EXPLORAÇÃO NÃO É ENTRETENIMENTO Dois touros são assassinados no mesmo dia durante o maior rodeio da Austrália

Organizadores trabalham duro para convencer os espectadores de que os animais estão se divertindo, que eles são “atletas”, quando a verdade é que eles sofrem silenciosamente

Rodeios e touradas são tradicionais em muitos países. Na Austrália, a organização Professional Bull Riders Association é responsável por muitos destes eventos e, devido ao histórico e, principalmente, aos últimos acontecimentos, parece não se preocupar com a situação dos animais explorados para entretenimento humano.

No ano passado, um touro foi assassinado porque quebrou a perna enquanto tentava se levantar de uma posição desconfortável. Mas recentemente, o que chocou ativistas foi a morte de dois animais no mesmo dia no Mount Isa Mines Rodeo, em Queensland – o maior rodeio do país.

Poucas horas de diversão de pessoas, custam vidas de sofrimento e tortura – e até mesmo a morte – de muitos animais anualmente. E o que torna toda a situação ainda pior é que o governo australiano realmente financia e apoia a justificativa de que este tipo de evento é meramente entretenimento.

Rodeios são um dos “esportes” mais cruéis que já existiram, que torna a morte muitas vezes o caminho menos cruel, considerando os sofrimentos por que eles passam todos os dias. Dispositivos como bastões elétricos são usados para fazer os touros se erguerem, esporões de metal nas botas dos cavaleiros cravam nos lados sensíveis dos animais para provocar uma reação, chicotes são usados em cavalos, muitas vezes causando ferimentos e correias de flanco são amarradas firmemente ao redor da barriga dos animais, causando extremo desconforto e dor.

Organizadores e associações de rodeios trabalham duro para convencer os espectadores de que os animais estão se divertindo, que eles são “atletas”, quando a verdade é que eles sofrem silenciosamente. E é por isso que ativistas e grupos de defesa dos direitos animais têm movido ações e campanhas para acabar com este tipo de evento, ainda tão comum ao redor do globo.

Todas as formas de exploração animal para entretenimento humano são cruéis. Ele arranca animais inocentes de seus ambientes naturais e os força a uma vida de servidão, abuso, negligência e sofrimento. Todos os animais merecem uma vida livre da ganância humana que coloca os lucros antes de vidas inocentes.

Fonte: ANDA

Nota: O Sublinhado, negrito e itálico é da minha responsabilidade!

Anúncios