onteúdo anda Dono de zoológico é filmado chicoteando tigre no Canadá

Foto: CBC

Um grupo de manifestantes tomou as ruas próximas ao zoológico Bowmanville na manhã desta segunda-feira (28), demandando satisfações por parte do dono do local devido a alegações de crueldade aos animais. As informações são do CBC CA.

Michael Hackenberger, proprietário do zoológico, foi filmado usando um chicote para bater em um tigre durante uma sessão de “treinamento”, em um vídeo que emergiu na Internet na semana passada.

Na segunda-feira, diversos manifestantes se reuniram com placas e megafones em frente ao zoológico, incluindo a organizadora Dallas Tennisco.

Foto: CBC

“Nós gostaríamos que Michael Hackenberger falasse conosco. Talvez pedisse desculpas, ou abandonasse esse negócio”, disse Tennisco durante o protesto.

A ONG People for the Ethical Treatment of Animals (PETA) pediu que a Sociedade para Prevenção de Crueldade contra os Animais de Ontário (OSPCA) investigasse Hackenberger, após um voluntário do zoológico ter filmado as imagens.

O PETA alega que ele chicoteou o tigre 19 vezes.

Em um vídeo postado online como resposta, Hackenberger reconheceu que as imagens dele açoitando o animal parecem incriminatórias, mas contesta as conclusões do PETA.

Ele afirma que chicoteou o tigre apenas duas vezes, e que os golpes subsequentes foram no chão, e não no corpo do tigre.

Foto: PETA

Hackenberger também argumenta que o vídeo não relata toda a história, acrescentando que o voluntário registrou uma gravação de 90 minutos, e seletivamente emendou somente os três minutos nos quais ele estava disciplinando o tigre.

A OSPCA diz que irá entrevistar todos os que estiveram envolvidos na situação  e que irá continuar a monitorar o cuidado aos animais citados na investigação.

A organização confirmou que não irá remover o tigre do zoológico.

Tennisco disse que ela gostaria de ver o zoológico fechado, e os seus animais realocados para uma instalação melhor.

“Eu preferiria ver os animais em um lar melhor, tal como um santuário”, declarou Tennisco.

Nota da Redação: Zoológicos e outros locais que aprisionam animais devem ser completamente extintos. Casos como o desse zoológico servem para alertar a população mundial sobre a injustiça e crueldade escondida atrás de zoológicos e outros locais que mantém animais em cativeiro apenas para divertimento humano. É preciso clarear a consciência para entender e respeitar os direitos animais. Eles não são objetos para serem expostos e servirem ao prazer de seres humanos. As pessoas podem obter alguns minutos de entretenimento, mas para eles é uma vida inteira de exploração e abusos condenados pelo egoísmo humano.

Fonte: ANDA

Anúncios