ENTERRO DO GALO EM RUIVÓS – RITUAL PRATICADO POR BRONCOS COM A CONIVÊNCIA DAS AUTORIDADES

Esta é a sociedade que o governo português aliado a uma igreja católica, nada cristã, promove.

Este povo será atrasado mental? Só pode ser. Mas mais atrasados mentais são os que têm o poder de actuar e de travar esta brutalidade e não actuam.

E depois queixam-se da violência que campeia por aí…

ENTERRO DO GALO.jpg

Outra ESTUPIDEZ no seu estado mais puro

Portugal é um país onde ainda existe uma boa fatia de um povo primitivo, inculto e bárbaro, que pratica crueldades contra seres vivos em nome da estupidez.

E os governantes são cúmplices deste atraso civilizacional que nos envergonha até à medula.

Crianças são instigadas a matar o galo que está enterrado vivo com a cabeça de fora.

(Isto faz-me lembrar uma certa lei em que se enterram as mulheres vivas com a cabeça de fora para serem apedrejadas até à morte por um motivo qualquer…)

Mas que mal fez o galo a esta gente?

***

«A denúncia foi feita por Nuno Markl, na sua página de Facebook.

Recentemente, a ‘queima do gato’ gerou uma verdadeira onda de revolta no Facebook. Agora, há outra iniciativa que está a revoltar milhares de pessoas na Internet.

Em Ruivós, freguesia de Sabugal, a população junta-se para enterrar um galo e tentar acertar-lhe na cabeça, com uma enxada.

“Em Ruivós, acha-se óptima ideia enterrar um galo vivo com a cabeça de fora e depois estimular os habitantes de todas as idades a tentar matá-lo à paulada”, escreveu o humorista.

«Aqui, tal como na Queima do Gato, o que está em causa é isto: uma população a estimular junto das crianças a agressão selvática a um ser vivo a quem nem é dada a possibilidade de fugir. E tudo entre risos e gargalhadas. Não se perceber a ténue linha que separa “a tradição” de uma cultura do Mal e da violência, é triste», escreveu Nuno Markl.

Fonte:

http://ionline.pt/399460?source=social

Fonte: http://arcodealmedina.blogs.sapo.pt/enterro-do-galo-em-ruivos-ritual-554871

Anúncios