Mais uma prova de que os animais não-humanos têm sentimentos! Elefante chora ao ser libertado após 50 anos de maus tratos

É a história que está a chocar não só a Índia, mas o Mundo. O elefante Raju foi abusado, espancado e obrigado a viver em péssimas condições durante 50 anos. Quando foi libertado, no na sexta-feira passada, os seus ‘salvadores’ afirmam que o animal chorou de alívio.

A organização por detrás desta missão de salvamento foi a Wildlife SOS, criada em 1995. Raju tem cerca de 50 anos e foi capturado quando ainda era bebé, tendo sido vendido várias vezes ao longo da sua vida.Forçado a trabalhar como animal de carga, o elefante ficava 24 horas acorrentado, sendo obrigado a passar a noite em condições degradantes. Estas correntes deixaram-no com várias feridas.Foram precisos várias semanas para organizar e realizar o resgate de Raju, mas este acabou por acontecer graças a 10 veterinários da Wildlife SOS, 20 membros da Comissão Florestal daquele país e dois polícias.

Assim que se deu o salvamento, o animal mostrou que estava aliviado por finalmente sair daquela situação: “A equipa ficou boquiaberta quando viu lágrimas a correrem-lhe pelo focinho durante o resgate”, disse Pooja Binepal, porta-voz da Wildlife SOS, ao Mirror. “Foi incrível, percebemos logo que ele sabia que estava a ser libertado. Os elefantes são majestosos e muito inteligentes. Nem dá para imaginar o que este animal passou ao longo de meio século”, afirmou, desta vez ao Huffington Post.

Raju foi levado para o Centro de Tratamento e Conservação de Elefantes, em Mathura, Índia. Tendo em conta que os elefantes costumam viver cerca de 70 anos, a Wildlife SOS espera que este animal ainda consiga gozar pelo menos 10 anos da sua vida em liberdade.

Fonte: ionline

Anúncios