, uma realidade sádica, uma realidade que não respeita minimamente o bem-estar, a felicidade, do touro e do cavalo, de crianças a jovens.

A reacção ao vídeo que recebi hoje, aqui no meu blog, é um exemplo de falta de argumentos que os pró-tourada têm. Quando confrontados com a realidade, quando confrontados com a verdade, como não têm argumentos válidos para rebater a realidade, para rebater a verdade, partem para o insulto.

Ao longo dos anos, sempre dissemos aos pró-tourada, que queremos debater com eles cientificamente a tauromaquia, num programa televisivo, desafiando-os a nos provarem cientifica e eticamente, que o touro nasceu para ser toureado, que o touro gosta de ser toureado, que o touro não sofre, e que com a abolição da tauromaquia, o touro vai extinguir-se. Mas os pró-tourada, sempre se recusaram e recusam-se a ter este debate connosco. E essa recusa deve-se ao facto que simplesmente, não podem provar cientifica e eticamente as suas alegações. Então, como ficam sem argumentos válidos, partem para o insulto!

Mário Amorim

Anúncios